Insolação ou golpe de calor

A insolação e o golpe de calor são dois distúrbios agudos e perigosos em que o sistema de regulação do calor no corpo não funciona.

ÍNDICE

No caso de insolação, a causa é a exposição prolongada ao sol, enquanto o golpe de calor ocorre quando o corpo permanece a uma temperatura elevada por um certo período de tempo.

O corpo não é capaz de perder calor adequadamente até voltar à sua temperatura normal.

A temperatura corporal sobe a níveis muito elevados que podem danificar órgãos importantes.

A insolação pode ser precedida por uma exaustão de calor que ocorre quando a perda excessiva de fluidos e de sais minerais com o suor causa uma forte fraqueza.

A exaustão de calor torna-se uma insolação quando o corpo já não consegue mais manter uma temperatura corporal normal.

A exaustão de calor é um distúrbio leve e pode ser acompanhado por cãibras devido ao calor: espasmos musculares dolorosos e súbitos nos braços ou nas pernas e às vezes no abdômen.

O golpe de calor ocorre quando a temperatura do corpo de uma pessoa é superior a 40,6 °C devido à exposição ao calor ambiental e o corpo não tem uma boa termorregulação (controle da temperatura).

O golpe de calor não é febre, na qual a temperatura do corpo sobe como reação a uma infecção.

 


Causas de golpe de calor e insolação

O golpe de calor pode ocorrer como consequência de:
Exposição a um ambiente quente. Em um tipo de golpe de calor clássico (não relacionado com exercício) o ambiente quente provoca um aumento na temperatura corporal. Este tipo de golpe de calor geralmente ocorre após a exposição a um clima quente e úmido (tropical), especialmente por períodos de tempo prolongados, tais como dois ou três dias. O golpe de calor ocorre mais frequentemente em idosos e em pessoas com doenças crônicas.

Atividade extenuante. O golpe de calor provocado pelo exercício é causado por atividade física  intensa demais, realizada em um clima quente. Quem treina ou trabalha em climas quentes pode sofrer de golpe de calor provocado pelo esforço, mas é mais provável em pessoas não habituadas a altas temperaturas.

Tanto o golpe de calor como a insolação podem ser causados por:

  • Usar muitas roupas que impedem a evaporação do suor e o resfriamento evaporativo do corpo.
  • Beber álcool que pode afetar a capacidade do corpo de regular a temperatura.
  • É possível ter uma insolação leve provocada pela lâmpada de UVA; nesse caso, é aconselhável beber muita água e aplicar um creme hidratante.
  • Desidratação depois de perder muito líquido através da transpiração.

 


Fatores de risco de insolação

Qualquer pessoa pode ser afetada pela insolação, mas vários fatores aumentam o risco:

  • Idade. Os recém-nascidos e as crianças até 4 anos ou adultos com idade superior a 65 anos são particularmente vulneráveis porque eles se adaptam ao calor mais lentamente do que as outras pessoas.
  • Praticar alguns esportes durante as horas mais quentes do dia, por exemplo correr ou andar de bicicleta (ciclismo).
  • Excesso de exposição ao sol, por exemplo na praia.
  • Falta de ar condicionado.
  • Medicamentos. As pessoas que tomam certos medicamentos devem ter cuidado com o clima quente, por exemplo se tomarem medicamentos que encolhem os vasos sanguíneos (vasoconstritores), regulam a pressão arterial bloqueando a adrenalina (betabloqueadores), liberam o corpo de sódio e água (diuréticos) ou reduzem os sintomas psiquiátricos (antidepressivos ou antipsicóticos).
  • Algumas doenças. Existem doenças crônicas, tais como as do coração ou doenças pulmonares, obesidade, vida sedentária ou um golpe de calor anterior que poderiam aumentar o risco de ter este problema.

 


Sintomas do golpe de calor e insolação

Os sintomas do golpe de calor podem se desenvolver durante vários dias em pessoas vulneráveis, como os idosos e as pessoas com problemas de saúde crônica.

Estes grupos ficam particularmente em risco durante os períodos muito quentes.

Os sintomas desenvolvem-se mais rapidamente se eles forem causados por atividade física. Este tipo de golpe de calor geralmente afeta pessoas jovens e ativas.

Os sintomas do golpe de calor são:

Febre alta. Uma temperatura corporal igual ou superior a 40 °C é um dos principais sinais de golpe de calor (embora possa ser diagnosticado com temperaturas mais baixas), mas algumas pessoas podem atingir estas temperaturas durante o exercício sem exaustão por calor ou golpe de calor.
Excesso de transpiração que para de repente. Se o corpo não conseguir mais transpirar, a pele se torna seca, especialmente nos lábios e na boca.
-Taquicardia (batimento cardíaco rápido)
-Vasodilatação
-Respiração rápida (hiperventilação)
-Cãibras e dores musculares
-Inchaço (especialmente as pernas inchadas e o rosto inchado)
-O sol provoca lacrimejamento excessivo nos olhos

O calor extremo causado pelo golpe de calor também afeta o sistema nervoso e pode causar outros sintomas, tais como:

Confusão
-Falta de coordenação
-Convulsões
Dores de cabeça (até o dia seguinte)
Vertigem ou tontura
-Inquietação ou ansiedade
-Problemas de compreensão ou conversação com os outros
Alucinações (ver ou ouvir coisas não reais)
Perda de consciência

Raramente o paciente sente dor de barriga e tem diarreia.



 


Como faço para saber se meu filho teve um golpe de calor?

Primeiro de tudo, o bebê ou a criança pode mostrar sinais de exaustão de calor que é mais suave do que o golpe de calor.
Os sintomas são: sede, fadiga, cólicas do estômago ou nas pernas e pele fria e úmida.
Se a exaustão por calor do bebê se tornar uma insolação, a criança pode ter os seguintes sintomas:
-Febre de 39 ou superior, sem suor
-Pele quente, seca e vermelha, se o rosto foi exposto ao sol; as partes mais vermelhas são a testa, nariz e bochechas
Taquicardia
-Inquietação
-Confusão
Tontura
Dor de cabeça
Vômitos
-Respiração rápida, superficial
Extremo cansaço (a criança pode não responder imediatamente quando sua mãe a chama ou faz cócegas, por exemplo)
-Inconsciência
É aconselhável prestar atenção aos sinais de desidratação.

 


Diagnóstico da insolação e do golpe de calor

O médico examina os sintomas e mede a pressão arterial e a febre. Geralmente mede a temperatura no intestino reto, em vez de o fazer na boca. O médico pode prescrever exames de sangue e urina.

Depois de quanto tempo ocorre?
O momento no qual os sintomas são percebidos depende da temperatura, mas cada pessoa reage de forma diferente, por isso é difícil determinar o tempo máximo de exposição ao sol.

 


O que fazer para a insolação e golpe de calor? Quando procurar um médico?

A insolação é uma emergência médica. É necessário ir imediatamente ao pronto socorro se alguém tiver os seguintes sintomas relacionados ao calor:
-Confusão
Extrema fadiga
-Agitação
Dores musculares intensas, febre ou náusea
-Convulsões ou perda de consciência

 

Tratamento e remédios naturais para insolação e golpe de calor

-Primeiros socorros para golpe de calor

Se suspeitar que alguém teve um golpe de calor, ligue para o 193 e leve imediatamente a pessoa ao hospital. A demora pode ser mortal.

Antes da chegada dos paramédicos, comece os primeiros socorros. Mova a pessoa para um ambiente com ar condicionado ou pelo menos para uma área sombreada e fresca e tire os vestidos desnecessários.

Se possível, meça a febre e inicie os primeiros socorros para reduzir a febre até 38-38,5 graus (se não tiver nenhum termômetro disponível, é necessário começar imediatamente os primeiros socorros).

Não é necessário administrar medicamentos para reduzir a febre, tais como, por exemplo, aspirina ou paracetamol.

Os conselhos para o resfriamento são:

– Gerar vento em direção à pessoa enquanto molha a pele ou apoia sobre ela uma esponja embebida em água.

-Aplicar compressas de gelo sob as axilas, virilha, pescoço e costas do paciente. De fato, essas áreas são ricas em vasos sanguíneos próximos da pele e quando esfriam, torna-se possível acelerar a redução da temperatura corporal.

-Entre os remédios caseiros citamos uma ducha ou banho em banheira de água fria ou cheia de gelo.

Se o serviço de resgate 193 demorar para chegar, entre em contato com o pronto socorro para receber instruções.

 

Tratamento no hospital para o golpe de calor

Quando o paciente chega no hospital, o tratamento serve para reduzir a temperatura do corpo do paciente o mais rápido possível. Existem dois métodos de resfriamento: interno e externo.

Resfriamento externo
-Banho de gelo. Imersão do paciente em uma banheira cheia de água e gelo.

-Coberta térmica e com gelo. O paciente é enrolado em cobertores térmicos e são colocados blocos de gelo nas axilas, em torno da cabeça, pescoço e perto da virilha.

-Resfriamento por evaporação. Borrifa-se água fria no corpo do paciente com um nebulizador. O ventilador cria uma brisa morna que acelera a evaporação e, portanto, a perda de calor. A velocidade de resfriamento com essa técnica corresponde a cerca de 0,3 °C por minuto.

As desvantagens do banho de gelo ou dos cobertores térmicos com blocos de gelo são a vasoconstrição periférica e os calafrios.
Com esses dois métodos é mais difícil intervir no paciente em caso de parada cardíaca ou bradicardia (batimento cardíaco muito lento).

 

Insolação, golpe de calor, criançaMétodos de resfriamento internos
Os métodos de resfriamento internos podem diminuir a temperatura do paciente mais rapidamente.
Por exemplo:

Lavagem gástrica, lavagem da bexiga ou retal com água fria, feitas em forma mini-invasiva.

-Lavagem peritoneal e drenagem torácica, apenas em casos muito extremos.

-Bypass cardiopulmonar, um método de resfriamento extremamente raro, mas eficaz.

 


Quais são as consequências de uma insolação?

A exaustão de calor não é perigosa se for tratada corretamente, mas uma insolação pode ser mortal se não for tratada adequadamente. Quando o mecanismo de resfriamento falha, a temperatura do corpo aumenta rapidamente e a morte pode ocorrer em menos de 30 minutos.

Algumas pessoas morrem até mesmo várias semanas após o episódio agudo inicial por causa das complicações, como insuficiência cardíaca ou renal. A insolação mata mais de 10% das pessoas afetadas. A insolação pode causar distúrbios permanentes para alguns órgãos, como o fígado.

 


Prevenção da insolação

-Os recém-nascidos e as crianças pequenas são mais suscetíveis aos efeitos do calor extremo e devem ser capazes de contar com a ajuda de outras pessoas para permanecerem frescas e hidratadas.

-Nunca deixar os recém-nascidos ou as crianças em um carro estacionado (mesmo que as janelas estejam abertas). Os animais de estimação (cães ou gatos) também não devem ser deixados em carros estacionados (podem sofrer de doenças causadas pelo calor).

-Vestir os bebês e as crianças com roupas soltas, leves e de cor clara.

-Não beber bebidas açucaradas ou bebidas alcoólicas para reidratar o corpo.
Este tipo de bebidas interfere com a capacidade do corpo de controlar a temperatura.
Além disso, as bebidas muito frias podem causar dores de barriga.

 


Quanto tempo demora? O prognóstico

A duração dos sintomas depende da gravidade da insolação.

Geralmente, os tempos de recuperação são de 24/48 horas, mas em casos graves podem ser mais longos, por exemplo, no caso de queimadura de 2° grau.

Se o paciente permanecer por algumas horas a uma temperatura muito alta pode ter sequelas, por exemplo, danos ao cérebro ou rabdomiólise (ruptura das células musculares).