Dor na perna direita ou esquerda

INDICE

 

A dor na perna direita ou esquerda pode ser constante ou intermitente, pode se desenvolver de repente ou gradualmente e pode afetar toda a perna ou uma área localizada, como a tíbia ou o joelho.
A dor pode ser de diferentes tipos: latejante, maçante, queimação ou formigamento. A dor na perna pode afetar sua capacidade de caminhar ou de apoiar o peso sobre a perna.

As possíveis causas de dor no joelho

Dor na perna, músculos, tendões, circulação, nervos

Cãibras musculares

Essa dor súbita e intensa na perna é mais comum entre os atletas de resistência, idosos ou aqueles fora de forma.
As cãibras musculares são frequentemente causadas por fadiga muscular ou desidratação.
Na maioria dos casos, é possível mitigar as cãibras parando as atividades que lhe causam.
Se necessário, alongar ou massagear suavemente o músculo dolorido.

Um remédio natural útil é a aplicação de calor nos músculos para aliviar os sintomas.
Um adequado aquecimento e alongamento pode ajudar a prevenir problemas no futuro.

 

Periostite

Este tipo de dor na perna ocorre quando os tecidos conjuntivos e os músculos ao longo da borda interna da tíbia se tornam inflamados.
Isso geralmente ocorre quando corremos ou saltamos em superfícies duras.

A repetição de certos movimentos sobrecarrega músculos e tendões.
O pé chato e excessiva rotação externa do pé e da perna podem favorecer essa doença.
A dor geralmente desaparece com o repouso.
Entre os remédios naturais é a aplicação de gelo, antiinflamatórios e parar as atividades que causam dor.
As palmilhas são ótimas para esta desordem.
A terapia para a periostite prever fisioterapia com laser terapeutico e terapia magnética.
Uma vez que a dor diminui, recomendamos de alongar e fortalecer a parte inferior da perna.
Para evitar problemas futuros, usar sapatos com bom apoio e evitar correr em superfícies duras.

 

Tendinite e lesões dos tendões

Um dos primeiros sinais de tendinite de Aquiles é a dor na parte inferior da panturrilha ou atrás do calcanhar.
Entre os possíveis tratamentos estão a aplicação de gelo, anti-inflamatórios e evitar qualquer coisa que cause dor.
Colocando um apoio para sapatos em baixo do calcanhar, a tensão sobre o tendão diminui e isso ajuda a cura.
Assim como com a periostite, espere até que a dor diminua para alongar e fortalecer os músculos.
Se a dor é grave, pode ser causada por uma lesão no tendão de Aquiles.
A lesão do tendão de Aquiles pode ser causada por atividades intensas ou um aquecimento muito rápido.

 


Fratura óssea

Uma fratura pode causar dor na perna.
Para pequenas entorses e estiramentos, a primeira coisa a fazer é repouso, gelo, compressão e elevação.
Para uma entorse mais grave ou uma fratura do fêmur ou do tornozelo, aplicar gelo e procurar ajuda médica imediatamente.
Você pode precisar de um gesso ou uma órtese.
Também pode ser necessaria a fisioterapia e reabilitação para melhorar a circulação e acelerar a recuperação.
Com o tempo,precisa recuperar gradualmente a força muscular da perna.

 

lesão,muscularLesão muscular

Uma entorse é um estiramento excessivo ou uma laceração de um músculo ou um tendão.
A lesão muscular pode ser causada por tarefas repetitivas ou um único evento.
O diagnóstico de uma distensão múscular pode ser feito depois que o médico verifica o histórico médico e realiza um exame físico. Dependendo da situação, a ultrassonografia pode ser necessária para confirmar o diagnóstico.
O tratamento inclui repouso, gelo, compressão e elevação nas primeiras 24/48 horas.
A maioria dos estiramentos são resolvidos com o tempo, mas os casos mais graves exigem fisioterapia instrumental como T.E.C.R. terapia e ultra-som.
Medicamentos anti-inflamatórios podem ser úteis para reduzir a dor e inflamação.

kinesio taping,coxa,músculo vasto medialKinesio taping para estiramento do músculo vasto medial
Ação: relaxante. Forma: A faixa em” Y ”. Comprimento: o comprimento do ventre muscular. Aplique a tira sem tensão com a base para baixo. Coloque no alongamento do quadríceps e seguir com os lados da ” Y ” o ventre muscular do vasto medial.

 

Dor após a corrida

A dor na perna e contraturas após a corrida são bastante normales, especialmente para aquele que não está em forma ou aumentou a intensidade dos exercícios rápidamente.
A causa é determinada pela acumulação de ácido láctico, uma substância produzida pelo organismo que é tóxica para as células.
São necessárias algumas horas para metabolizar esta substância.
A dor que sente nós 1/2 dias após o treino é devido à contracção do músculo, que é a contracção permanente das fibras musculares.
Para resolver este problema, recomenda-se massagem terapêutica (massagem desportiva) alongamento e kinesio taping.

 Dor ao caminhar

Quando você anda com saltos é possivel sentir dor na sola do pé e na parte de trás das pernas ou panturrilhas.
Simplesmente pare para aliviar a dor.
O salto ideal são aqueles de 1/2 cm porque sapatas lisas da bailarina sobrecarregam as pernas e costas.

 

Entorse

A entorse é uma lesão que ocorre devido a uma rotação excessiva ou torção do tornozelo ou joelho.
Isto pode provocar um estiramento ou ruptura dos ligamentos que são usados para segurar os ossos do tornozelo.
Os ligamentos têm a função de estabilização das articulações e impedir o movimento excessivo. A entorse no tornozelo ou ao joelho ocorre quando os ligamentos são alongados além da amplitude normal de movimento. A entorse no tornozelo é caracterizada por dor nos ligamentos no lado externo do tornozelo.
O tratamento para uma entorse do tornozelo depende da gravidade da ferida. No caso de pequenos ferimentos, o auto-tratamento e os medicamentos anti-inflamatórios sem receita podem ser tudo o que você precisa.
Em casos mais graves, pode ser necessária uma avaliação médica para entender a extensão dos danos na articulação e o que você precisa fazer para recuperar.



Dor nos nervos nas pernasmúsculos,posterior,coxa,ciático

Estas são algumas das causas mais comuns de dor nas pernas causadas por perturbações nervosas :
1. Estreitamento do canal espinhal (estenose) e dor ciática.
2. Uma causa comum de estreitamento do canal vertebral é artrose da coluna vertebral.
3. Às vezes, uma hérnia de disco exerce pressão sobre as raízes nervosas próximas, o que pode levar a sintomas de dor ciática, tais como:

A dor pode começar nas costas e no quadril, em seguida, estende-se posteriormente para baixo da perna.
Os sintomas são mais fortes na parte da manhã quando você se levanta da cama e diminuem com a atividade física.
Ciática, muitas vezes não melhora com curtos períodos de descanso.
O tratamento inicial inclui repouso por alguns dias, juntamente com AINEs ou cortisona.
O frio e o calor podem ajudar com alguns sintomas.
Fisioterapia e exercícios de alongamento podem ajudar.
Você tem que aumentar gradualmente o movimento no tempo. O seu médico também pode recomendar outros tratamentos ou cirurgia se a dor não desaparece.

Esclerose múltipla

A esclerose múltipla é uma doença caracterizada pela degeneração da bainha de mielina dos nervos.
Entre os sintomas estão:

Neuropatia Diabética

Com a diabete, os nervos podem ser danificados devido aos níveis elevados de açúcar no sangue.
Esta é uma complicação comum da diabete principalmente nos idosos. Ela pode causar dor em ambas as pernas com dormência e perda de sensibilidade abaixo do joelho.
O tratamento inclui o alívio da dor com medicamentos por via oral ou tópicos, e diminuir o nível de glucose no sangue.

Distúrbios das veias

 

As veias das pernas servem para o sangue retornar Dor na perna direita ou esquerdaao coração. Quando ocorrem problemas venosos, a perna incha (edema) e às vezes dói.
Um problema frequente é a insuficiência venosa que pode resultar em varizes, inchaço e alterações de pele como uma descoloração marrom perto dos tornozelos.
Uma causa séria e potencialmente mortal de dor na perna é a trombose venosa profunda (TVP). Uma TVP é um coágulo de sangue em uma veia da perna que se pode desconectar e viajar para os pulmões ou outros órgãos.

 

Doença arterial periférica (DAP)

A causa da doença arterial periférica, o fluxo de sangue da perna está comprometido devido ao estreitamento das artérias de pelo menos uma perna.
A DAP está associada com dor nas pernas ao caminhar e é aliviada pelo repouso. Enquanto que os problemas das veias frequentemente causam vermelhidão ou calor na perna, os sintomas de doença arterial periférica são: um membro geralmente frio e pálido que tem uma maior sensibilidade à dor. Os fatores de risco para a DAP são o fumo, doenças cardíacas e diabetes.


Doenças

Há muitas doenças que podem causar dor na perna. Quem sofre de fibromialgia sente muitas vezes a síndrome das pernas inquietas e cãibras nas panturrilhas à noite.
A dor nas pernas também pode estar associadas com doenças auto-imunes, como a esclerose múltipla e artrite reumatóide.
As doenças da tireóide podem causar dor nas pernas. Além disso, os medicamentos para determinadas doenças são conhecidos por causar dores musculares ou cãibras na perna.
Diuréticos e estatinas para o colesterol elevado são exemplos comuns de medicamentos que causam dor nos músculos da perna.
Neste caso, você pode substituir a medicação ou mudar para uma terapia natural, mas somente após consultar o seu médico.

Infecção
Uma infecção da pele e dos tecidos moles pode aparecer como vermelha, dolorida, inchada e quente.
Seu médico pode recomendar antibióticos para combater as bactérias.
Se os sintomas piorarem ou o paciente sente febre, é melhor chamar o seu médico.

 

Distúrbios que se originam na coluna

A compressão do nervo ciático causa uma dor aguda que pode se estender até os pés.
A dor geralmente começa a partir da nádega e é sentido no lado de fora e na parte de trás da perna. A inflamação do nervo ciático, normalmente e causada por uma hérnia de disco lombar,da estenose espinal ou por um músculo que pressiona contra o nervo, por exemplo no caso da síndrome do piriforme.

 
Dor na perna quando se levanta de uma posição sentada ou deitada

Se suas pernas dói muito, especialmente quando o paciente levanta-se de uma posição sentada pode ser um problema de insuficiência venosa e varizes.
Se as válvulas das veias deixam voltar uma parte do sangue, você pode sentir uma forte dor.
Os sintomas são aliviados pelo alongamento ou uma massagem leve antes de se levantar.
Para o diagnóstico precisa de um ultrassonografia ou um Ultrassonografia com Doppler colorido.

Os sintomas são sensação de peso, dormência e dor nas pernas.
A terapia consiste num procedimento cirúgico chamado de ablação endovenosa, na qual se fecha a veia doente para evitar o refluxo.


Causas de dores musculares nas pernas durante a gravidez

As perturbações no pé e perna são um problema comum para as mulheres grávidas, especialmente no terceiro trimestre. A dor nas pernas e pés são frequentemente causadas por ganho de peso e alterações hormonais que causam o relaxamento do arco do pé.
Isto provoca uma tendência aos pés planos e também pode causar mais trabalho para os músculos das pernas para manter a estabilidade do pé. Cãibras nas pernas na gravidez podem ser causadas por alterações do volume do sangue ou pela compressão do nervo ciático devido à expansão do útero.

Outras causas de dor nas pernas

  • Gripe sazonal,
  • Menopausa,
  • Artrite e reumatismos que afetam as articulações do tornozelo e do joelho,
  • Síndrome pré-menstrual que ocorre antes da chegada da menstruação. Algumas mulheres experimentam sintomas alguns dias antes do ciclo, enquanto outras começam a sentir a dor alguns dias após a ovulação.

Dor na perna em certas posições

Se a intensidade da dor na perna é muito pior quando sentado, em pé ou andando, isso pode indicar um problema aos nervos da coluna. Encontrar posições mais confortáveis é necessário para aliviar a dor. Por exemplo, inclinar-se para frente pode aliviar a dor de estenose da coluna vertebral, enquanto a rotação (como em uma tacada de golfe ) pode aumentar a tensão sobre o nervo que provoca dor na virilha, quadril e pernas.

O que causa dor na coxa anterior e em ambas as pernas ?

A dor anterior em ambas as pernas pode ser uma dor muscular que parte do músculo psoas.
A contracção deste músculo pode ser irritante na zona dos quadríceps e é bastante frequente.

Dor na parte posterior da perna sentado

Quem sente dor na parte posterior ou lateral da perna, provavelmente sofre de síndrome do piriforme.
Esta doença é causada pela contracção do músculo do glúteo, que pode ser acompanhado por compressão do nervo ciático.
A terapia consiste em manipulações do músculo afetado, músculo glúteo e psoas (localizada atrás do estômago)
Causas raras incluem:

  • Fármacos como alopurinol e cortisona
  • Doença de Legg – Calvé, uma redução do fluxo sanguíneo a partir do quadril que pode parar ou retardar o crescimento normal da perna.
  • Tumores benignos ou cistos do fêmur ou tíbia (osteoma osteóide) .
  • Osteocondrite e Síndrome de Osgood Schlatter, geralmente é visto em adolecentes, em crianças e atletas entre 10 e 15 anos de idade.

 

    Leia também