Manchas na língua

ÍNDICE

As manchas na língua são quase sempre vermelhas ou brancas, podem ser um sinal inofensivo de desidratação ou se formaram como consequência de uma doença.

 


Causas das manchas brancas na língua

Sapinho
A Candidíase oral (ou sapinho) é uma doença causada pelo fungo Candida albicans.

Este fungo forma uma língua branca com manchas que parecem ricota cremosa que são difíceis de remover com a escovação.
Se você tentar remover as manchas na língua, pode causar sangramento.
A infecção afeta sobretudo a língua, mas pode se espalhar para :

  • Os lados das bochechas,
  • Amígdalas,
  • Palato,
  • Outras partes da boca.

A infecção por Cândida pode ser transmitida também aos recém-nascidos, se as mães grávidas tinham o canal de parto infectado (com candidíase vaginal).

As crianças nascidas com cesariana também podem contrair sapinho e pode ser transmitido também com:

  • Aleitamento materno, a pele do mamilo é frequentemente colonizada pelo fungo.
  • Bico da mamadeira não esterilizado corretamente.

Nestes casos, o aleitamento materno deve ser interrompido até que a infecção da criança e da mãe seja controlada com a ajuda de:

  • Cremes antifúngicos,
  • Alimentação natural.

Tratamento e remédios naturais: Manter a higiene bucal ajuda na maioria dos casos.
Outros remédios caseiros úteis são:

  • Gargarejos frequentes com solução fisiológica morna,
  • Comprimidos ou cremes antifúngicos.

O médico pode prescrever:

  • Suplementos probióticos,
  • Iogurte.

No caso de sapinho oral infantil, é preciso lavar frequentemente a chupeta e as mamadeiras.
A alimentação no caso de sapinho oral deve incluir os seguintes alimentos:

  • Iogurte (segundo a medicina natural, não é recomendado porque é um produto lácteo),
  • Alho (antifúngico natural),
  • Óleo de cravo.

Os alimentos a evitar são:

  • Açúcar e doces,
  • Amidas e carboidratos (pão, massa, pizza, etc.)
  • Leveduras,
  • Bebidas açucaradas, sucos de frutas e bebidas alcoólicas.

 

Líquen plano oral
É uma doença que primariamente afeta indivíduos de meia-idade e é caracterizada por manchas brancas na língua e gengivas.
As manchas podem ser:

  • Pontinhos,
  • Linhas,
  • Em forma de teias de aranha.

Em alguns casos o líquen plano pode causar úlceras na boca e língua.
O líquen plano oral pode responder às mudanças da dieta e estilo de vida.
É uma doença:

  • Crônica,
  • Não contagiosa,
  • Idiopática (sem causa conhecida).

Alguns profissionais da saúde relatam que é possível uma exacerbação devido a:

Tratamento: A maior parte dos casos passam espontaneamente sem intervenção médica, embora não haja nenhuma cura definitiva.
O tratamento só reduz os sintomas do líquen e o médico pode prescrever gel ou pomadas com cortisona (fluocinonida e clobetasol) para aplicar diretamente nas manchas ou lesões na boca.
Para reduzir os sintomas é aconselhável:

  • Uma boa higiene bucal,
  • Abstinência do consumo de álcool e fumo.
  • Uma dieta natural, tais como a vegana com, pelo menos, 50% de alimentos crus, ou a dieta do tipo sanguíneo,
  • Melhor gestão do estresse
  • Evitar alimentos picantes.

Sífilis
A sífilis é uma doença sexualmente transmissível que afeta principalmente os indivíduos que têm relações sexuais não protegidas com alguém com sífilis genital.
A sífilis pode afetar:

  • As membranas mucosas genitais,
  • As membranas mucosas da cavidade oral (boca, língua).

A lesão primária pode começar entre 10 e 90 dias após a exposição ao vírus e começa com o desenvolvimento de uma pequena úlcera genital indolor e secreções líquidas que podem ocorrer juntamente com manchas amarelas ou brancas na boca e na língua.
A segunda fase se manifesta com:

Na terceira fase, são afetados:

  • Coração,
  • Cérebro,
  • Ossos,
  • Pele, etc …

Tratamento: Recomendamos conversar com seu médico para controlar os sintomas com um antibiótico como a penicilina oral.

A medicina natural de Lezaeta recomenda um reforço do sistema imunológico que pode ocorrer através de:

  • Uma dieta saudável e natural,
  • A expulsão de toxinas:
    • Compressas frias pela manhã,
    • Exposição ao sol,
    • Atividade física ao ar livre,
    • Respirar o ar fresco (por exemplo, dormir com as janelas entreabertas.)

Câncer de boca
O câncer da boca pode surgir com manchas na boca ou na língua.
A malignidade pode ser associado com:

  • Uma massa,
  • Perda de peso,  (em fase avançada),
  • Dor, ou ardência (muitas vezes no início é indolor),
  • Inchaço dos gânglios linfáticos do pescoço,
  • Mau hálito e gosto ruim na boca,
  • Dificuldade para mastigar, engolir ou falar.

A maioria dos casos é causada pelo fumo.
Outros fatores de risco são:

  • Hereditariedade,
  • Abuso de álcool,
  • Traumas,
  • Estilo de vida moderno e má alimentação.

Tratamento: procure imediatamente o médico se notar:

  • Uma mancha ou um nódulo na boca ou na língua,
  • Disfonia persistente ou rouquidão.

Leucoplasia
A leucoplasia é uma doença não grave que afeta principalmente os fumantes e provoca a formação de manchas brancas.
Pode ser causada por outras doenças inflamatórias ou autoimunes da língua e é resistente à escovação normal.
Embora na fase inicial não seja grave, se não for tratada corretamente pode evoluir para uma doença pré-cancerosa devido ao crescimento anormal das células.
Tratamento: É necessário conversar com o médico sobre à formação destas placas, bem como manter a higiene bucal e evitar os irritantes.

Outras causas

Entre as outras possíveis causas de manchas brancas na língua há infecção por Streptococcus Pyogenes. Esta infecção bacteriana pode se desenvolver junto com:

Para evitar complicações como febre reumática ou glomerulonefrite estreptocócica induzida, recomendamos tratar atempadamente todos os casos de dor de garganta.
Outras causas comuns das manchas brancas na língua incluem:

A maioria das pessoas que tomam esteroides através de inaladores podem desenvolver manchas brancas devido a possível infecção fúngica (bastante comum em pacientes imunocomprometidos ou asmáticos).

 

Tratamento para as manchas brancas na língua

Beber água o suficiente e manter uma boa hidratação pode ajudar a remover as manchas brancas temporariamente.
No entanto, é preciso ir ao médico se:


  • Não passarem após 2 semanas,
  • Forem acompanhadas de dor na língua, inchaço ou desconforto.

Limpeza diária com água potável
Quando aparecem, a primeira coisa a fazer é limpar a boca.
Escove suavemente os dentes e limpe a língua com uma espátula para remover os detritos.
Beba bastante água para remover todas as partículas que estão presentes na boca.

 

Manchas vermelhas na língua

Quais são as causas das manchas vermelhas na língua?

A principal causa é a deficiência de vitaminas:

  • B12,
  • B9 (ácido fólico).

O remédio mais indicado seria simplesmente ingerir diariamente alimentos ricos em vitaminas, como frutas cítricas e ovos (que contêm vitamina B12).
Pode haver várias outras causas de manchas vermelhas na língua, entre as quais:

A escarlatina é uma doença que pode causar manchas vermelhas na língua e posteriormente a “língua de cor vermelha morango ou framboesa”.

A asma é outra causa da alteração da cor da língua.
Eventuais manchas vermelhas causadas pela asma são causadas pela reação do sistema respiratório aos alérgenos.
Não existe cura definitiva para a asma, mas é suficiente:

  • Evitar o contato com os alérgenos,
  • Seguir uma dieta natural, porque os alimentos podem causar alergias, por exemplo, os cereais são gramíneas,
  • Usar um inalador.

A asma causa:

  • Inflamação crônica das vias aéreas,
  • Manchas vermelhas na língua.

Felizmente, existem vários medicamentos que podem ajudar a controlar os efeitos da doença.

O câncer e as infecções estão entre as causas das manchas vermelhas na língua.
Além disso, existem muitas outras razões de língua vermelha, incluindo:

  • Deficiências nutricionais (pelagra, anemia perniciosa),
  • Síndrome de Plummer-Vinson (doença rara que provoca anemia e dificuldade em engolir),
  • Síndrome de Kawasaki, é uma vasculite que provoca vermelhidão das mãos, pés, olhos, boca e língua,
  • Doenças sexualmente transmissíveis (tais como a sífilis).

As manchas na língua podem também ser causadas por:

A descoloração da língua pode ocorrer depois de:

  • Comer alimentos picantes,
  • Beber muito álcool.

 

Mancha roxa na língua

Uma mancha roxa pode ser causada por trauma, como uma mordida.
A língua é bastante vascularizada, portanto é fácil que uma mordida cause um hematoma.
Se o paciente tomar anticoagulantes como Coumadin é mais fácil que saia sangue.

 

Manchas na línguaLíngua geográfica

A língua geográfica é uma doença que afeta a superfície da língua. Normalmente, a língua é coberta de pequenas estruturas brancas-rosadas (chamadas de papilas) que são curtas e finas como os cabelos.

Com a língua geográfica, as manchas na superfície da língua são causadas pela inflamação ou pela falta das papilas.
Este problema provoca a formação de “ilhas” lisas, brancas e vermelhas muitas vezes com bordas levemente salientes.
Estas alterações da língua causam um aspecto parecido com um mapa.
Geralmente, as manchas saram de um lado e aparecem em outras zonas  (migram), como, da extremidade para o centro ou para os lados da língua.

Causas
A causa exata da língua geográfica é desconhecida.
Pode ser causada por:

  • Falta de vitaminas,
  • Asma e rinite alérgica,
  • Dermatite seborreica,
  • Psoríase (4% dos casos),
  • Falta de zinco,
  • Diabetes,
  • Síndrome de Reiter.

Entre os fatores de risco estão:

  • A irritação por alimentos quentes e picantes,
  • Álcool.

A doença parece ser frequente em fumantes.
A aparência da língua pode mudar rapidamente.

Sintomas da língua geográfica
1. A superfície da língua parece um mapa;
2. As manchas se movem, além disso vão e vêm;
3. Áreas lisas, vermelhas ou rosas;
4. Corte na língua;
5. Ardência na língua;
6. Dor urente.

Diagnóstico
É necessário ir ao dentista ou ao médico para descartar um problema sério.
Na maioria dos casos, irá diagnosticar a língua geográfica com:

  • A descrição dos sintomas,
  • Avaliação da boca e da língua.

Pode ser necessário um exame histológico (obtenção de uma amostra de tecido para observação ao microscópio) para descartar outras doenças.

Tratamento para a língua geográfica
Na maioria dos casos, o problema passa sem tratamento.
Se você sentir uma dor intensa e contínua, os medicamentos podem ajudar.
Seu médico ou dentista pode prescrever medicamentos para glossite, por exemplo:

 

Remédios naturais para as manchas na língua

Para obter alívio dos sintomas, evite as seguintes substâncias:

  • Tabaco;
  • Alimentos quentes, picantes, azedos, salgados ou nozes secas;
  • Creme dental com clareamento, agentes ou aditivos (o creme dental para dentes sensíveis é a melhor escolha).

O corpo elimina as toxinas através de:

Muitas vezes, bloqueamos a expulsão das toxinas e, assim, ela se acumula no corpo devido a algum comportamento não natural; deve-se evitar:

  • Aquecimento excessivo no inverno e ar condicionado no verão (reduz a termorregulação da pele)
  • Estilo de vida sedentário (evita o suor e causa prisão de ventre)
  • Medicamentos que combatem os sintomas e erupções cutâneas, também favorecem o acúmulo de toxinas.

 

Dieta e alimentação contra as manchas na língua

As manchas na língua muitas vezes são causadas ​​pela má alimentação, diretamente ou indiretamente (ou seja o resultado de doenças causadas por certos alimentos).
Não é fácil mudar os hábitos alimentares, mas geralmente quem pode fazer isso, nota o desaparecimento dos sintomas.
Você deve seguir uma dieta natural onívora ou vegana, mas:

  • Sem alimentos processados ​​(por exemplo, doces)
  • Respeitando as combinações alimentares corretas, por exemplo, evitar comer alimentos ricos em proteínas com alimentos ricos em carboidratos.

Os alimentos crus são essenciais porque contêm vitaminas e enzimas digestivas que são destruídas pelo cozimento, por exemplo:

  • Frutas,
  • Vegetal
  • Frutos de casca (amêndoas, pistaches, nozes, etc.).

Dependendo da dieta do tipo sanguíneo, deve-se evitar:

  • Carne de porco e frios (salame, mortadela, presunto, enchidos).
  • Cereais com glúten (massas, pão, pizza, trigo, espelta, cevada, etc.), mesmo se o paciente não for celíaco,
  • Leite e derivados (iogurte e queijos),
  • Alimentos fritos ou fumados.

Dependendo do tipo sanguíneo, existem alimentos permitidos ou a serem evitados.

 

    Leia também