Ardência nos olhos

ÍNDICE

 

A ardência nos olhos é descrita como uma sensação de ardor e irritação que pode ser acompanhada de coceira e lacrimejamento.
O olho é propenso a alergias e irritações porque é uma superfície úmida, constantemente em contato com o ar e substâncias poluentes.

 

Causas de ardência nos olhos

Causas ambientais

A ardência nos olhos pode ser causada por fatores ambientais, incluindo:

  • Ar seco
  • Luz solar direta
  • Vento
  • Ar condicionado
  • Aquecimento

Substâncias irritantes

  • Poeira
  • Mofo
  • Pelos de animais
  • Pólen, especialmente quando há vento
  • Poluição atmosférica
  • Tabaco ou fumo de cigarro
  • Pó industrial ou outro pó.

Estilo de vida
A ardência nos olhos também pode ser causada por:

  • Uso prolongado de lentes de contato
  • Olhar para o monitor de um PC ou tablet
  • Falta de sono, especialmente no verão porque há mais horas de luz e muitas vezes a pessoa vai para a cama mais tarde
  • Choro excessivo
  • Leitura por longos períodos
  • Exposição à luz artificial brilhante ou ofuscamentos
  • Esforços para olhar no escuro com uma luz muito fraca.

 

Substâncias químicas que causam ardência nos olhos
A ardência nos olhos pode ser causada pelo acúmulo de substâncias químicas, incluindo:

  • Solventes para limpeza doméstica;
  • Maquiagem: é sempre necessário tirá-la antes de ir dormir;
  • Cremes hidratantes;
  • Xampu;
  • Sabonete;
  • Substâncias irritantes contidas na cebola;
  • Água do mar quando a pessoa nada por muito tempo;
  • Pimenta, quando a pessoa toca os olhos com os dedos sujos de pimenta: é necessário lavá-los com leite para neutralizar a ardência;
  • Cloro de piscina.


Doenças que causam ardência nos olhos
Os olhos ardentes podem ser causados por infecções e processos inflamatórios, incluindo:

Existem defeitos dos olhos e das pálpebras que causam ardor nos olhos, entre os quais:

 

 

Fatores que desencadeiam as reações alérgicas nos olhos

Os alérgenos podem estar presentes em ambientes fechados ou ao ar livre e são substâncias que podem causar uma reação alérgica nos olhos.
Os alérgenos mais comuns presentes no ar livre vêm de grama, árvores e pólen.
As pessoas que são sensíveis a estes alérgenos sofrem de conjuntivite alérgica sazonal, o tipo mais comum de alergia nos olhos.



Aviso: os cereais que comemos fazem parte da família das gramíneas.
Quando comem cereais (arroz, trigo, aveia, centeio, milho, cevada, etc.), as pessoas alérgicas podem ter uma reação.
Os pelos de animais de estimação, ácaros e fungos são os alérgenos mais comuns em ambientes fechados.

Estas substâncias encontradas no interior de edifícios podem desencadear os sintomas durante todo o ano, causando uma conjuntivite alérgica perene.

O escapamento de motores diesel, a fumaça de cigarro e perfumes podem inflamar os olhos.
Estas substâncias atuam como agentes irritantes que causam sintomas não alérgicos ou podem piorar a resposta alérgica.

Causas de alergia nos olhos
Como a febre do feno e as erupções cutâneas, as alergias nos olhos desenvolvem-se quando o sistema imunológico torna-se hipersensível e tem uma reação exagerada contra algo que é inofensivo.
Uma reação alérgica pode ocorrer quando um alérgeno entra em contato com os olhos.
O alérgeno provoca a liberação de histamina e outras substâncias ou produtos químicos nos olhos por células brancas do sangue chamadas mastócitos.
A consequência é que os vasos sanguíneos nos olhos incham-se e os olhos tornam-se vermelhos, provocando coceira e lacrimejamento excessivo.

 

Alergias no olho podem danificar a visão?

As alergias nos olhos, em particular conjuntivite alérgica, podem ser extremamente irritantes e podem interferir com as atividades diárias, mas geralmente não causam danos aos olhos.
A aplicação de colírios, cremes e cosméticos pode causar reações alérgicas nos olhos.

 

Causas graves de ardência nos olhos

Em alguns casos, a ardência nos olhos pode ser o sintoma de uma doença grave ou perigosa que deve ser avaliada imediatamente no pronto socorro.
Entre estas doenças estão:
1. Celulite periorbital (infecção das pálpebras ou de outros tecidos moles ao redor dos olhos),
2. Uveíte e irite (inflamação das estruturas do olho).

 

Quais são as complicações potenciais da ardência nos olhos?

Quando uma pessoa sofre frequentemente de ardência nos olhos, isso pode indicar uma alergia nos olhos ou uma infecção ocular. Depois que se chega a um diagnóstico da causa subjacente, é importante seguir o plano de tratamento que o médico recomenda para reduzir as possíveis complicações de uma infecção.

 

 

Tratamento para ardência nos olhos

Como mencionado anteriormente, sair de ambientes ou situações que causam a sensação de ardência pode proporcionar um grande alívio.
Aplicar compressas frias nos olhos pode aliviar o ardor e coceira.
As lágrimas artificiais utilizadas 4 – 6 vezes por dia podem aliviar os sintomas.
O colírio de venda livre em farmácia que não contém as lágrimas artificiais pode piorar os sintomas, por isso é importante ter cuidado ao comprar colírios sem receita.
O médico receita anti-histamínicos (comprimidos, colírios, pomadas) que podem fornecer benefícios no tratamento da doença.

Se forem notadas lágrimas espessas e de cor esverdeada, será necessário procurar o médico imediatamente.

Para quem também sofre de fotofobia (hipersensibilidade à luz), perda de visão ou dor excessiva no olho, o ardor pode ser um sinal de um problema grave.

 


Remédios naturais para dor nos olhos

A maioria dos casos de ardor e coceira nos olhos são a consequência de substâncias irritantes e fatores ambientais.
Os remédios caseiros podem ser muito eficazes para aliviar os sintomas:

  • Use um umidificador em sua casa ou no trabalho se suspeitar que o ar é muito seco.
    Tente abrir a janela para fazer circular ar fresco no aposento.
  • Evite o fumo do cigarro porque irrita os olhos. Se fumar, use esse motivo como incentivo para se livrar do vício.
    O fumo passivo pode ser muito irritante para os olhos.
    Aqueles que vivem com um fumante deveriam convidar a outra pessoa a fumar apenas ao ar livre.
  • Se usar lentes de contato, tire-as ao chegar em casa e coloque os óculos.
    Isso pode ajudar a prevenir os olhos secos. Além disso, certifique-se de conservar suas lentes de contato corretamente.
  • Ao usar o secador para pentear os cabelos, pode acontecer de secar inadvertidamente também os olhos.
    Para evitar esse problema, use colírio nos olhos antes de secar o cabelo.
  • Limite o consumo de álcool. O álcool pode deixar os olhos secos.
    Beba com moderação para manter os olhos úmidos e evitar a irritação.
  • Se os sintomas forem graves ao acordar, tente usar o colírio com um óleo em vez de gotas de lágrimas artificiais.
    Como as gotas, os óleos estão disponíveis como medicamento sem receita.
    O óleo pode obscurecer a visão e, por isso, deve ser aplicado somente antes de dormir.
  • Aplique compressas frias durante 10 minutos para reduzir o inchaço das pálpebras e aliviar a coceira.