Dor na língua

ÍNDICE


Quais são as causas da dor na língua?

Muitas vezes, uma língua dolorida é causada pela falta de vitaminas e minerais no corpo.
A dor na língua geralmente é causada por algo óbvio e visível, embora existam algumas causas menos evidentes que devem ser tratadas.

Para ser mais preciso, é mais frequente entre os indivíduos que se alimentam mau.

Geralmente, o fumo é uma causa de dor na língua porque provoca a inalação de fumaça tóxica e substâncias químicas que irritam a língua.

Abaixo estão listadas as causas de dor na língua.

Feridas
Uma das causas mais comuns de dor na língua é uma ferida que provoca irritação constante.
Uma mordida acidental na língua enquanto comemos ou falamos é a principal causa de dor na língua.
Às vezes, as papilas da língua crescem e ficam inflamadas; a consequência é a dor e o entorpecimento.

Dente do siso ou do juízo
Os dentes do siso podem causar dor na língua antes e após a extração.
Se eles crescerem para dentro podem raspar contra a língua causando o ferimento da mucosa.
Após a extração do dente do siso, é possível sentir dor porque a cirurgia pode causar lesões na língua.

Infecção na boca
A infecção da cavidade oral por bactérias, leveduras e vírus pode causar ardência e dor atrás da língua, mas também na parte superior e na ponta.
Como em outros casos de infecção, o risco de ter a língua dolorida devido a uma infecção é maior entre as pessoas com sistema imunológico comprometido.

Afta
A irritação dolorosa da língua pode ser um sinal de afta que provoca úlceras na boca e língua.
Os sintomas da afta pioram quando o paciente está sob estresse.
Com alguns remédios caseiros e medicamentos de venda libre, a dor na língua por afta pode ser resolvida.

Problemas dentários
Os problemas dentários e falta de higiene bucal podem causar dor na língua.
Entre os fatores de risco para episódios frequentes de dor na língua estão as próteses dentárias incongruentes (não adequadas).

Câncer bucal
Embora geralmente a dor na língua seja causada por um problema não sério, também pode ser um sintoma de câncer na garganta ou boca.
É importante ter em mente que o câncer bucal é assintomático nas fases iniciais, mas se agrava e torna-se sintomático nas fases seguintes.
Portanto, não se deve negligenciar uma língua dolorida se a dor não passar em uma semana.
Um tumor nas glândulas sublinguais ou na parótida é muito raro e, neste caso, a dor é debaixo da língua.
O câncer na boca ou nas amígdalas causa dor na parte de trás da língua e dificuldade de deglutição.
ATENÇÃO: a pessoa não deve achar que tem um câncer só porque apresenta alguns sintomas que podem ser atribuídos ao câncer.
Existem muitos sintomas que podem ser causados por um tumor e, por isso, muitas vezes ele é confundido com outras doenças.

Doenças
Como já mencionado, uma língua dolorida pode se desenvolver como um sinal de outras doenças.
Os problemas de saúde que raramente podem causar dor na língua são diabetes, esofagite de refluxo ácido, anemia.
Por esta razão, o diagnóstico correto é muito importante, especialmente se a dor for associada a outros sintomas suspeitos.

Cálculo salivar
Um cálculo nas glândulas salivares pode bloquear total ou parcialmente o fluxo de saliva.
Neste caso, nota-se uma área inchada e dolorosa debaixo da língua, especialmente quando comemos porque a glândula produz mais saliva.
É possível sentir dor durante a deglutição.

Nevralgia
A neuralgia do glossofaríngeo pode ser uma causa de dor na língua. Esta é uma dor muito grave que ocorre ao longo de um nervo irritado.
A nevralgia pode ser causada por envelhecimento, diabetes, esclerose múltipla, câncer ou surgir sem motivo aparente.
Os sintomas incluem dor no ouvido, garganta, língua e amígdalas.

Alergia
Quando a língua incha de repente, a razão é provavelmente uma reação alérgica.
As consequências incluem a dificuldade em respirar e engolir.
Em alguns casos, esta é uma situação de emergência e a pessoa afetada deve ser vista imediatamente por um médico.
Entre as causas mais frequentes de dor na língua em crianças estão as alergias.

Fumar
Os fumantes incondicionais muitas vezes sofrem de dor na língua e garganta.
A fumaça de cigarro irrita a língua e mucosa da boca.
Quando a língua se torna inflamada, cada tragada provoca uma sensação dolorosa e causa ardência na superfície da língua.

Bebidas e alimentos quentes
A língua pode se machucar devido a comida e bebida muito quentes.
Se a língua se ferir devido a uma queimadura, pode facilmente irritar-se se a pessoa comer alimentos picantes ou quentes.
Os alimentos com bordas ásperas (como biscoitos e batatas fritas) podem causar muito desconforto à língua quando está ferida.

 


Causas menos frequentes

Geralmente, a dor na língua pode ser causada por:

  • Infecções virais como “doença mão pé boca”, aftas e herpes labial.
  • Glossite romboide mediana, onde uma mancha vermelha se desenvolve no meio ou na parte de trás da língua. Acredita-se que esta formação derive de uma infecção por fungos.
  • Glossodínia (também conhecida como a síndrome da ardência bucal – SAB) é uma dor ardente na ponta da língua que é notada frequentemente em pessoas com depressão.
  • Líquen plano é uma doença crônica da pele que causa uma erupção cutânea com comichão.
    O líquen plano também pode afetar a boca, causando manchas dolorosas na língua.
  • Doença de Behçet, uma doença rara que causa inflamação dos vasos sanguíneos e pode causar úlceras na boca
  • Pênfigo vulgar é uma doença autoimune rara e grave que provoca a formação de bolhas dolorosas na pele, dentro da boca, nariz, garganta, ânus e genitais.
  • Síndrome pescoço-língua é uma doença rara, caracterizada por dor na parte superior do pescoço e língua, mas somente em um lado.
    Entre os sintomas também existe a perda de sensibilidade da língua.
  • Os sintomas ocorrem durante a rotação cervical.
  • Medicamentos como a resperdal ou tylenol para dor de dente e alguns enxaguatórios bucais.
  • Glossite de Moeller é a inflamação da língua.
  • Câncer da língua, embora seja raro.

 

Sintomas que acompanham a dor na língua

Os sintomas mais importantes são:

  • Dor;
  • Perda do paladar;
  • Aumento da sensibilidade a alimentos quentes e picantes;
  • Um indivíduo com este problema pode ter dificuldade em comer, engolir e falar.

A maioria dos casos é uma desordem a curto prazo e sem complicações graves para a saúde.
Geralmente, uma língua dolorida melhora por si só em alguns dias sem tratamento.
No entanto, um distúrbio que provoca dor na língua por um período prolongado não deve ser negligenciado porque pode ser um sinal de uma doença.

 


Diagnóstico da dor na língua

Para entender como tratar o sintoma, é preciso encontrar a causa.
O dentista ou o médico examinam a boca e verificam o histórico médico.
É preciso investigar possíveis traumas ou outros fatores que poderiam explicar a dor.
Uma doença de pele crônica às vezes é a causa da dor na língua.
Se assim for, é preciso procurar um dentista com formação específica na cavidade oral.

 


Quais são as possíveis complicações da dor na língua?

As complicações associadas com a dor na língua podem ser progressivas e variam de acordo com a causa. Visto que uma língua dolorida pode ser causada por uma doença grave, se não for feito um tratamento apropriado os danos e complicações podem ser permanentes.

É importante consultar o médico quando a pessoa sente uma dor contínua ou outros sintomas.
Quando se faz o diagnóstico da causa subjacente e se faz um tratamento adequado, consegue-se reduzir as complicações potenciais, incluindo:

  • Dor crônica,
  • Dificuldade em respirar (obstrução das vias aéreas),
  • Dificuldade para engolir,
  • Propagação da infecção,
  • Remoção da língua devido a uma infecção grave ou um tumor maligno.

 


Alimentação e dieta para dor na língua

Dor na língua

Dor na língua

De acordo com a medicina convencional, é necessário ingerir uma boa porção de iogurte fresco.
É recomendável inseri-lo na dieta diária.

Os efeitos do iogurte são:

  • Ajuda a resolver a sensação de queimação na língua,
  • Favorece a cicatrização de possíveis úlceras na boca ou na língua,
  • Previne recaídas.Inserir a vitamina C na dieta para ter um aporte diário. Os alimentos mais ricos são: melões, brócolis, pimentões amarelos e vermelhos e um fresco suco de amora sem açúcar. Os morangos e laranjas são outros alimentos que contêm uma grande quantidade de vitamina C.

 

Remédios naturais para dor na língua

Tente colocar um saquinho de chá molhado sobre a área da língua em que sente a sensação de ardência e dor.
O saquinho de chá ajuda a absorver a dor e é um remédio caseiro eficaz.
O chá tem um componente chamado tanino que é um medicamento adstringente.
O tanino tem a característica de ser um poderoso analgésico e ajuda a diminuir a sensação de queimação na língua.
Além disso, o chá feito de camomila é excelente para aliviar a irritação da língua.
O bom velho método de colocar gelo na língua funciona bem para aliviar a dor porque adormenta as terminações nervosas.
Manter um cubo de gelo sobre a parte dolorosa da língua dá um efeito imediato.

Glicerina
As feridas na língua podem ser curadas rapidamente com a glicerina.
Aplicar regularmente glicerina nas partes afetadas da língua.
Este remédio reduz as úlceras e também ajuda a aliviar a dor de maneira eficaz.

Fícus religiosa
Preparar uma pasta de mel com as folhas e raízes da árvore Ficus religiosa (figueira).
Quando a massa estiver pronta, aplicar na língua dolorida.

Gargarejo com água morna misturada com sal
Este remédio ajuda a limpar a boca e, portanto, acelera o processo de polimerização.
Efetuar o gargarejo quatro ou cinco vezes por dia para obter os benefícios.

Mamão
O mamão é extremamente útil no tratamento de úlceras na língua.
É melhor incluir o mamão na dieta diária se você tiver feridas na boca.
Outras frutas como a banana verde e maçãs são excelentes contra as feridas na língua.

Coalhada e arroz
A coalhada e o arroz são remédios muito eficazes para úlceras na língua. A coalhada fornece ao corpo as vitaminas necessárias e alivia a sensação de ardor.
Recomenda-se incluir o iogurte na dieta.

Fumo
Muitas vezes, há uma razão clara para a dor na língua. Por exemplo, fumar pode ser a causa.
O fumo pode agravar a condição do sistema imunológico e pode promover uma infecção.
Se você parar de fumar e a dor passar, isso significa que o fumo era a causa de seu desconforto.
Por outro lado, a causa da dor não é sempre óbvia.
Se a dor durar mais de 48 horas, é necessário consultar seu médico para avaliação e tratamento.

Leia também