Inapetência ou perda de apetite durante a gravidez


Perda de apetite durante a gravidez

A maioria das mulheres grávidas têm náusea e vômitos no início da gravidez (durante os primeiros três meses).

ÍNDICE

Além de mal-estar e enjoos matinais, algumas mulheres grávidas podem perder o apetite.
Isso é normal e não é um motivo de preocupação.

 

Causas da perda de apetite durante a gravidez

  • A inapetência ocorre principalmente por causa da náusea.
    A sensação de enjoo matinal reduz o desejo de comer.
    Além disso, o vômito pode dificultar muito o ganho de peso ou a manutenção de um peso saudável.
  • Há uma desaceleração geral do aparelho digestivo durante o segundo trimestre.
    A desaceleração deve-se à pressão exercida pelo útero sobre a parte inferior do intestino.
    Isso leva à diminuição do apetite e à prisão de ventre durante a gravidez.
  • A gravidez traz muito estresse físico, mental, emocional e hormonal.
    Esse pode ser um dos motivos de perda de apetite em uma mulher grávida.
  • Outro fator que influencia a perda de apetite durante o primeiro trimestre é o aumento do nível de progesterona.
    Este hormônio retarda todo o processo de digestão.
    A maior absorção de água pelo cólon também retarda o processo de digestão.
  • Durante a gravidez o médico pode prescrever a ingestão de ferro que provoca constipação na futura mãe.
  • Muitas mulheres sofrem de flatulência ou ar na barriga devido à desaceleração do trato digestivo.
    Os gases intestinais podem expandir o estômago e darem uma sensação de plenitude.
  • Além disso, o esfíncter superior do estômago relaxa-se durante a gravidez.
    Isso muitas vezes causa azia e refluxo gastroesofágico no segundo e terceiro trimestres.
    Dado que comer muitas vezes agrava a azia, as mulheres podem não ter vontade de comer para evitar os sintomas.


Não se deve esquecer de que uma mulher grávida pode ter os mesmo distúrbios no estômago de um adulto normal, por exemplo:

Falta de apetite no terceiro trimestre de gravidez

Muitas mulheres dizem que têm muito menos apetite nos últimos meses da gravidez.
Uma razão é a pressão que o feto exerce sobre o abdômen.
Existe simplesmente menos espaço para os alimentos.
A melhor forma de combater a falta de apetite é comer alguma coisa, até mesmo um pequeno lanche, a cada 3-4 horas.
Durante a refeição não se deve beber:

  • Água,
  • Suco de frutas.

O líquido preenche o estômago rapidamente deixando menos espaço para os alimentos sólidos.



 


Remédios naturais para a perda de apetite durante a gravidez

Algumas simples medidas podem ajudar a superar a perda de apetite durante a gravidez.
Estes remédios podem aumentar efetivamente o desejo de comer, podendo ser benéficos para a mãe e para a criança.

    • Se a mulher tiver perda de apetite no primeiro trimestre da gravidez, deve comer refeições menores.
      Quando se inicia a comer pequenas refeições ao longo do dia, o estômago se mantém cheio e a náusea é reduzida.
    • Não se deve forçar comer de manhã. É possível comer um pouco mais tarde durante o dia, especialmente bebidas e alimentos saudáveis para compensar a perda de nutrientes pela manhã.
    • As mulheres grávidas devem beber 8-10 copos de água todos os dias para compensar a maior absorção de água pelas fezes que provoca constipação no segundo trimestre de gravidez.
    • É necessário comer vegetais de folha verde e alimentos ricos em fibra.
    • As mulheres grávidas devem evitar refeições gordurosas ou alimentos que são difíceis de digerir e reduzem o apetite.
    • Aconselha-se as mulheres grávidas a comer 5 a 7 pequenas refeições ao longo do dia, em vez das 2 refeições principais. O mesmo regime deve continuar se for necessário enfrentar a perda de apetite durante o último mês de gravidez.
    • Se a mulher continuar a ter falta de apetite e não conseguir ingerir os nutrientes necessários, deverá procurar o médico imediatamente. A perda de peso e a desidratação causadas pela falta de apetite são muito perigosas para a mãe e para o feto.
    • Contra náusea e vômitos no primeiro trimestre, o médico pode aconselhar a dieta BRAT às mulheres grávidas. Na dieta BRAT estão presentes:
      • Bananas,
      • Arroz,
      • Molho de maçã,
      • Torradas.
        Estes alimentos fornecem os nutrientes adequados e não irritam o estômago. Raramente o cheiro desses alimentos causa náusea.
  • As mulheres grávidas devem evitar:
    • Alimentos picantes,
    • Ovos,
    • Peixes.

Estes alimentos desencadeiam a perda de apetite e náusea durante a gravidez.

 

 

Falta de apetite em adultos e nos idosos

As causas da perda de apetite no adulto ou no idoso dizem respeito sobretudo:

  • À administração de medicamentos,
  • Às doenças oncológicas.

Medicamentos
Alguns medicamentos como Zoloft (sertralina) para tratar a depressão ou Amoxil® (antibiótico à base de amoxicilina) podem causar uma perda de apetite temporária.

 


Causas oncológicas da perda de apetite

A inapetência em uma pessoa com câncer tem muitas causas.
Certos tipos de câncer podem causar uma perda de apetite, como:

Geralmente estas doenças afetam o metabolismo de uma pessoa (o processo do corpo que decompõe o alimento e transforma-o em energia).

Câncer avançado (que não pode ser tratado).
Entre as causas da perda de apetite em casos de tumor maligno na quarta fase estão:

  • Alguns tumores podem causar um aumento no tamanho do baço. O aumento do baço (esplenomegalia) pode empurrar o estômago criando uma sensação de plenitude.
  • A ascite (acúmulo de líquido no abdome) pode criar uma sensação de plenitude, mesmo depois de comer uma pequena quantidade de comida.
  • Medicamentos, quimioterapia, imunoterapia e sedativos (medicamentos que causam sentimentos de calma ou sonolência).
  • Radioterapia ou cirurgia em qualquer parte dos órgãos gastrointestinais, tais como o estômago ou intestino.