Contusão muscular


O que é uma contusão?

A contusão é a consequência de um trauma violento direto em uma área do corpo.

ÍNDICE

Uma contusão pode causar lesões graves, por exemplo:

  • Em caso de traumatismo craniano, o paciente pode ter uma fratura ou uma hemorragia cerebral que pode danificar os neurônios no cérebro com consequências graves ou até fatais.
  • A contusão facial (no rosto) pode causar uma hemorragia (sangramento nasal) e uma fratura óssea.
  • Uma contusão do globo ocular pode causar: hemorragia interna, descolamento da retina, lesão da íris, glaucoma, catarata ou a luxação do cristalino.
  • No caso de um trauma no tórax, se a costela furar um pulmão pode ocorrer um pneumotórax, mas também pode afetar  outros órgãos que estão localizados na coluna torácica, por exemplo, o fígado.
  • A contusão no externo pode causar uma hemorragia no tórax ou uma lesão graves nos órgãos: coração, pulmões e aorta.
  • Um trauma no ombro ou no braço pode causar somente um hematoma, mas em casos raros provoca a luxação do ombro.
  • A contusão do fêmur e em particular do joelho pode ser muito dolorosa, porque pode causar um edema ósseo que cura lentamente.
  • Por vezes a entorse do tornozelo é causada por uma lesão durante uma corrida; nesse caso o hematoma é maior, mas as consequências são as mesmas.
  • A contusão em um dedo (por exemplo, durante um jogo de voleibol) pode causar uma subluxação e a lesão no tendão flexor, portanto será necessária uma ultrassonografia para verificar os danos.

O que atinge e causa a contusão é chamado de objeto contundente; não é um objeto afiado porque não pode penetrar no interior.

Raramente ocorre um corte dos tecidos superficiais: derme e epiderme, em alguns casos se forma uma escoriação, uma pequena laceração da pele (como quando você cai de bicicleta e desliza no asfalto).

O impacto ou a pancada causam ruptura dos capilares e congestão de sangue, formando o clássico hematoma de cor púrpura-azulada-esverdeada visível do exterior.
Os pequenos derrames causam a formação de um pequeno hematoma; muitas mulheres o desenvolvem após um leve trauma nas coxas e pernas.
Esse tipo de lesão é comum em atletas devido a traumatismos diretos durante o jogo (futebol, rugby, vôlei, basquete, handebol, pólo aquático, etc.) ou como resultado de quedas durante a prática de artes marciais (judô, aikido, karatê, etc.), sem criar uma descontinuidade da pele.
Muitos jogadores de futebol e outros esportistas têm hematomas subungueais que se formam devido a contusões chutando a bola ou se eles são pisados. A unha quebra ou se solta completamente e isso causa um hematoma visível do exterior.
Os acidentes de trabalho e em casa são eventos frequentes e provocam hematomas principalmente nos membros superiores.
Se a ruptura dos capilares for profunda, afeta vasos sanguinos e linfáticos menos superficiais que formam um hematoma intramuscular não visível do exterior. Após uma semana é possível ver uma mancha roxa em uma região do corpo mais baixa, porque a força da gravidade puxa o sangue para baixo.
Outro sinal de contusão é o inchaço que se forma como resposta inflamatória do corpo humano. O hematoma ou contusão ao longo do tempo é reabsorvido e torna-se mais claro e amarelado.

Como são classificados os hematomas?

  • Equimose da pele: afeta somente as camadas superficiais do corpo com a lesão ou laceração da pele.
  • Contusão muscular: o tecido afetado é o músculo, se forma sempre um hematoma e um edema; se o trauma foi violento e forte, é possível que ocorra uma lesão muscular (por exemplo, um chute de um cavalo).
  • Contusão de tendões: o tendão é uma estrutura de tecido conjuntivo fibroso, rígido e resistente, a lesão ou inflamação afeta a bainha sinovial que o envolve e é mais vulnerável.
    Neste caso, causa a tendinite.
  • Contusões do osso: se o trauma atinge diretamente o osso pode danificar e inflamar o periósteo, a membrana que o envolve. Essas contusões são muito dolorosas.

Quais são os sintomas de uma contusão?

O paciente com uma contusão sente uma dor intensa na área afetada.
Depois de algumas horas ou alguns dias, será visível a mancha do hematoma e, com base na localização da lesão, pode causar uma perda de força ou limitação de movimento devido as pontadas que se sentem durante os movimentos.

Uma das áreas mais afetadas é o pé, muitos jogadores de futebol tem a unha do dedão do pé preta e quebrada ou a perdem completamente.


Quais são as possíveis complicações de uma contusão?

Em caso de fratura, aparecem os sintomas das fraturas. Em caso de danos no nervo, é possível a ocorrência de formigamento nas mãos ou nos pés e parestesias; por exemplo, um dano no nervo ulnar provoca dor e perda de sensibilidade do cotovelo ao dedo mínimo e anular.
Se o hematoma não for reabsorvido, pode organizar-se e tornar-se um hematoma duro, muito mais difícil de resolver.

Depois de muitos meses ou anos, o hematoma pode ossificar, ou seja, se unir ao tecido do osso com a formação de células ósseas ao redor.
Se além de uma contusão existir uma laceração da pele ou um corte na pele, pode ocorrer uma infecção.
Se o trauma for muito violento e o hematoma bloquear o fluxo de nutrientes para as células, pode ocorrer a morte das células ou necrose.

 

Diagnóstico

O seu médico deve verificar seus sintomas e o histórico médico, então pode prescrever uma radiografia para ver se há lesões de músculos e tendões, ou pode pedir uma radiografia se suspeita uma fratura.

 

Qual é o tratamento para uma contusão?

O tratamento em fase aguda consiste em gelo e repouso ou imobilização, bandagem de compressão para tentar impedir o extravasamento de sangue e inflamação (protocolo RICE).

As contusões musculares, ósseas, articulares ou dos tendões devem se resolver espontaneamente dentro de alguns dias, a dor deve diminuir de intensidade rapidamente e a contusão ou o ferimento tende a reabsorver rapidamente; no entanto, se o paciente tiver pressa de se curar ou se não existirem melhorias, a terapia mais adequada é a T.E.C.R. ®  (Transferência de energia capacitiva e resistiva) que drena o sangue e tem um efeito anti-inflamatório e analgésico e de bioestimulação.

contusão,terapia tecar, hematoma, dor, drenagem, dor,mal,trauma

Contusão, tratamento com Tecar – © Massimo Defilippo

Entre os remédios naturais que você pode aplicar, os cremes que contenham arnica ou garra do diabo são muito úteis para resolver a inflamação e absorver o hematoma.

Uma leve massagem na área dolorida pode ser útil, mas é necessário esperar pelo menos 2 dias após o trauma.

Após as primeiras 24 horas o gelo não é mais necessário e de fato é contra-indicado porque tende a congestionar o sangue e bloquear os processos reparativos do organismo.

No dia após o trauma, é necessário mover a área afetada e aplicar calor, que acelera o metabolismo e os mecanismos de cura das próprias células.
Se o hematoma for muito grande, pode ser necessária uma cirurgia para esvaziá-lo cirurgicamente; o médico deve fazer uma avaliação cuidadosa.

 

Quanto tempo demora? O prognóstico

O tempo necessário para a cura depende da gravidade da lesão.
Sem tratamento, a contusão muscular cura totalmente em cerca de 2/3 semanas, a menos que haja complicações.
Em alguns casos o hematoma pode se tornar duro, ou seja, se desidrata e permanece apenas a parte sólida.
Nesse caso, o melhor remédio é a T.E.C.R. ®, que serve para absorver o sangue.
As lesões dos órgãos devem ser tratadas por um médico ou cirurgião, se necessário.

Leia também

Deixe uma resposta