Dor nos rins

INDICE


A dor nos rins pode ser um sintoma de várias doenças renais.
Os rins são órgãos vitais em forma de feijão que estão localizados nos dois lados (esquerdo e direito).

As principais funções dos rins são:

  • Manter a homeostase entre os fluidos do corpo;
  • Filtrar o sangue;
  • Eliminar as toxinas do corpo sob a forma de urina.
  • Controlar a concentração de eletrólitos tais como sódio e potássio para manter o equilíbrio ácido-base no corpo.

dor,nos,rins,irradiação


Localização da dor nos rins

O rim direito é ligeiramente menor do que o esquerdo devido a presença e a forma do fígado.
Esta diferencia torna mais difícil encontrar a posição, tanto em homens como em mulheres.
Os rins são localizados no espaço retroperitoneal que se encontra logo abaixo do diafragma em ambos os lados.
Muitas mulheres confundem esta dor com aquela que se sente uma semana antes do ciclo menstrual.

De acordo com a medicina chinesa, os rins são os depósitos de energia do corpo e controlam a função sexual e reprodutiva.



Sinais e sintomas que ocorrem em conjunto com a dor nos rins

É provável que seja uma doença renal quando ocorrem os seguintes sintomas:


rim,artéria,veia,cálicesComo distinguir a dor nos rins de dores na coluna

Muitas vezes a dor devido a doença renal é grave e em cólica, em contraste com a dor surda causada causada pela dor nas costas do tipo músculoesquelético na área lombar.
A dor excruciante e constante, independentemente da posição e causada por doenças renais é chamado de cólica renal.
A dor na coluna lombar deriva principalmente de uma lesão à:

  • Músculos,
  • Ligamentos
  • Discos intervertebrais

Quando um paciente diz que sente dor somente quando se move (por exemplo, quando dobra o corpo para frente) é mais provável que dependa dos músculos em vez de um órgão.


Causas da cólica renal

A dor nos rins se sente nas costas e nos lados direito e esquerdo até a virilha, aguda e excruciante.
Entre as diversas doenças responsáveis por essa dor estão:

Infecção renal: conhecida como pielonefrite, é um tipo de infecção bacteriana do trato urinário (ITU) que provoca dor e inflamação renal.

A cápsula (sensível a dor ao redor dos rins) se estende e os rins incham.
A infecção pode ser aguda ou crônica.
As chances de contrair uma infecção renal são elevadas se uma pessoa sofre de pedras nos rins.
A infecção causa inchaço dos rins, a conseqüência é uma dor forte.
Entre os principais sintomas estão a dor de barriga, na coluna, no lado direito ou esquerdo do abdômen.
Em caso de infecção, a dor é intensa e pode causar dormência na área afetada.
Pode ser acompanhada de febre alta e urina com mau cheiro.
Mesmo as crianças podem ser afetadas pela infecção renal.
O tratamento para infecção renal consiste na prescrição de antibióticos. O médico também pode administrar analgésicos para aliviar a dor.

Pedras nos rins: uma das causas mais comuns de dor nos rins consiste em pedras nos rins. Estas pedras,nos,rinsderivam da cristalização de urina em pequenas substâncias duras como pedras, como conseqüência da alteração do equilíbrio de fluidos e minerais.
Existem diferentes tipos de pedras nos rins que podem se desenvolver devido a diferentes quantidades de determinadas substâncias na urina.
A areia é formada por cálculos muito pequenos.
Se os cálculos são grandes e duros podem bloquear os ureteres e parar o fluxo de urina.
Como resultado, a urina não é excretada e provoca inchaço dos rins.
A dor nos rins causada por pedras nos rins é considerada como uma cólica.

Os sintomas são os seguintes:

  • Dor que originou-se na direita ou esquerda e se espalha para baixo quando as pedras se movem para dentro da bexiga,
  • A dor é latejante e contínua, pode ocorrer durante à noite,
  • A pessoa pode sentir também náusea e vômitos,
  • Sangue na urina,
  • Urina escura.
  • Necessidade de urinar com frequência,
  • Dor durante a micção.

As pedras nos rins podem ser tratadas com medicamentos ou ser removidas cirurgicamente.
Uma pessoa com pedras nos rins deve beber mais para acelerar o processo de eliminação.
O médico prescreve fármacos anti-inflamatórios não-esteroides para aliviar a dor.

 

Infecção do trato urinário (ITU): A ITU é outra causa frequente de dor nos rins, especialmente em mulheres.
As bactérias Gram negativas são os principais responsáveis pela ITU.
A infecção afeta a bexiga e é chamada de cistite, no entanto pode se espalhar para os rins.
Entre os sintomas estão:

Os antibióticos são prescritos para tratar esta doença.


Causas de dor surda nos rins

Muitas vezes a dor nos rins é forte e intensa. No entanto, algumas pessoas podem sentir uma dor surda.
Existem certas doenças que podem causar este tipo de dores nos rins.


  •  rim,policísticoDoença renal policística (DRP) é uma doença genética que provoca o aumento dos rins pela formação de vários cistos no decorrer dos anos.
    A doença renal policística pode causar dor surda e intensa nos rins que se sente na área da frente do abdômen e parte inferior das costas, sangue na urina, pressão sanguínea elevada e urinar frequentemente.
    Complicações podem ser infecções do trato urinário e insuficiência renal.
    A diálise e o transplante renal são terapias prescrito por um médico para a DRP.
  • Câncer de rim: em casos raros, o tumor pode se expandir muito e pode danificar a cápsula renal que se estende excessivamente. Isto pode levar a um desconforto intenso e doloroso.
    No entanto, o tumor pode ser removido cirurgicamente.
  • Obstrução do fluxo de urina: algumas doenças como uropatia obstrutiva bilateral crônica ou aumento da próstata podem causar a obstrução do fluxo de urina.
    O tratamento depende da causa da obstrução.
  • Um trauma pode causar dor nos rins, não deve ser direto, também pode ser causada por uma queda do alto ou de uma queda sobre o osso sacro.
  • A alimentação rica em proteínas pode sobrecarregar os rins e causar dor, é recomendável comer pouca carne, peixe ou ovos.
  • As lesões e doenças renais (como insuficiência renal aguda ou crônica) podem causar dor nos rins.
    Geralmente a insuficiência renal é definida como uma doença silenciosa, porque é difícil sentir nos estágios iniciais.
    Quem sofre de bloco renal pode sentir dor.
  • Outras causas de dor nos rins são tuberculose renal e cistos renais simples.


Dor nos rins durante a gravidez

A dor renal no início da gravidez se sente como uma facada na região lombar ou no abdômen inferior.
Pode ser causado por duas razões: uma infecção do trato urinário ou renal.
Reconhecer os sintomas destas doenças e um tratamento imediato são essenciais dado que essas duas doenças podem ser mortais para a mulher grávida e para a criança.
A dor na área do rim pode ser um dos sintomas das primeiras semanas de gravidez, junto com:

Este sintoma não significa sempre que a mulher está grávida, algumas mulheres sentem dor nos rins durante a ovulação ou alguns dias antes do ciclo.

Rins, dor, manhãDor nos rins de manhã

Pedras nos rins
Esta doença causa uma dor aguda nos rins, abdômen inferior e coluna.
O excesso de cálcio e ácido úrico nos rins se acumula no corpo sob a forma de pedras.
As pessoas que bebem pouco são muito mais propensas a ter essa doença, pode ocorrer mesmo após uma longa corrida que causa desidratação.
A dor varia de acordo com o tamanho das pedras.
Entre os sintomas característicos de pedras nos rins estão:

  • Cólica renal até que o cálculo chega na bexiga, em seguida, a dor desaparece repentinamente
  • Dificuldade para urinar;
  • Dor durante a micção (enquanto você urina).

Infecção renal
A infecção renal ou pielonefrite é uma outra das principais causas de dor nos rins pela manhã, mesmo ao acordar.
Esta infecção bacteriana desenvolve-se quando a urina volta para a ureter.
As pessoas com pedras nos rins têm um risco elevado de infecção renal.

Os sintomas de infecção nos rins incluem:
1. Fortes dores abdominais e na coluna;
2. Dor ao urinar;
3. Calafrios;
4. Náusea;
5. Vômitos;
6. Febre alta.

Infecção do trato urinário (ITU)
De acordo com a medicina convencional, é uma infecção bacteriana que se desenvolve no trato urinário.
A bactéria Escherichia coli (E. coli) é a causa mais frequente desta infecção, especialmente em mulheres.
Entre os sintomas mais significativos para identificar A UTI são:

1. Presença de sangue na urina ou hematúria;
2. Dor nos rins;
3. Dificuldade para urinar.

Câncer nos rins
O crescimento descontrolado e a multiplicação das células no corpo podem causar o câncer. A causa exata do câncer de rim é desconhecida.
O carcinoma de células renais (CCR) é o tipo mais comum de câncer de rim.

Os sintomas de câncer no rim incluem:

1. Dor em baixo das costelas no lado direito ou esquerdo
2. Dor na região lombar
3. Cansaço importante
4. Perda de peso
5. Febre
6. Em um estágio avançado é possível sentir uma massa no próximo nível
2. Presença de sangue na urina ou hematúria.

O que fazer? Tratamento para a dor nos rins

Você deve fazer um minucioso exame médico para diagnosticar a doença.

  • A administração de analgésicos para resolver a dor não é certamente a melhor maneira de tratar essas doenças.
  • Para a febre e as cólicas renais o médico pode prescrever o paracetamol(Tylenol)  e um antiespasmódico (Buscopan).
  • Os anti-inflamatórios são utilizados para reduzir a inflamação, por exemplo cetoprofeno (Profenid) pode reduzir a dor e o inchaço.
  • O antibiótico é usado para resolver a infecção bacteriana, enquanto uma terapia extensiva é necessária para problemas renais graves.
  • Se o paciente sente ataques recorrentes de dor intensa, o médico pode analisar o estado de saúde e recomendar algumas opções de tratamento como a cirurgia ou diálise.
  • A litotripsia extracorpórea por ondas de choque (LECO) ou nefrolitotomia percutânea servem para a remoção de cálculos renais.
    A litotripsia envolve a utilização de ondas de choque para destruir os cálculos, enquanto a nefrolitotomia percutânea é um procedimento no qual um instrumento cirúrgico chamado nefroscopio é inserido através de uma pequena incisão nas costas para quebrar e remover as pedras nos rins.câncer,de,rim


Dieta e alimentação para dor nos rins

Embora a terapia farmacológica ou outras opções de tratamento podem tratar a doença renal, as mudanças no estilo de vida são fundamentais.
Alguns desses remédios naturais podem ajudar a reduzir a intensidade da dor, previnem o dor no futuro.
Aqui estão algumas orientações sobre a prevenção de problemas nos rins.

Existem dois tipos de dieta que têm ajudado muitas pessoas a resolver problemas nos rins:
1. A dieta do grupo sanguíneo do Dr. D’Adamo
2. A dieta vegana/crudivora (também conhecida como alimentação viva) recomendada pelos higienistas e médicos naturais.

 

Dieta do Tipo Sanguíneo
De acordo com este tipo de alimentação, alguns alimentos podem causar sintomas e doenças apenas a pessoas de um grupo sanguíneo, enquanto os outros podem os comer.
No entanto, existem os alimentos que podem causar problemas renais em todos, por exemplo:

• Leite e produtos lácteos, por exemplo, causam a formação de cistos nos rins;
• Sobremesas cremosas;
• Todos os cereais, mas especialmente aqueles com glúten;
• Chá e café;
• Frutas, em alguns casos, é melhor cozidas.

Não há necessidade de beber muita água, mesmo meio litro por dia é mais do que suficiente.

Alimentação Natural vegana/crudivora
Com base na medicina natural de Lezaeta e o higienismo de Shelton, as infecções não são causadas ​​por bactérias, fungos, parasitas, etc., mas pela digestão de proteína animal que causa putrefação intestinal.
A consequência é a formação de um ambiente adequado para o crescimento e a proliferação das bactérias que, em vez servem ao corpo para a digestão e para eliminar os resíduos.

De acordo com esta teoria, a cura de infecções, pedras, cistos, etc. é constituída por:
1. Na fase aguda é possível jejuar se o paciente não tem contra-indicações tais como a gravidez, um transplante de órgão, bulimia ou tumores que causam uma grande fraqueza.
2. Na fase subaguda deve seguir uma dieta baseada em frutas e vegetais crus, legumes, sementes e nozes.

Os alimentos processados, doces e condimentos devem ser removidos da alimentação.
Carne e proteínas animais causam a digestão lenta e a putrefação nos intestinos, por isso é melhor evitá-las.

De acordo com as teorias higienistas, é preciso beber pouco, porque na fruta comida está muito líquido.

 

Beber água
De acordo com a medicina convencional, os sais e os minerais na urina são mais propensos a se cristalizar no rim de pessoas que não bebem muita água.
O aumento da ingestão de líquidos ajuda a expulsão das pedras junto com a urina.
As frutas como uvas, melancia e mirtilos têm um alto teor de água e atuam como diuréticos.
Portanto, o consumo desses frutos é útil.
Beber suco de limão serve para quebrar as pedras nos rins.
A melancia é rica em potássio e evita a formação de pedras nos rins.
O mirtilo ajuda a aumentar a acidez da urina e elimina as bactérias que poderiam causar infecções renais.

Alimentos para evitar
De acordo com a medicina convencional, o consumo de alimentos ricos em oxalato de cálcio pode aumentar o risco de desenvolver pedras nos rins.
Portanto, é necessário evitar esses alimentos.
Possívelmente devemos evitar o consumo excessivo de:

  • Grão de bico;
  • Acelga;
  • Espinafre;
  • Quiabo;
  • Batata-doce;
  • Coco;
  • Couve-flor;
  • Beterraba;
  • Cenouras.

Devemos reduzir a ingestão de café e chá dado que as bebidas que contêm cafeína podem causar desidratação.