Ardência íntima – causas e rémedios

A ardência íntima e a coceira vaginal são distúrbios desagradáveis que afetam grande parte da população feminina em todo o mundo.

 

ÍNDICE

É importante determinar a causa específica da ardência porque um tratamento só será bem-sucedido eliminando a fonte do problema.

Entre as causas da ardência vaginal estão:

A ardência íntima não é um sintoma de gravidez.

 

Causas gerais de ardência vaginal

1. Doenças sexualmente transmissíveis, por exemplo:

Podem causar irritação, coceira vaginal e outros sintomas.
Para a micose vaginal o médico pode prescrever Gyno-Icaden (nitrato de isoconazol)

2. Candidíase vaginal: é uma infecção por fungos.

3. Gravidez, relações sexuais, antibióticos e um sistema imunitário enfraquecido podem predispor as mulheres à infecção vaginal por cândida.

4. Menopausa. A queda na produção de estrogênios que ocorre durante a menopausa pode causar um afinamento e uma secura vaginal. Isso pode causar coceira e irritação.
O afinamento das paredes vaginais também é um problema para algumas mulheres que amamentam.

5. Substâncias irritantes. Alguns produtos químicos podem irritar a vulva e a vagina, tais como:

  • Cremes,
  • Camisinhas,
  • Espumas anticoncepcionais,
  • Detergentes,
  • Sabonetes,
  • Papel higiênico,
  • Amaciantes.


6. Líquen escleroso. É uma doença rara que provoca a formação de manchas brancas na pele, especialmente ao redor da vulva.
As manchas podem deixar cicatrizes permanentes na região vaginal.
As mulheres após a menopausa têm uma chance maior de desenvolver esta doença.

7. Cistite e cistite intersticial. A cistite intersticial é uma inflamação crônica da bexiga que provoca:

  • Dor pélvica,
  • Micção frequente,
  • Urgência de urinar.

Entre os sintomas da cistite estão:

  • Ardência vaginal,
  • Dor durante a relação sexual.

O tratamento para cistite inclui antibióticos, por exemplo o Monuril granulado.

medicamentos,ardência vaginal,íntimo,coceira,escorrimento
Ardência íntima – causas e remédios

8. Cesariana. Após o parto cesariana pode permanecer uma ardência íntima (na área da cicatriz) por vários meses.
É necessário massagear a cicatriz e é possível aplicar cremes ou géis recomendados pelo ginecologista.

Vaginite não infecciosa
Os médicos do centro médico da Universidade de Maryland definem a vaginite não infecciosa como um tipo de irritação vaginal que não é causada por uma infecção bacteriana ou viral.
Muitas causas de vaginite não infecciosa são devido à irritação por:

  • Medicamentos,
  • Produtos químicos como sabões,
  • Outros produtos para higiene pessoal.

A vaginite atrófica é causada por uma diminuição de hormônios que acompanha:

  • A remoção dos ovários,
  • A menopausa,
  • A radioterapia.

Ambas as formas de vaginite não infecciosa podem causar coceira vaginal e outros sintomas.


Ardência íntima nas meninas

Uma menina pode ter uma sensação de ardor vaginal.
A vaginite bacteriana é muito comum em meninas entre dois a quatro anos.
Ocorre quando as bactérias se movem da pele para dentro da vagina causam:

A higiene adequada pode prevenir a vaginose bacteriana.
É importante para as mães ensinar a menina como lavar-se corretamente.

A coceira vaginal é extremamente comum nas adolescentes.
Uma menina com vulvovaginite coça a área vaginal ou reclama de dor ou queimação ao urinar.
Antes da puberdade, a pele ao redor da área vaginal pode ser muito sensível e pode tornar-se vermelha e inflamada devido a várias substâncias irritantes.
Um dos produtos mais frequentes é o sabonete ou xampu.
Muitas crianças pequenas fazem banhos com bolhas e os pais se esquecem de enxaguá-las corretamente depois de elas terem ficado sentadas na espuma de sabão e terem brincado com ela.

 

Higiene
Outra razão comum é a falta de higiene. Os pais devem ensinar a criança a se limpar depois de urinar, mas às vezes se esquecem de fazê-lo por ficarem animados com o sucesso obtido quando a criança se senta no penico.
Por outro lado, a fricção excessiva para se limpar depois de urinar também pode causar irritação e coceira.

Parasitas intestinais
Raramente, a sensação de queimação vaginal pode ser associada a alguns parasitas intestinais (oxiúros), que parecem pequenos pedaços de fio e têm um comprimento cerca de um centímetro.
Geralmente, estes parasitas causam coceira ao redor do ânus, mas também podem ocorrer na vulva e na vagina.
Os oxiúros tendem a causar sintomas durante a noite quando eles migram para a região anal.
Se forem reconhecidos, são facilmente diagnosticados através do exame de fezes e são tratáveis sem dificuldade.

Infecções


  • Quando as meninas se aproximam da idade de oito ou nove anos, a coceira vaginal pode ser causada por infecções vaginais por fungo, por exemplo, a cândida.
    O fungo faz parte da flora natural da mucosa vaginal, mas quando prolifera em excesso pode provocar inflamação, causando ardência, vermelhidão, irritação e pode produzir perdas brancas abundantes.
    Até mesmo um pequeno pedaço de papel higiênico no pequeno orifício vaginal pode causar uma infecção e uma leve ardência na vagina.
  • Uma assadura em recém-nascidos e bebês pode aparecer não só na região anal e nádegas, mas também na área vaginal e também pode ser atribuída a um crescimento excessivo da levedura.

A maioria desses problemas é facilmente tratada por um médico ou pediatra.

As infecções do trato urinário são um problema recorrente para mulheres ao longo da vida.
O motivo pelo qual as mulheres têm mais infecções do trato urinário é porque o tubo que liga a bexiga com o exterior, chamado uretra, é muito curto. Isso significa que a bactéria pode se espalhar para a bexiga com bastante facilidade.
Os homens não têm esse problema porque sua uretra é mais longa.

As meninas (e meninos mais raramente) também podem desenvolver um refluxo de bexiga, em que o fluxo de urina se acumula nos tubos chamados ureteres, em vez de fluir normalmente dos rins para a bexiga através dos ureteres.
Esta doença é frequentemente diagnosticada em crianças que tiveram uma infecção urinária.
A infecção pode causar uma obstrução do sistema urinário que causa um inchaço do ureter.

estenose,uretral,obstrução,hydronephrosis


Qual é o tratamento para coceira, queimação e irritação da vagina?

A irritação vaginal muitas vezes passa por si só. Mas se continuar, for grave ou retornar após o tratamento, é necessário consultar um médico.
O médico examina e recolhe uma amostra da secreção vaginal para encontrar a causa do problema.
A ardência vaginal é tratada de diferentes maneiras, dependendo da causa da doença.
Por exemplo:

  • As doenças sexualmente transmissíveis são muitas vezes tratadas com antibióticos.
  • A cândida vaginal é tratada com medicamentos antifúngicos e com a mudança na alimentação. Pode ser aplicado um creme com Clotrimazol (por exemplo, Gino-Canesten) que serve em caso de:
      • coceira,
      • inchaço
      • queimação da mucosa vaginal.

    Quem sofre desta doença deve comer mais iogurte e deve evitar doces.
    Para a candidíase vaginal é possível efetuar lavandas, mas apenas com água e bicarbonato de sódio ou óleo da árvore do chá porque a utilização de sabão dentro da vagina pode agravar os sintomas.
    Existem outros fatores que podem causar a ardência íntima por cândida, por exemplo, estresse e ansiedade.
    Os sintomas pioram antes da menstruação e quando a paciente lava a área vulvar com um detergente pouco delicado.

    • A coceira associada à menopausa pode ser tratada com cremes de estrogênio ou comprimidos.
    • Outros tipos de coceira e irritação respondem a cremes esteroides ou loções que reduzem a inflamação.
    • Um creme esteroide de prescrição pode aliviar a irritação por líquen escleroso.

 

Remédios naturais para a ardência íntima

Os seguintes remédios servem para aliviar a sensação da ardência íntima após a relação sexual.
Há algumas opções eficazes para ajudar a aliviar a sensação de queimação depois da relação sexual. Alguns exemplos estão indicados abaixo:

  • Tomar um banho: após a relação sexual recomenda-se um banho com um chuveiro removível, lavando a vagina com água fria ou quente.
    Se achar que a sensação de queimação seja causada por alergia ao esperma, sucessivamente é possível tomar um banho muito quente e lavar cuidadosamente a vagina. Após a limpeza da vagina, enxugue cuidadosamente a área com um pano macio.
  • Esfriar: depois de ter limpado a área completamente, deite-se sobre uma superfície confortável e exponha a vagina ao ar frio. Se a ardência for forte, poderá colocar um saco de gelo na vagina por um curto período de tempo ou aplicar um creme à base de lidocaína (por exemplo o Vagisil).
  • Gel calmante: com os dedos secos e limpos, é possível aplicar aloe vera (um produto calmante natural) nas regiões externas da vagina.
  • Bicarbonato de sódio: algumas mulheres observaram que a aplicação de uma mistura de bicarbonato de sódio na vulva reduz a ardência.
    É necessário misturar 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio com uma xícara de água fria e aplicá-la na vulva com um pano.
    Evite usar roupas íntimas coloridas e aplicar um absorvente interno porque pode irritar a vagina.
  • Lavagens vaginais – para aliviar a dor aconselha-se lavar a área com água fresca, mas em caso de vulvodínia é melhor água quente.
  • Use roupas íntimas confortáveis e de algodão, evite roupas apertadas porque a pele e a vagina devem respirar.
    A tanga (fio dental) não é recomendada, pois pode irritar a vagina.
  • Hidratação e alimentação – para evitar a queimação íntima, uma dieta com alimentos naturais é fundamental.
    Os alimentos processados, frituras e doces favorecem o desenvolvimento de infecções e inflamações.
    Se a urina for amarela, pode aumentar a sensação de queimação ao urinar; neste caso, recomenda-se beber mais e comer mais frutas e vegetais (porque eles contêm muitos líquidos).
  • A atividade física ao ar livre é importante também no inverno. Muitas pessoas acreditam que os medicamentos sejam suficientes para ter uma boa saúde; na verdade, uma pessoa que deseja ter uma vida saudável deve comer muitas frutas e vegetais e permitir a eliminação das toxinas através da pele, da evacuação intestinal e da respiração profunda.
    O esporte provoca:

    • Uma circulação de sangue mais rápida, permitindo que muito sangue chegue ao nível da pele,
    • A sudoração que expele as substâncias residuais da digestão,
    • A respiração profunda que permite expelir as toxinas e relaxar.

A ardência vaginal não deve ser um resultado esperado e temido das relações sexuais. Não devemos arruinar a vida sexual e evitar relações íntimas com o parceiro.

 

É necessário mudar o sabão para ardência íntima?

A coceira e irritação podem ser causadas por produtos químicos contidos:

  • No sabão,
  • Nos detergentes para roupa,
  • No papel higiênico.

É necessário experimentar um produto com uma composição delicada e sem fragrância. Observando a irritação causada pelo uso de um novo produto, é possível tentar evitar outros produtos com uma composição semelhante.