Língua amarela

A língua amarela é o sinal de uma doença geralmente benigna; ocorre quando as bactérias na boca produzem pigmentos que formam um revestimento amarelo na língua.

ÍNDICE


Esta saburra amarela pode estar:

  • Na ponta,
  • No centro,
  • Na parte de trás (no fundo).

Geralmente não indica a presença de uma doença grave, exceto em casos muito raros.

 

Língua amarela na medicina tradicional chinesa

Na medicina tradicional chinesa, o equilíbrio do corpo é determinado pelos princípios de Yin e Yang. Quando um dos dois supera o outro, desenvolvem-se as doenças.
A língua amarela é considerada um sintoma do calor úmido causado pelo excesso de Yang.
No diagnóstico, o médico examina a língua para obter informações sobre os sistemas internos do corpo.
Se a língua estiver amarelada, o paciente pode ter:

  • Uma deficiência de Yin,
  • Um excesso de Yang (calor úmido) no corpo,
  • Problemas de funcionamento no baço ou no estômago.

 

Causas da língua amarela

Geralmente as pessoas desenvolvem a língua amarela quando as papilas gustativas se tornam inchadas e criam uma superfície rugosa que permite às bactérias aderirem e produzirem o pigmento que forma a pátina branco-amarelada.
Entre as causas frequentes da língua amarela estão:

  • Má higiene bucal;
  • Certos medicamentos (em particular os antibióticos);
  • Febre;
  • Desidratação;
  • Gastrite, especialmente de manhã antes de comer;
  • Icterícia, ocorre em distúrbios hepáticos, como cirrose do fígado ou câncer no fígado;
  • Gravidez, as mulheres grávidas muitas vezes sofrem de doenças do estômago (por exemplo, refluxo gastroesofágico) e fígado. As doenças do fígado podem colorir a pele, as mucosas, língua e olhos de amarelo;
  • Respiração oral.

Além de ser coberta por uma mancha amarelada, a língua pode parecer:

  • Pilosa,
  • Irregular.

No entanto, a língua amarelada pode indicar uma infecção ou uma doença mais grave.

É necessário ir ao médico para conselhos se:

  • A pessoa estiver preocupada com as alterações na aparência da língua;
  • A pessoa sentir dor na língua;
  • A língua amarelada persistir por mais de 2 semanas.

Em algumas pessoas a língua amarelada não volta à cor ou à textura normais nem mesmo após o tratamento.

Outras causas:

  • Carência de sais minerais (especialmente o ferro) e vitaminas, sobretudo as do grupo B.
  • Problemas na vesícula biliar.

 

Fatores de risco da língua amarela

Geralmente, a alteração na cor da língua é devida à má higiene bucal. Aqui estão algumas causas da mucosa da língua amarela.

Má higiene bucal
As pessoas que seguem as regras de higiene bucal adequadas são menos propensas a desenvolver a língua amarela.
A escovação e o uso do fio dental mantêm os dentes saudáveis. O uso de limpadores de língua ajuda a evitar o acúmulo de bactérias na língua que ocorre quando os restos de comida permanecem entre os dentes.
O limpador de língua é útil para impedir o acúmulo de bactérias, mas não é necessário raspar a língua com muita força.

Papilas gustativas inflamadas
A mucosa ou o tecido rosa que cobre a língua podem ser irritados devido ao consumo de bebidas quentes ou alimentos com uma textura áspera.

Boca seca
Um consumo excessivo de bebidas com cafeína e beber pouca água podem secar a boca.
O fluxo constante de saliva ajuda a inibir o crescimento bacteriano.
A boca seca aumenta o acúmulo de bactérias que causam alterações na cor da língua.

Entre os fatores que podem causar uma sensação de gosto amargo na boca e a boca seca estão:

  • O abuso de álcool,
  • Fumo de cigarro,
  • Mascar tabaco,
  • Respiração com a boca,
  • Uso prolongado de certos medicamentos, etc..

Além disso, esses fatores alteram a cor e a textura da língua.

Língua negra pilosa
Em alguns casos, a saburra amarela pode ser um sinal precoce de língua negra pilosa.
A mudança de cor e textura é devida à proliferação de bactérias na boca.

  • A consistência da língua muda quando as papilas gustativas crescem em formações parecidas com pelos.
  • A cor da língua muda devido ao acúmulo de bactérias ou fungos sobre as papilas.


A cor da língua também pode ser alterada de rosa para amarelo, marrom, verde, etc., por causa de pigmentos contidos em alimentos ou bebidas.

Alguns fatores que contribuem para o desenvolvimento deste sinal são:

  • Boca seca,
  • Uso de medicamentos que contêm bismuto,
  • Cigarro,
  • Má higiene bucal,
  • Uso de tabaco,
  • Colutórios (enxaguantes bucais) que contêm agentes oxidantes,
  • Consumo excessivo de chá e café.

 

Fumo e dieta pobre em fibra

O fumo e uma quantidade de fibra na dieta não suficiente podem contribuir para a formação de uma mancha amarela no centro da língua.

  • O fumo de tabaco pode manchar a superfície da língua, deixando uma aparência amarela.
  • A fibra dietética pode raspar as bactérias em excesso na língua e, portanto, previne a língua amarela.

 

Causas da língua amarela em crianças

Algumas razões para língua amarela em crianças podem ser:

 

Língua amarelaLíngua amarela após piercing

Uma boa higiene bucal é importante para permitir à lesão causada por piercing na língua curar o mais rápido possível.
É necessário comprar um colutório bucal antibacteriano sem álcool (Oral-B) para enxaguar a boca.
É muito importante enxaguar a boca nos primeiros 7 dias.
Durante a lavagem dos dentes não se deve escovar a língua para evitar irritar o piercing.



No segundo ou terceiro dia após a aplicação do piercing, é possível pode notar a língua inchada com uma mancha amarela na ponta.
Não é o caso de se preocupar; esta é a substância normal que a língua produz e quando cicatriza desaparece em poucos dias.
É também possível ver um círculo esbranquiçado ao redor do buraco sublingual: representa a crosta na língua e desaparece em poucos dias.

 

Diagnóstico da língua amarela

As pessoas que desenvolvem a língua amarela sem uma causa aparente devem conversar com o médico se os sintomas não desaparecerem em alguns dias.

O médico examina o paciente e pode prescrever exames para identificar a causa da língua amarela, por exemplo:

 

Diagnóstico diferencial de placas brancas ou amareladas na língua

Para identificar a doença que causa a língua amarela, o médico deve excluir doenças que provocam manchas e placas de cor branca incluindo:

Leucoplasia ou leucoplaquia
É uma doença frequente em que aparece uma placa branca sem dor na boca; pode se desenvolver também:

  • Na língua,
  • Nas gengivas,
  • Nas bochechas,
  • Nos lábios (na parte interna).

Esta placa branca parece ser a consequência de:

  • Produção excessiva de células da mucosa oral.
  • Acúmulo de uma proteína chamada queratina.
  • A leucoplasia pode se desenvolver quando a língua está irritada.
  • Está relacionada com o abuso de álcool e fumo.

Entre os sintomas relacionados com a leucoplasia, também existe o mau hálito ou halitose.
Geralmente não é perigosa, mas em alguns casos pode se tornar uma leucoplasia cancerosa, frequentemente muitos anos ou mesmo décadas após sua primeira aparição.

É importante fazer controlar regularmente a boca por um dentista ou um médico para descobrir se a leucoplasia:

  • Aumenta,
  • Muda,
  • Se novas áreas com leucoplasia se desenvolvem.

O dentista ou especialista são capazes de distinguir entre uma língua branca causada por leucoplasia e uma língua amarelada.

Líquen plano oral
O líquen plano oral (lichen planus da boca) é uma doença crônica do sistema imunológico que causa estrias brancas semelhantes a uma renda e manchas brancas na boca, também na língua.
Geralmente os casos leves não causam dor, mas o indivíduo pode ter:

A causa do líquen plano oral é desconhecida. Não é hereditário e não pode ser transmitido a outras pessoas.
O líquen plano oral pode ser tratado com:

  • Um colutório antisséptico,
  • Corticosteroides em spray ou comprimidos dissolvidos em água para enxaguar a boca.

 

Cândida na boca e na língua
A candidíase oral (sapinho) é uma infecção causada por um fungo na boca.
Pode causar:

Às vezes a cândida coloniza a boca e pode causar um revestimento branco ou amarelado.
Esta infecção fúngica pode ser causada por um ciclo de antibióticos que alterou a flora bacteriana intestinal.
Esta doença é a causa mais comum de língua branca ou amarelada em recém-nascidos e lactentes.
No entanto, pode ser eliminada com medicamentos.

Existem mais probabilidades de desenvolver cândida na boca em caso de:

  • Ingestão recente de antibióticos ou cortisona;
  • Inalação diária de corticoides para o tratamento da asma;
  • Diabetes;
  • Sistema imunológico debilitado;
  • Presença de próteses dentais.

Se a candidíase não for tratada, os sintomas persistem e o desconforto na boca continua. O tratamento baseia-se em medicamentos antifúngicos e modificação da dieta.

Sífilis
A sífilis é uma infecção bacteriana transmitida durante a relação sexual com um parceiro infectado.
Se for transmitida pelas relações sexuais, a sífilis pode causar uma pequena ferida sem dor ou uma úlcera na língua. Ela aparece de 10 dias a 3 meses após a exposição à infecção.
Entre os sintomas da sífilis também estão gânglios linfáticos inchados. O tratamento é realizado com uma única dose de penicilina.
Se não for tratada, a sífilis pode causar manchas brancas e acinzentadas na língua. É uma doença chamada leucoplasia sifilítica.

 

Tratamento e remédios naturais para língua amarela

Existem várias maneiras de tratar e prevenir a língua amarela, por exemplo:

  • Melhorar a higiene bucal,
  • Usar medicamentos para reduzir as bactérias na boca,
  • Alterar a dieta e estilo de vida (parar de fumar),
  • Escovar suavemente a língua com um raspador de língua,
  • Beber bastante água.

 

Medicamentos para língua amarela

O médico pode prescrever medicamentos para tratar as doenças que causam a língua amarela.

No caso da gastrite, o médico prescreve uma terapia que inclui:

  • Medicamentos antiácidos, por exemplo hidrato de alumínio (Maalox),
  • Medicamentos inibidores da bomba de prótons, como o lansopranazol (Lansox).

No caso de doença hepática, o médico prescreve:

  • Um tratamento específico em função da doença,
  • Proibição de consumir álcool.

 

Dieta e alimentação para língua amarela

Para problemas de fígado, estômago e intestino, recomenda-se uma dieta natural, por exemplo:

  • A dieta Paleo,
  • A dieta do tipo sanguíneo,
  • A dieta vegana/crudívora.

Entre os alimentos a evitar estão:

  • Leite e produtos lácteos,
  • Cereais com glúten,
  • Frituras,
  • Junk food,
  • Bebidas à base de cafeína ou teína,
  • Condimentos processados,

De acordo com o higienismo (uma medicina natural), entre os tratamentos mais adequados para tratar os órgãos digestivos estão:

  • Jejum breve (se não houver contraindicações),
  • Uma alimentação baseada em frutas e vegetais crus.