Tipos de diarréia e classificação de acordo com a frequência

Classificação de acordo com a frequência

  • A diarréia aguda é um problema comum que geralmente dura 1 ou 2 dias e passa espontaneamente (Michel et al. – 1999).
    A diarréia que dura mais de 2 dias pode ser um sinal de um problema mais sério.
  • A diarréia crônica (ou persistente) ocorre quase todos os dias por 14 dias (Moore et al. – 2010), pode ser o sintoma de uma doença crônica. Os sintomas de diarréia crônica podem ser persistentes, mas também podem ser intermitentes.
  • A diarréia recorrente é cíclica (ocorre de vez em quando) e pode ser causada por intolerâncias alimentares.

 

Tipos de diarréia

  • A diarréia osmótica é causada por um soluto osmoticamente ativo, ou seja, substâncias que inibem a absorção de líquidos e eletrólitos nos intestinos.
  • A diarréia oleosa é causada pela má digestão de gorduras. As fezes são malcheirosas, com gotículas de gordura na superfície.
    Entre as causas, estão:

    • Pancreatite crônica,
    • Cálculos biliares,
    • Doença de Crohn,
    • Giardíase (Halliez et al. – 2013).
  • A diarréia secretora ocorre quando a mucosa intestinal emite muita água e eletrólitos no intestino. É frequentemente causada por infecções, tumores e outros medicamentos.
  • A diarréia motora é causada pelo aumento do peristaltismo (contração dos músculos intestinais). A consequência é a diminuição do tempo em que as fezes atravessam o intestino e portanto o cólon tem menos tempo para absorver o componente líquido das fezes. Esse tipo ocorre principalmente em pacientes que sofrem de síndrome do intestino irritável (Saha – 2014).
  • A diarréia por redução global da superfície é causada pela diminuição de superfície do intestino que absorve água e nutrientes.
    Entre as causas são a doença celíaca e a remoção cirúrgica de uma parte do cólon (Walker et al. – 1990).
  • A pessoa tem diarréia por absorção ativa alterada quando ocorrem alterações ao nível das bombas ativas de absorção dos eletrólitos.

 

intestino,grosso

© alamy.com

Cor de diarréia

A cor das fezes vem da bilirrubina e produtos do metabolismo desta substância.
Se a bilirrubina falta ou não tem tempo para ser transformada no intestino, as fezes podem ter uma cor anormal.

Diarréia verde
As fezes verdes podem ter dois tipos de causas:

  1. Dieta,
  2. Medicamentos.

Pode ser um efeito colateral de antibióticos ou suplementos de ferro, além disso quando comemos muitas verdura verde, como espinafre, alface, saladas de verduras as fezes podem tornar-se verdes.
A digestão é muito rápida e a biliverdina contida na bile não tem tempo para se transformar em bilirrubina.

Diarréia branca
A diarreia branca pode ser devido à falta de bile no intestino.
Entre as causas estão:

  1. Cálculos biliares,
  2. Um câncer no pâncreas ou no fígado,
  3. Hepatite,
  4. Cirrose,
  5. Certos medicamentos.

Diarréia amarela
Entre as causas das fezes amarelas estão:

  1. Doença celíaca,
  2. Cirrose,
  3. Cálculos da vesícula biliar,
  4. Pancreatite,
  5. Uma infecção.

Leia também:

Bibliografia:

  1. Aranda-Michel J1, Giannella RA. Acute diarrhea: a practical review. Am J Med. 1999 Jun;106(6):670-6.
  2. Sean R. Moore,* Noélia L. Lima, Alberto M. Soares, Reinaldo B. Oriá, Relana C. Pinkerton, Leah J. Barrett, Richard L. Guerrant, and Aldo A.M. Lima. Prolonged episodes of acute diarrhea reduce growth and increase risk of persistent diarrhea in children. Gastroenterology. 2010 Oct; 139(4): 1156–1164. doi:  10.1053/j.gastro.2010.05.076
  3. Lekha Saha. Irritable bowel syndrome: Pathogenesis, diagnosis, treatment, and evidence-based medicine. World J Gastroenterol. 2014 Jun 14; 20(22): 6759–6773. doi:  10.3748/wjg.v20.i22.6759
  4. Walker HK, Hall WD, Hurst JW, editors. Clinical Methods: The History, Physical, and Laboratory Examinations. 3rd edition. Boston: Butterworths; 1990.
  5. Marie CM Halliez and André G Buret. Extra-intestinal and long term consequences of Giardia duodenalis infections. World J Gastroenterol. 2013 Dec 21; 19(47): 8974–8985. doi:  10.3748/wjg.v19.i47.8974

Deixe uma resposta