Pernas cansadas e pesadas – causas e remédios naturais

As pernas cansadas e pesadas são um sintoma comum que pode causar muito desconforto.

ÍNDICE

 

As pernas cansadas, pesadas e inchadas podem ser causadas principalmente por:

  • Problemas de circulação,
  • Doenças do coração em que o músculo cardíaco não bombeia sangue suficiente,
  • Distúrbios renais. Os rins são o filtro de sangue; um mau funcionamento renal pode alterar o nível de sais minerais no sangue, por exemplo do potássio.

A má circulação é o motivo mais comum.
O coração bombeia o sangue para dentro das artérias. Daqui o sangue vai para os capilares e retorna ao coração através das veias.
Dado que o coração encontra-se em uma posição mais alta do que as pernas, o sangue deve ser bombeado contra a gravidade.

A contração dos músculos das pernas e em particular da panturrilha atua como uma bomba:

  • Comprime as veias,
  • Empurra o sangue para cima.

Existem válvulas dentro das veias que impedem o retorno do sangue para baixo.

Quando um indivíduo fica sentado ou de pé durante muito tempo, os músculos das pernas não se contraem o suficiente.
As consequências são:

  • O acúmulo de sangue nas veias das pernas,
  • O inchaço,
  • A sensação de cansaço.

 


Causas de pernas cansadas e doloridas

Entre as possíveis causas de fadiga e dor na perna ao mesmo tempo estão:

Medicamentos
Alguns medicamentos podem causar efeitos colaterais, incluindo:

  • Uma forte fadiga,
  • Dores musculares.

Isso pode ser causado pela ingestão excessiva de medicamentos, como aqueles para reduzir o colesterol e a pressão, mas também de drogas como a cocaína.

Potássio baixo
Além da fadiga, o potássio baixo no sangue provoca:

O médico pode fazer exames de sangue para determinar um diagnóstico preciso.
Os valores normais de potássio no sangue oscilam entre 4,8 e 3,6 miliequivalentes por litro; um nível inferior a 2,5 mEq/L pode ser perigoso.

Esporte e exercício
As pessoas que praticam esportes vigorosos, como ciclismo (bicicleta de corrida ou mountain bike), corrida, futebol, etc. podem ter:

Isso provoca dor e fadiga, mas é temporário e geralmente passa em 24-48 horas.
As contraturas após o treinamento são a causa mais frequente de pernas cansadas nas crianças.
O repouso permite de resolver o problema em um dia ou dois, mas nos casos piores, pode ser necessário um tratamento como:

É possível aplicar cremes “descontraturantes” ou óleos essenciais para uma recuperação mais rápida.

 

Pernas cansadas e pesadas à noite

Geralmente, se as pernas estiverem cansadas especialmente à noite, é possível que a causa seja a circulação sanguínea.
Durante o dia, o sangue acumula-se nas veias devido à posição de pé ou sentada.
À noite, em uma posição horizontal, o sangue retorna facilmente ao coração.

Má circulação: as pessoas com diabetes ou aquelas que fumam muitas vezes têm problemas de circulação nas pernas.
O estreitamento das artérias que levam o sangue para os músculos da perna é chamado de doença vascular periférica.
Os sintomas que provoca geralmente são fortes dores e uma sensação de queimação.

Veias varicosas: quando as pequenas válvulas nas veias das pernas não funcionam bem, o sangue acumula-se e provoca as veias inchadas e dilatadas.
As pernas doloridas são um sintoma comum das veias varicosas.
As varizes podem se tornar crônicas se não forem tratadas imediatamente.
Na pior das hipóteses, podem desenvolver-se úlceras nas perna e nos pés – são chamadas de “Ulcus Cruris venosum”.

Trombose venosa profunda: se uma das veias profundas no interior da perna for bloqueada por um coágulo, isso provoca:

  • A perna inchada, quente, dura,
  • Forte dor que é difícil de aliviar.

Geralmente, a trombose venosa profunda ocorre em apenas uma perna, ao invés de ambas simultaneamente.

Estilo de vida moderno e má circulação
Os homens e as mulheres com um estilo de vida moderno podem ter uma estagnação de sangue nas veias.
O congestionamento de sangue nas veias:

  • Dilata as paredes das veias,
  • Provoca um mau funcionamento das válvulas venosas que bloqueiam a queda do sangue para baixo.

As varizes podem ser observadas do exterior, com uma cor arroxeada.

Quase a metade das mulheres têm problemas venosos em torno de 30 anos de idade, enquanto a maioria dos idosos tem problemas de circulação sanguínea.
As mulheres são mais afetadas do que os homens devido a flutuações hormonais que ocorrem em determinadas fases do ciclo menstrual (especialmente antes da chegada da menstruação).
Na parte final do ciclo menstrual, os hormônios provocam o relaxamento das paredes venosas.

A insuficiência venosa crônica (CVI) geralmente passa despercebida.
Os primeiros sintomas (por exemplo, varizes ou pernas cansadas e pesadas à noite) muitas vezes não são levados a sério o suficiente.

As pernas cansadas, pesadas, as varizes e o formigamento nas panturrilhas indicam que é necessário agir: o edema (leve inchaço das pernas) marca a primeira fase da CVI (1 fase).
Em um primeiro momento, o congestionamento e o inchaço diminuem durante a noite, mas esse alívio temporário já não ocorre com a progressão da doença.
Na última fase, as pernas estão sempre cansadas e pesadas (todo o dia).

 

Pernas cansadas e pesadas pela manhã

Entre as causas das pernas cansadas pela manhã estão:

  • Fibromialgia, a pessoa acorda mais cansada do que a noite anterior,
  • Ansiedade e depressão, geralmente o pior momento do dia é pela manhã,
  • Tripanossomíase africana, causa dificuldade em se levantar de manhã,
  • Lúpus, a rigidez matinal é típica.

Ansiedade e depressão
A depressão e a ansiedade podem afetar o corpo e a mente.
Um ataque de depressão pode prejudicar o funcionamento normal do corpo e pode causar cansaço extremo.
Outros sintomas desta doença são:

  • Fases longas e inexplicadas de dores musculares,
  • Perda de apetite,
  • Insônia,
  • Dor na coluna.

A ansiedade pode impedir repousar bem e, portanto, pela manhã (ao acordar) as pernas podem estar cansadas. Também pode causar:

Fibromialgia
A fibromialgia é uma doença que provoca os seguintes sintomas:

  • Dor generalizada por todo o corpo,
  • Sensação de ter os músculos doloridos e cansados.

Nesta doença crônica, a pessoa sofre de dor no sistema músculo-esquelético.
Outros sintomas incluem:

  • Insônia
  • Mudanças de humor
  • Diminuição da concentração e redução da memória.

Esta desordem é mais provável em mulheres do que em homens.

Tripanossomíase africana
A tripanossomíase africana (doença do sono) é uma infecção parasitária e é causada por uma picada da mosca tsé-tsé.
Os sintomas desta doença são:

Com a progressão desta doença, o sistema nervoso central é afetado e a pessoa sofre de:

  • Distúrbios do sono,
  • Confusão,
  • Incoordenação sensorial.

O doente parece cansado o tempo todo.
Esta doença pode ser transmitida de uma pessoa infetada para uma saudável durante a relação sexual.

Lúpus eritematoso
Uma doença autoimune conhecida como lúpus eritematoso é responsável pelas dores musculares e a fadiga.
Esta desordem pode causar vários problemas sistêmicos no corpo porque o sistema imunológico ataca as células saudáveis e os tecidos do corpo.
A inflamação das articulações e dos músculos pode provocar dor e dormência, e também afeta órgãos como os pulmões, rins, coração, etc.

 

Fatores de risco das pernas cansadas e pesadas

  • Viagens de longa distância
  • Hereditariedade
  • Mais de 40 anos de idade
  • Permanecer sentado ou em pé por muito tempo
  • Gravidez
  • Obesidade
  • Estilo de vida sedentário
  • Trabalho em pé, sem caminhar
  • Péssima alimentação
  • Clima quente (por exemplo, no verão)
  • Trauma ou cirurgia recente
  • Roupas apertadas e aderentes
  • Doenças infecciosas, hipotireoidismo (produção insuficiente de hormônios da tireoide), doenças do fígado ou rins
  • Terapia de reposição hormonal.

 


Sintomas associados às pernas cansadas e pesadas

Além do cansaço, as pernas podem ser:

  • Dolorosas,
  • Pesadas,
  • Inchadas até mesmo na cama, em repouso.


Tratamento para as pernas cansadas e pesadas

Além da alimentação saudável e dos exercícios, aconselha-se:

  • Exercícios de ginástica para os tornozelos,
  • Colocar os pés em uma bacia com água fresca para reduzir os sintomas.

A fitoterapia pode ser um tratamento eficaz, especialmente os produtos com ervas compostos por:

  • Folha de videira vermelha,
  • Extrato de casca de pinheiro e castanha da Índia.

Esses produtos contêm substâncias vasoconstritoras, antioxidantes e descongestionantes que ajudam a reduzir o inchaço nas pernas e nos tornozelos.
No caso de insuficiência venosa crônica grave, o tratamento serve principalmente para interromper a progressão da doença.

 


O que fazer para as pernas cansadas e pesadas?

As respostas óbvias são:

  • Comer de forma saudável,
  • Perder o excesso de peso,
  • Fazer exercício físico regular.

 


Exercícios, pernas cansadas, inchaço, retenção de águaRemédios naturais e caseiros para as pernas cansadas e pesadas

Para a retenção de água
Um remédio caseiro para as pernas inchadas e cansadas consiste em dormir com um travesseiro sob os tornozelos para manter os pés acima do nível do coração.
Isso ajuda a reduzir a retenção de água ou a inflamação nas pernas, tornozelos ou pés depois de dormir.
Existem vários tratamentos que podem ser feitos contra as pernas inchadas, por exemplo:

A contração dos músculos da panturrilha espreme as veias e empurra o sangue para o coração.
As atividades físicas que envolvem a contração desses músculos são:

  • Uma caminhada,
  • A calf machine na academia,
  • Elevação na ponta dos pés.

Aconselha-se caminhar meia hora pela manhã e meia hora à noite.
As pessoas que trabalham em pé devem elevar-se frequentemente nas pontas dos pés durante o dia.

Para a fibromialgia
Mergulhe as panturrilhas e os pés em água quente ou então nade em uma piscina aquecida.
O calor relaxa os músculos e estimula a circulação.
Os exercícios em um ambiente quente (com a água que chega ao nível da cintura) reduzem a dor nas pernas em mulheres com fibromialgia.
Essas mulheres têm uma melhoria dos sintomas a longo prazo e aumentam a força muscular no final do programa.

Para a postura
Mude os sapatos. Os calçados inadequados podem causar a má postura, aumentam o estresse sobre o sistema músculo-esquelético:

  • Na coluna,
  • Nos quadris,
  • Nas pernas.

Use sapatos que se adaptem bem aos pés, proporcionem uma boa sustentação e sejam confortáveis.

Para a perda de sais minerais
O médico pode recomendar suplementos de magnésio e potássio, porém aconselha-se:

  • Mudar a alimentação,
  • Beber bastante água,
  • Comer alimentos com alto teor de sais minerais (por exemplo, banana e vegetais de folhas verdes).