Problemas de circulação nas pernas ou nas mãos | Causas e remédios

Os problemas de circulação nas pernas e braços podem ser leves ou graves.

ÍNDICE

 

O sangue deve circular por todo o corpo para:

  • Levar oxigênio e nutrientes para as células,
  • Remover os resíduos (lixo) e o dióxido de carbono dos tecidos.

Uma grande rede de artérias transporta o sangue para as células e, depois, o sangue retorna ao coração através das veias.
O coração bombeia sangue nas artérias com alta pressão.
No entanto, quando ele chega às veias, a pressão é baixa porque o atrito reduziu a velocidade de deslizamento ao longo do caminho.
Nas veias há um sistema de válvulas que permite o fluxo de sangue em direção ao coração e impede a descida dele para os pés.

O funcionamento do sistema circulatório depende da bomba muscular ao nível da panturrilha:

  • Quando o músculo se contrai, espreme as veias e empurra o sangue para o coração,
  • Durante o relaxamento, as válvulas na parte inferior das veias abrem-se e o sangue é sugado para cima.

Durante a caminhada, a panturrilha contrai-se e relaxa-se a cada passo.
Isso permite a circulação venosa.

 

Causas dos problemas de circulação

Síndrome de Raynaud
É uma doença que provoca o estreitamento das pequenas artérias do corpo, especialmente nos dedos das mãos e dos pés.

Doenças cardíacas
O coração deve bombear o sangue para todo o corpo.

A arritmia é uma doença cardíaca que causa um batimento cardíaco irregular que pode ser:

  • Muito rápido,
  • Muito lento.

Se as contrações dos ventrículos cardíacos forem muito rápidas e não regulares, a quantidade de sangue bombeada é reduzida. Isso ocorre porque o ventrículo bate antes do preenchimento.

Em caso de frequência cardíaca lenta, o coração não consegue bombear sangue suficiente para levar oxigênio e nutrientes para os órgãos.
Nessas situações pode ocorrer uma má circulação.

Um ataque cardíaco é a morte de parte do tecido muscular do coração causada pela falta de fluxo sanguíneo nessa área.
Neste caso, o coração consegue bombear uma quantidade insuficiente de sangue para o resto do corpo.
A consequência é uma má circulação.

Insuficiência cardíaca
Esta é uma situação em que o coração não bombeia sangue suficiente para satisfazer as necessidades do corpo.
A consequência é a circulação sanguínea ruim e o inchaço de tornozelos e pernas.

A doença de Buerger
É uma doença rara mas grave em que ocorrem inflamação e inchaço nos vasos sanguíneos.
Essa inflamação provoca a formação de trombos (coágulos) e bloqueio da circulação nas extremidades do corpo (mãos e pés).

Perturbações nervosas
A neuropatia diabética é uma desordem nervosa associada à diabetes mellitus.
Quando os níveis de açúcar no sangue são elevados, os nervos podem sofrer danos.
O diabetes não tratado pode causar:

  • Danos nos nervos,
  • Formigamento,
  • Dormência nas mãos e nos pés.

Medicamentos
A má circulação pode ser um efeito colateral causado por certos medicamentos, por exemplo os betabloqueadores para as doenças cardíacas e pressão arterial alta.

Acrocianose
Esta doença afeta as mãos, pés e rosto.
Na acrocianose, a pele das áreas afetadas torna-se azulada e também pode se tornar fria e suada.

Hipotireoidismo
Esta doença causa uma diminuição na produção de hormônios da tireoide.
O hipotireoidismo não tratado pode causar bradicardia, ou seja, a redução da frequência cardíaca.
O resultado é uma redução da circulação sanguínea, especialmente nas mãos e nos pés.

Má alimentação
Uma dieta adequada é essencial para o corpo.
A ingestão excessiva de alimentos pode causar obesidade que é um fator de risco de hipertensão, doenças cardíacas, diabetes, etc.

Ansiedade, estresse e depressão
A reação do corpo à ansiedade consiste em bombear mais sangue para os órgãos principais e reduzir a circulação para as extremidades.
É por isso que o estresse provoca mãos e pés frios.

Frieiras
As pessoas com má circulação podem notar que os vasos sanguíneos da pele encolhem no inverno.
Os sintomas incluem: inchaço, bolhas, palidez ou cianose e úlceras nos dedos dos pés.

Entre os fatores de risco estão:

  • Fumo,
  • Álcool,
  • Cafeína,
  • Sedentarismo,
  • Gravidez,
  • Doenças renais ou pulmonares,
  • Roupas apertadas.

 

Má circulação nos pés

Uma das causas mais comuns de má circulação nos pés é a doença arterial periférica.
Esta doença é caracterizada por uma obstrução ou estreitamento das artérias grandes que estão longe do coração e do cérebro.
Isso ocorre com maior frequência nas extremidades, especialmente nos pés e nas pernas.artérias,pernas,tornozelo,circulação
As causas da doença vascular periférica são:

  • Aterosclerose (formação de placas que reduzem o diâmetro interno da artéria),
  • Problemas cardíacos,
  • Hipotireoidismo,
  • Distúrbios renais ou hepáticos,
  • Varizes,
  • Obesidade e sedentarismo,
  • Diabetes,
  • Hipertensão arterial,
  • Colesterol alto.

 

Doenças que causam problemas de circulação sanguínea nas pernas

A doença de Buerger
A doença de Buerger ou tromboangeíte obliterante é uma vasculite que provoca inflamação das artérias e veias nos braços ou nas pernas.

Trombose venosa profunda
A trombose venosa profunda (TVP) é caracterizada pela formação de um coágulo de sangue em uma veia que se encontra profundamente dentro dos músculos.
O trombo geralmente se desenvolve

  • Na panturrilha,
  • Na coxa.

Esta condição pode causar dor e inchaço na perna afetada e entre as possíveis consequências está a embolia pulmonar.

Tromboflebite
O termo flebite indica a inflamação de uma veia.
A tromboflebite ocorre quando a inflamação é causada por um coágulo de sangue.

Veias varicosas
O termo ‘veia varicosa‘ significa que a veia está dilatada e pode ser vista sob a pele.
Elas são observadas principalmente nos membros inferiores.
As veias varicosas podem ser assintomática ou causar dor e inchaço na perna direita, esquerda ou ambas.

 


Problemas de circulação nos braços

As causas da má circulação no braço são:

  • Má circulação do sangue nos braços, que pode ser um sintoma de doença renal, pulmonar ou doença vascular periférica.
  • Nas pessoas idosas, os vasos sanguíneos tornam-se mais duros e mais rígidos (arteriosclerose). Isso impede um fluxo adequado de sangue no corpo.
  • Doenças como diabetes, colesterol alto, hipertensão e doenças cardíacas.
  • Síndrome de Raynaud.
  • Falta de vitaminas e minerais.
  • O linfedema pós-operatório de mastectomia (câncer de mama) pode causar graves problemas de circulação venosa e linfática em um braço (esquerdo ou direito).
  • A obesidade pode causar má circulação nas pernas e braços pela compressão do peso sobre as veias e artérias.

 

Problemas de circulação nas mãos

Causas da má circulação nas mãos
A principal causa da má circulação nas mãos ou em qualquer outra parte do corpo é o acúmulo de placas ateroscleróticas nos vasos sanguíneos.
Outras causas:

  • Diabetes,
  • Colesterol alto,
  • Fumo,
  • Hipertensão,
  • Sedentarismo.

 

Circulação, sangueSintomas de má circulação

Os sintomas da má circulação do sangue não ocorrem de repente, mas desenvolvem-se durante um longo período de tempo.

Mãos e pés frios
Os problemas na circulação sanguínea podem causar mãos e pés frios porque o sangue que flui através das artérias e das veias eleva a temperatura.

Inchaço dos pés
A má circulação do sangue nos rins interfere com a função renal e provoca inchaço nas extremidades.
A formação de placas ateroscleróticas nas veias renais pode causar pés e tornozelos inchados.

Quando o indivíduo permanece em pé ou sentado por muitas horas, acontece a acumulação de líquido nas pernas.

Antes do ciclo menstrual ou na menopausa, os hormônios podem causar retenção de líquidos nas pernas.

Fadiga
A constante sensação de fadiga pode ser causada pelo menor suprimento de oxigênio e nutrientes.
Nos casos mais graves, o indivíduo pode ter falta de ar durante uma atividade física simples.

Cianose
A cianose significa que a coloração da pele torna-se azulada devido à falta de oxigênio na corrente sanguínea.
Entre as várias causas, a cianose pode indicar uma doença cardíaca congênita em crianças.

As mulheres com distúrbios da circulação notam facilmente a formação de equimoses.

Cura lenta das infecções
Uma má circulação sanguínea no corpo pode retardar a cura de infecções e lesões cutâneas.

Prisão de ventre
Quando existe uma má circulação de sangue, todos os sistemas do corpo tornam-se mais lentos, incluindo o sistema digestivo.
Um aparelho digestivo lento é incapaz de digerir os alimentos corretamente, causando a diminuição dos movimentos do intestino.
A consequência é a prisão de ventre.

Falta de apetite
A má circulação sanguínea no fígado pode causar perda de apetite e peso.

Pressão arterial alta
Com o estreitamento das artérias devido a depósitos de gordura, o espaço para o fluxo de sangue fica reduzido.
A consequência é a necessidade de uma maior pressão arterial para bombear a mesma quantidade de sangue.

Dores nas extremidades
A dor nas mãos e nos pés ocorre permanecendo na mesma posição por um longo tempo (sentado ou em pé).
Estas partes do corpo podem ter uma sensação de dormência e formigamento.

Veias varicosas
A má circulação pode causar varizes e veias varicosas.
A dor e coceira nas pernas são alguns dos sintomas causados pelas varizes.
Embora as varizes possam ocorrer em qualquer parte do corpo, geralmente são observadas nas pernas.

 

Dor de cabeça, tontura e perda de memória
A má circulação cerebral provoca dores de cabeça e tontura. A falta de um fluxo suficiente de oxigênio pode resultar em perda de memória e falta de concentração.
Em alguns casos, a aterosclerose pode causar zumbido nos ouvidos.

Unhas quebradiças, queda de cabelo e pele seca
O sangue serve para transportar o oxigênio e outros nutrientes para todo o corpo.
A má circulação provoca um suprimento de oxigênio reduzido para a pele, cabelo e unhas.
Por esta razão:

  • As unhas tornam-se frágeis,
  • O cabelo cai,
  • A pele torna-se seca.

 

Problemas de circulação

Sintomas de má circulação durante a gravidez

A gravidez provoca várias alterações no corpo.
As mulheres grávidas têm problemas com má circulação porque o feto pressiona sobre os vasos sanguíneos.

Inchaço dos pés e tornozelos
A retenção de líquido, celulite e pés inchados são sintomas de má circulação durante a gravidez.

Tontura
A maioria das mulheres têm tontura durante o primeiro trimestre da gravidez, especialmente quando se levantam rapidamente.
Durante a gravidez, ocorre uma redução da pressão arterial e o resultado é um menor fluxo de sangue para o cérebro.

Espasmos musculares
Durante a gravidez, muitas mulheres levantam-se durante a noite por causa da dor nas pernas provocada pelas cãibras musculares que são provocadas pela má circulação sanguínea.

 


O que fazer? Remédios naturais para má circulação

Em caso de má circulação é necessário procurar um angiologista que é um médico especialista em vasos sanguíneos.

Parar de fumar
O fumo é muito prejudicial para o corpo, portanto é recomendável parar de fumar.

Fazer uma massagem regularmente
Quem não sabe massagear pode simplesmente esfregar um pouco de óleo essencial de alecrim, hortelã ou limão nas pernas.

Água e sal
À noite é possível colocar os pés em uma bacia com água e sal, que ajuda a reduzir o inchaço.

Exercícios
O exercício físico é a coisa mais importante para manter as artérias livres e melhorar o problema de pernas inchadas.
Existem duas possibilidades: uma caminhada ou exercícios na academia.

Caminhada
Geralmente, o médico recomenda caminhar 4 vezes por semana durante pelo menos 30 minutos.
No entanto, para a maioria das pessoas sedentárias isso não é suficiente.
Para obter bons resultados, é aconselhável caminhar ou fazer atividade física com as pernas (ciclismo ou corrida) pelo menos 2 vezes ao dia durante 30 minutos.

Academia
Os melhores exercícios são aqueles que mantêm os pés mais elevados do que o coração ou ao nível dos quadris.
Por exemplo, na minha clínica de fisioterapia conseguimos excelentes resultados com a bicicleta ergométrica horizontal e a Leg press com um mês de tratamento.
As mulheres que participaram do estudo:

  • Estavam na menopausa,
  • Tinham uma idade de cerca de 50 anos, sem problemas de coração.

O programa inclui 30 minutos diários, divididos em:

  • 15 minutos de bicicleta ergométrica horizontal,
  • 15 minutos de exercício de Leg press com alguns quilos (10 ou 20).

 

Alimentação e dieta para resolver os problemas de circulação

É muito importante seguir uma dieta saudável sem carne de porco, cereais (arroz, massa, pão, milho, etc.) e produtos lácteos, que incentivam a formação de placas ateroscleróticas nas artérias.

Alho e cebola
O alho e a cebola dificultam o acúmulo de placas nas paredes das artérias e reduzem os níveis de colesterol no organismo.

Chocolate amargo
O chocolate amargo contém flavonoides que melhoram a circulação, reduzem os níveis de colesterol e a pressão arterial.
No entanto, é um estimulante e pode ter outros efeitos negativos sobre o corpo, por isso é melhor comer vegetais.

Frutas cítricas
As frutas cítricas são ricas em vitamina C (antioxidante) e atuam como anticoagulantes naturais.
É recomendável inserir na alimentação:
1. Laranja,
2. Tangerina,
3. Toranja,
4. Limão.

Pimenta
A pimenta contém capsaicina que estimula o fluxo sanguíneo.

Azeite de oliva
O azeite é rico em vitamina A, E, D, K e compostos fenólicos antioxidantes. Reduz os níveis de colesterol, aumenta o apetite e promove a digestão.

Nozes e sementes
Estes alimentos são ricos em vitamina B3, niacina e ácidos graxos ômega 3.
Ajudam o fluxo de sangue porque são vasodilatadores naturais.