Exame de urina completo

O exame de urina completo é efetuado como uma análise de rotina ou para fins de diagnóstico.

INDICE


Um esame de urina controla a cor, cheiro, concentração e acidez (pH) da urina.
Além disso, serve para conhecer os níveis de proteínas, açúcares, células sanguíneas ou outras substâncias na urina.

Os resultados do exame de urina são confiáveis para detecção da presença de algumas doenças, tais como:

Exame de urina, completoA preparação

Antes do exame, não comer alimentos que podem colorir a urina como amoras, beterraba e ruibarbo.
Antes do exame, não é recomendado fazer esforços.

Informe ao médico sobre a data suposta do início do ciclo menstrual. O médico pode decidir de esperar para fazer o exame.

O médico pode pedir para parar de tomar certos medicamentos que mudam á cor da urina.
Entre eles estão:

  • Vitamina B
  • Fenazopiridina
  • Rifaldin
  • Fenitoína

Converse com o médico para saber como é efetuado e o significado dos resultados.

 


Como é efetuado? As instruções

O médico pode pedir ao paciente para coletar uma amostra de urina em casa para trazer ao consutório ou ao laboratório para o exame.

A amostra de urina de uma criança pequena ou de um recém-nascido é coletada usando um saco plástico especial com fita em torno da abertura.

 


Como coletar uma amostra de urina estéril e limpa

Exame de urina simples
Comece a urinar no vaso sanitário ou mictório. Uma mulher deve manter os lábios genitais separados enquanto urina.
Depois que a urina desce por alguns segundos, coloque o recipiente sob o fluxo e colete cerca de 12 ml de urina.
Não toque a borda do recipiente com a área genital. Na amostra de urina não é necessário colocar:

  1. Papel higiênico,
  2. Pêlos pubianos,
  3. Fezes,
  4. Sangue menstrual,
  5. Qualquer outra coisa.

Termine de urinar no vaso sanitário.
Cuidadosamente coloque e aperte a tampa do recipiente e depois volte para o laboratório.
Quando você coleta a urina em casa e você não pode ir ao laboratório dentro de uma hora, coloque a amostra na geladeira.
Para bebés e crianças pequenas, existe um saco para coletar a urina.

Colheita de uma amostra de urina de 24 horas
O médico pode pedir para coletar urina durante 24 horas.
Geralmente a coleta de urina deve ser feita de manhã. Ao acordar, urinar sem conservar esta urina.
Anote o tempo em que a urina foi feita para marcar o início do período de coleta de 24 horas.
Por 24 horas sucessivas, coletar toda a urina.
O médico fornece geralmente um grande recipiente que tem uma capacidade de aproximadamente 2,5 l e tem uma pequena quantidade de conservante.
Urinar em um recipiente pequeno e limpo e em seguida despeje a urina no recipiente grande.
Evite tocar o interno do recipiente com os dedos.
Durante o período de coleta, manter o recipiente em um lugar fresco e escuro.
Urinar pela última vez antes ou no final do período de 24 horas.
Coloque esta urina no recipiente grande e anote o tempo.

 


Valores normais e interpretação do exame de urina

Um análise de urina regular muitas vezes inclui os seguintes exames:

 


Resultados de um exame de urina completo

Cor
Normal: De amarelo pálido a escuro
Anormal: muitos alimentos e medicamentos podem afetar a cor da urina.

  1. A urina descolorida pode ser devido a uma doença renal crônica ou diabetes não controlada.
  2. A urina amarela escura pode ser causada por desidratação.
  3. A urina vermelha pode ser devido a sangue na urina.
  4. A urina preta é causada pela presença de melanina.
  5. A urina marrom pode ser causada por bilirrubina.

Clareza
Normal: clara
Anormal: urina escura pode ser causada por:

  • Pus (glóbulos brancos)
  • Sangue (glóbulos vermelhos)
  • Sémen
  • Bactérias
  • Levedura
  • Cristais
  • Filamentos de muco
  • Infecção causada por um parasita, tais como a tricomoníase.

Cheiro
Normal: Cheiro levemente “desagradável”.
Anormal: a urina pode ter um cheiro diferente devido a certos alimentos (tais como espargos), vitaminas e antibióticos (por exemplo, penicilina).
Um cheiro doce e frutado pode ser causado por diabetes não controlada. Uma infecção do trato urinário pode causar um mau cheiro (de amônia).
A urina que tem cheiro de xarope de ácer pode indicar à doença da urina em xarope de ácer que ocorre quando o corpo não pode quebrar certos aminoácidos.

Peso específico
Normal: 1.005-1.030
Anormal: um peso específico muito elevado significa uma urina muito concentrada que ocorre:

Uma densidade muito baixa significa uma urina diluída, que pode ocorrer:

  1. Bebendo muito,
  2. Em caso de doença renal grave,
  3. Pelo o uso de diuréticos.

PH
Normal: 4.6 – 8.0
Anormal: alguns alimentos (como frutas cítricas e produtos lácteos) e medicamentos (por exemplo antiácidos) podem alterar o pH da urina.
Um pH elevado (alcalino) pode ser causado por:

  • Vômitos graves,
  • Insuficiência renal,
  • Infecções do trato urinário,
  • Acidose tubular renal,
  • Obstrução do piloro (esfíncter entre o estômago e duodeno),
  • Alcalose respiratória.

Um pH baixo (urina ácida) pode ser devido a :

A dieta pode alterar a acidez da urina.
Por exemplo, quando você segue uma dieta pobre em carne, mas rica em frutas e vegetais, é mais provável que a urina seja alcalina.
As pessoas que consomem maiores quantidades de carne são mais propensas a ter urina ácida.

Proteínas
Normal: nenhuma
Anormal: As proteínas na urina podem indicar:

* Fonte: Low-level cadmium exposure and effects on kidney function

proteínas,na,urina

Albumina
A proteína albumina não deve ser presente na urina (albuminúria), mas uma pequena quantidade nem sempre é uma doença.
Entre as causas de albumina alta na urina estão:

Glicose
A recolha de uma amostra de urina deveria ser negativa para glicose ou conter pequenas quantidades.
Normal: 1 – 15 miligramas per decilitro (mg/dl) ou 60 – 830 micromoles por litro (mcmol/L) em uma amostra de urina de 24 horas.
Muita glicose na urina pode ser devido a:

  • Diabetes não controlada
  • Síndrome de Fanconi, uma doença renal em que os rins não filtram adequadamente o sangue,
  • Desidratação.

Uma mulher grávida saudável pode ter glicose na urina, durante a gravidez é normal.

Cetonas
Normal: nenhum
Anormal: cetonas na urina podem indicar:

  • Diabetes não controlada
  • Dieta muito pobre de carboidratos
  • Jejum ou distúrbios alimentares (como anorexia nervosa ou bulimia)
  • Alcoolismo
  • Dieta cetogênica, ou seja, com poucos carboidratos.

As cetonas estão freqüentemente presentes na urina, quando uma pessoa não come por 24 horas ou mais. Isso pode ocorrer quando uma pessoa está doente e não pode comer ou vomita por tantos dias.

Nitritos. As bactérias que causam infecção urinária produzem uma enzima que modifica os nitratos em nitritos na urina. Os nitritos na urina indicam uma infecção urinária.

Esterase de leucócitos. A esterase de leucócitos indica a presença de leucócitos (células brancas do sangue) na urina. Os glóbulos brancos na urina podem indicar uma infecção urinária.

Proteínas de Bence Jones. Esta é uma proteína anormal que é encontrada na urina em cerca de 50% das pessoas com um tipo raro de câncer chamado de mieloma múltiplo.
Muitas vezes, é feito um exame de urina quando se suspeita de mieloma múltiplo.
O exame de proteína feita durante um exame de urina normal não controla a presença de proteínas de Bence Jones.

Volume
Normal: 800-2.500 mililitros (mL) para cada amostra de 24 horas.

Rim,glomérulo,filtrada

 


Análise ao microscópio

Neste exame a urina é filtrada em uma máquina especial (centrífuga) para acumular os materiais sólidos (sedimentos) no fundo. Colocar o sedimento sobre uma lâmina para examinar ao microscópio. As coisas que você pode ver na lâmina incluem:

Glóbulos vermelhos ou brancos. Normalmente, não são encontrados glóbulos na urina. As células vermelhas do sangue (hemácias) na urina podem ser causadas por uma inflamação, doença ou lesão dos rins, ureteres, bexiga ou uretra.
Também a atividade física intensa (por exemplo, correr uma maratona) pode favorecer o aparecimento de sangue na urina em caso de cálculos no trato urinário.
Os glóbulos brancos podem ser um sinal de uma infecção ou uma doença renal.

Cálculos. Alguns tipos de doença renal podem causar blocos de material (chamado de cálculo) em pequenos tubos dos rins. Os cálculos são então expelidos através da urina.
Os cálculos podem ser feitos de glóbulos vermelhos ou brancos, substâncias cerosas, gordurosas ou proteínas. O tipo de cálculos na urina pode ajudar a mostrar que tipo de doença renal está causando o problema.

Cristais. Freqüentemente as pessoas saudáveis, têm poucos cristais na urina. Um elevado número de cristais ou certos tipos de cristais podem indicar um problema com o metabolismo ou pedras nos rins.

Bactérias, células de levedura ou parasitas. Normalmente não existem bactérias, leveduras ou parasitas na urina. Se houver, pode significar que existe uma infecção.

Células escamosas. A presença de células escamosas pode indicar que a amostra não é tão pura como deve ser. Estas células não indicam uma doença, mas o médico pode pedir outra amostra de urina.

Como deve ser a análise ao microscópio?
Normal: Não é possível ver glóbulos vermelhos, brancos, hemoglobina ou pedras nos rins. Não deve haver nenhum bactéria, leveduras, parasitas ou células escamosas. Normalmente podemos observar alguns cristais.
Anormais: glóbulos vermelhos altos na urina pode ser devido a:

  • Danos aos rins ou bexiga
  • Pedras nos rins
  • Infecção do trato urinário
  • Inflamação dos rins (glomerulonefrite)
  • Câncer de bexiga ou rins
  • Lúpus eritematoso sistémico (LES).

A hemoglobina na urina pode ser causada por:

  • Glomerulonefrite
  • Tumor no rim
  • Hemoglobinúria paroxística noturna
  • Pielonefrite
  • Infarto renal
  • Anemia falciforme, por medicamentos ou hemolítica
  • CID (coagulação intravascular disseminada)
  • Síndrome hemolítico-urêmica
  • Queimaduras extensas
  • Tuberculose urinária.

Glóbulos brancos na urina pode ser causados por:

  • Infecção do trato urinário
  • Tumor na bexiga
  • Inflamação dos rins ou do sistema urinário
  • Lúpus eritematoso sistémico (LES)

Oxalato de cálcio na urina
Se a quantidade de oxalato de cálcio no sangue é muito alta, pode causar pedras nos rins.
Os valores de referência normais menores de 45 mg na urina de 24 horas.
Entre as causas existe a alimentação rica em alimentos que contêm oxalatos, ou doença inflamatória intestinal (colite ulcerativa ou doença de Crohn).

Urobilina e urobilinogênio
Normalmente, a urobilina é expulsa do corpo através do intestino, mas em caso de doença hepática ou obstrução dos ductos biliares se pode encontrar na urina.

Urina, formação,rins, trato urinárioUréia na urina
Na urina de 24h os valores normais são entre 12 e 20g.
As causas do aumento da ureia na urina são:

  • Uma alimentação com muitas proteínas
  • Um excesso de degradação de proteína no corpo, por exemplo, devido a um jejum.

O aumento da flora bacteriana na urina significa uma infecção no trato urinário. As células de levedura ou parasitas (como o parasita que provoca a tricomoníase) podem significar uma infecção urinária.
Neste caso o médico pode prescrever a cultura de urina para identificar o agente patogénico.
A presença de células escamosas pode indicar que a amostra não é pura como deve ser.
Estas células não indicam uma doença, mas o médico pode pedir outra amostra de urina.

Fumo
Os exames de urina podem mostrar traços de THC (tetrahidrocanabinol) que é um ingrediente ativo da cannabis.
Os fumantes ocasionais expulsam estas substâncias na urina até a 1 semana da última vez que fumaram, mas este período chega até 3-4 semanas se a pessoa fuma regularmente.

 


Exame de urina feito em casa

Você pode fazer um teste de urina usando um kit caseiro que é vendido em farmácias

As substâncias que podem verificar-se durante um exame de urina incluem:

Cetonas
Exame caseiro para infecções do trato urinário

Bilirrubina. Esta é uma substância formada pelo ruptura das células vermelhas do sangue. Sai do corpo através das fezes. Na urina não é encontrada a bilirrubina. Se é presente, muitas vezes significa que o fígado está danificado ou o fluxo de bile da vesícula está bloqueado.

Urobilinogênio. Esta é uma substância formada pela degradação da bilirrubina. Isto também é expulso do corpo através das fezes. Na urina é encontrada apenas uma pequena quantidade de urobilinogênio.
O urobilinogênio na urina pode ser um sinal de doença hepática (cirrose, hepatite) ou o fluxo da bile da vesícula está bloqueado.

Gravidez
Quando falamos de valores normais de urina durante a gravidez, a presença do hormônio GCH (gonadotrofina coriônica humana) é usado para confirmar se a mulher está grávida. Dado que o sistema urinário envolve o rim, muitos resultados anormais estão relacionados à doença renal. Outras doenças que podem ser identificadas a partir dos resultados do exame de urina são:

  • Infecção (bactérias e leveduras)
  • Diabetes gestacional (açúcar na urina)
  • Problemas no fígado (bilirrubina elevada)
  • Cálculos renais (presença de cristais)
  • Às vezes, a formação de um tumor no trato urinário