Artrose na mão

ÍNDICE


O que é a artrose na mão e nos dedos?

A artrose nas mãos é uma doença crônica e degenerativa que afeta as articulações. Pode afetar as articulações entre os metacarpos e falanges, entre as falanges ou entre o osso trapézio e 1º metacarpo, no último caso é definida rizoartrose.
A articulação é formada por todas as estruturas entre as extremidades de dois ossos que deslizam um sobre o outro.

mobilização da mão , os testes de movimento,articulação , trapeziometacarpal, ferimentos, ossos, deslizando, contratura muscular dor, machucado, sintomas, causas, limitação funcional, inflamação, idosos, estresse, flexão, perda, traumas, inchaço, edema, areia.

Mobilização da mão – © Massimo Defilippo

Existe uma substância macia e suave chamada cartilagem que está localizada entre os dois ossos e serve para reduzir o atrito e tornar mais fluido e indolor o movimento.
Dentro da articulação existe uma cápsula (membrana sinovial) que produz um líquido que nutre a cartilagem e serve como uma espécie de lubrificante que diminui o atrito durante o movimento.

Quando a camada da cartilagem se desgasta, ela afina e resseca, expondo o osso subcondral que está por baixo.
O osso se deforma e a membrana sinovial fica inflamada (sinovite).

A articulação entre o metacarpo e as falanges degenera especialmente em homens que trabalham por muitos anos com serviços manuais pesados (pedreiros, carpinteiros, etc.).
Nesta fase, a artrose é menos sintomática e não é deformante. A artrose da articulação interfalangeana é antiestética e dolorosa, os dedos ficam desviados para fora e com nódulos fibrosos; neste caso as mulheres são mais afetadas.

A artrose entre o osso trapézio e o primeiro metacarpo ocorre principalmente em mulheres com mais de 50 anos e geralmente é bilateral, mas uma mão doí mais do que a outra.

Se a degeneração ocorre a este nível, pode tornar-se muito dolorosa durante a noite e pode causar uma limitação funcional grave.

 

Quais são as causas da artrose nas mãos e nos dedos?

Artrose-na-mãoA artrose é uma doença primária, ou seja, não existe uma causa específica, mas muitos fatores podem contribuir para a degeneração articular.
A artrose nasce de maneira sutil e evolui muito lentamente. Podemos perceber que realmente sofremos de artrose quando essa já está em um estado avançado, quando os sinais e sintomas já são relativamente graves.
A artrose ocorre principalmente em idosos, podemos definir como o envelhecimento da articulação, e acomete principalmente as mulheres depois da menopausa.

 

Os fatores que afetam a degeneração articular são:

  • O tipo de trabalho: pedreiros que utilizam o martelo pneumático solicitam as articulações muito mais do que os outros;
  • As senhoras que se dedicam principalmente ao trabalho doméstico estão entre as mais afetadas;
  • Existe um forte componente hereditário, os filhos de pais com artrose facilmente desenvolvem a mesma doença;
  • Os  grandes traumas e fraturas são tratados com imobilização causando uma menor circulação do sangue e portanto menos nutrição para a cartilagem que se desgasta e se afina.

Como ocorre ? Os sintomas da artrose na mão

rizoartrose , Radiografia, mão, costas, metacarpos, primeiro, cartilagem articular, dor, inflamação, cuidados , fisioterapia, reabilitação

radiografia da mão posicão dorsal – © Massimo Defilippo

Os sintomas da artrose são dor, rigidez, mobilidade reduzida, em certas fases a articulação pode inchar.
O problema mais importante é a dor, especialmente na primeira meia hora depois de acordar ou depois de um repouso de pelo menos uma hora.
Quando a articulação começa a se mover a dor é quase inexistente, mas se sente depois de alguns esforços ou depois de longos períodos de trabalho.
Em estados mais avançados, o formigamento ocorre mesmo durante o repouso.
Os sintomas pioram com a umidade ou com a mudança do tempo.
Os sinais visíveis são as mãos e os dedos inchados por causa da inflamação e os nódulos que são chamados de Heberden, se estiverem no primeiro osso metacarpal (falanges distais), enquanto ao nível das falanges proximais são chamados nódulos de Bouchard.
Com o avanço da artrose, as articulações tendem a endurecer e os movimentos tornam-se limitados.
A mão fica deformada porque as falanges distais são desviadas lateralmente.
Em caso de rizoartrose, a dor pode tornar-se muito intensa, o que torna impossível qualquer movimento leve do polegar.
A artrose entre o osso trapézio e o metacarpo pode determinar uma exostose, porque o primeiro metacarpal da mão torna-se semelhante a um quadrado.

 

Rizoartrose, radiografia lateral

© Massimo Defilippo

Como é feito o diagnóstico de artrose da mão?

O médico avalia a condição do paciente, procura deformidades ou nódulos Heberden na mão e tenta mover os dedos tentando ouvir eventuais estalos articulares.
Se o paciente está com mais de 50 anos, o médico tem uma suspeita de artrose na mão e pode prescrever uma radiografia para confirmar a doença, mas se não hà dúvidas aconselha diretamente um tratamento.
A radiografia é o exame intrumental mais adequado para ver se a articulação é degenerada porque mostra bem a condição do osso, estreitamento do espaço articular, osteófitos e uma possível deformidade.
As pessoas mais velhas com artrose interfalângica e desvio lateral da falange distal não sentem sintomas ou dor mas apenas uma imperfeição.
O diagnóstico diferencial é feito com artrite reumatóide já que ambos causam dor e nódulos, a tendinite e a tenossinovite também podem provocar os mesmos sintomas em particular a síndrome de De Quervain pode assemelhar a um artrose.


O que fazer ? Quais são os tratamentos para a artrose da mão e dos dedos?

O tratamento para a artrose da mão e dedos é projetado para aliviar a dor e recuperar a função. Curtos períodos de descanso podem ajudar se a artrose é exacerbada. O paciente também pode ser aconselhado a aplicar uma órtese para punho no dedo durante a noite e  fazer  algumas atividades diárias.
O terapeuta ocupacional ou fisioterapeuta pode ajudar a identificar as atividades que pioram os sintomas e sugerir métodos alternativos ou posturas.
Esta solução é chamada repouso articular e é usado para resolver ou prevenir a artrose.
Os terapeutas podem ensinar a usar alguns instrumentos especiais para ajudar as pessoas com artrose das mãos durante a execução de atividades diárias.
Esses objetos são chamados de “órtese”.

 

Rémedios ou tratamentos naturais para a artrose da mão e dos dedos

Uma órtese pode ser útil quando as talas rígidas são muito apertadas e desconfortável, especialmente se a artrose ocorre na articulação da base do polegar (rizoartrose).
A aplicação de calor sob a forma de banhos ou cera, argila ou parafina é utilizada para reduzir a inflamação e o inchaço, em particular dos dedos.

A fisioterapia pode eliminar a inflamação, especialmente a terapia magnética, mas existem novos estudos sobre ondas de choque que precisam ser confirmadas.
Alguns pacientes têm um benefício temporário da crioterapia, ou seja, o gelo, mas é preferível aplicar calor para promover a circulação do sangue.

Entre os tratamentos úteis para artrite, recomendamos a lama negra de Peruíbe que têm um efeito anti-inflamatório natural.
É importante manter o movimento dos dedos e efetuar exercícios de ginástica leves.

A acupuntura não é adequada para este tipo de problema de saúde.

A alimentação é importante para impedir a inflamação, uma dieta saudável sem doces, laticínios e proteínas animais é fundamental para o bom funcionamento do corpo.
Essa é a única prevenção possível para a artrite nas mãos.

Tratamento farmacológico

O  médico pode prescrever anti-inflamatórios (AINEs) ou cortisona.

Para resolver a inflamação podem ser aplicadas injeções de cortisona, em particular para a artrose entre o metacarpo e o trapézio (na base do polegar).
Uma injeção de cortisona pode proporcionar alívio dos sintomas, mas não cura a artrose.
A cirurgia não é recomendada, a menos que os tratamentos conservadores não permitam a realização das atividades da vida diária.

osteoartrite,nos,dedos,Heberden,nódulos,bouchard

Que tipo de resultados dá o tratamento?

Muitas pessoas com sintomas leves melhoram com a ingestão de anti-inflamatórios por um período limitado e evitando atividades dolorosas.
Uma infiltração de cortisona na área dolorosa ajuda a maioria das pessoas, pelo menos temporariamente. Normalmente o alívio dura cerca de dois meses.

Os  tratamentos naturais não têm os efeitos colaterais da cortisona e podem resolver a dor em casos não graves.

 

O que pode acontecer se não for feito qualquer tratamento?

Depende da intensidade do desconforto, é uma questão de qualidade de vida, não de sobrevivência.
A artrose da mão não pode se espalhar para outras partes do corpo.
Existem muitos casos em que a dor desaparece depois de alguns anos, quando a artrose e a irritação nesta articulação melhoram.

A principal razão para se submeter a uma cirurgia é aliviar a dor, evitar a fraqueza progressiva e as deformidades que podem ocorrer.
Algumas pessoas têm um incômodo leve, a articulação fica inflamada de vez em quando e decidem usar remédios caseiros ou esperar.
Outros pacientes sofrem de um grave distúrbio que impede muitos movimentos da mão e eles sentem que não têm outra escolha a não ser a cirurgia.


Cirurgia para a artrose da mão

A cirurgia é indicada quando o paciente tem incapacidade da mão ou se sente muita dor.
O objetivo é de recuperar a funcionalidade o mais rápido possível e eliminar a dor ou reduzi-la a um nível tolerável.
Uma opção cirúrgica é a fusão da articulação em que a superfície articular é removida e os ossos se juntam.
Os ossos já não podem se mover porque a articulação é bloqueada.
A fusão articular pode ser usada para aliviar a dor e corrigir a deformidade que interfere com o movimento.
Outra abordagem é a reconstrução cirúrgica da articulação na qual a superfície articular degenerada é removida de modo a eliminar o contato direto dos ossos entre eles, o que causa a dor e limita o movimento.

Depois de remover a parte da articulação degenerada, pode-se substituir com um tecido macio como um tendão ou uma prótese articular.
O tipo de cirurgia escolhida depende da articulação interessada, das atividades e das necessidades do paciente.
O cirurgião da mão pode ajudar a decidir qual é o tipo de intervenção mais adequada.
Se a cirurgia for necessária, a reabilitação após a cirurgia é muito importante.
É necessário preparar uma órtese personalizada para ser aplicada na mão operada.

Leia também

Deixe uma resposta