Dor no ombro e no pescoço, as causas e 4 soluções eficazes

A dor no ombro pode ter origem na articulação ou nos tecidos moles (por exemplo, os tendões do manguito rotador), nos nervos, vasos sanguíneos, etc.
A dor no ombro geralmente piora com a atividade ou durante o movimento do braço.

INDICE

Algumas doenças e distúrbios que afetam o tórax ou abdómen (como a doença cardíaca ou da vesícula biliar) também podem causar dor no ombro.

Dor no ombro

A dor no ombro que se origina de outra estrutura é chamada de dor referida. Este tipo de desconforto não piora com o movimento do ombro.

 

Causas da dor no ombro e no pescoço

A causa mais frequente da dor no ombro e no pescoço são distúbios nos tecidos moles:

  • Músculos,
  • Tendões,
  • Nervos,
  • Ligamentos.

Isso pode ocorrer após um golpe de chicote ou uma queda, mas também sem uma razão aparente.

Alguns pontos gatilho ativos (pontos doloridos nos músculos) podem causar dor no pescoço ou no peito que irradia para a mão.

A dor miofascial é causada por pequenas aderências no tecido conjuntivo (fáscia). Pode ser sentido do pescoço até o ombro.

A espondilose (artrose vertebral) da coluna cervical pode causar uma compressão dos nervos do plexo braquial e pode causar dor

Uma protusão ou uma hérnia de disco no pescoço podem causar dor no pescoço que irradia para o braço (nevralgia cervicobraquial).

No entanto, os sintomas muitas vezes não correspondem aos relatórios dos exames instrumentais (por exemplo, a ressonância magnética) (Lawrence – 1969).
Na verdade, existem pessoas:

  • Com espondilose e hérnias que não sentem dor,
  • Com artrose leve ou uma pequena protusão que têm dor intensa.

Portanto, a ressonância magnética é útil, mas deve ser interpretada corretamente.
Além disso, para um diagnóstico preciso, é necessária a avaliação física do médico ou do fisioterapeuta.

 

Fatores de risco para dor no ombro e pescoço:

  • Atividades físicas pesadas, por exemplo, levantamento de objetos (Mayer – 2012),
  • Trabalho de computador (Waersted – 2010);
  • Má postura (Palmer – 2007),
  • Tendência à somatização (Hoe – 2012). Frequentemente falamos de somatização, mas existem parâmetros para entender se uma pessoa sofre desse problema. Verifique se o paciente tem 5 outros sintomas característicos:

 

Sinais e sintomas que ocorrem junto com a dor de ombro e pescoço

A dor é pode ser descrita como:

A avaliação de cada sintoma é importante para o médico, pois de acordo com o tipo se pode compreender a causa do distúrbio.

Fraqueza: A fraqueza pode ser devido a uma dor grave causada pela circulação de ossos ou músculos.
Os nervos que enervam os músculos podem estar irritados ou feridos.
É importante distinguir a verdadeira fraqueza (lesão muscular ou nervosa) da incapacidade ou medo de mover o ombro para não sentir dor.

Dormência : Se os nervos são comprimidos, esmagados ou danificados, a sensibilidade é alterada.
Você pode sentir:

  • Queimação,
  • Formigamento,
  • Perda ou alteração da sensibilidade, como se o braço estivesse dormindo.

De acordo com o nervo irritado, você pode sentir dor :

  • No pescoço e na parte da frente do braço
  • Nas costas e na região posterior do membro superior até o dedo médio, neste caso a dor pode piorar ao tossir ou ao respirar fundo,
  • Na axila e na parte interna do braço.

Frio : A sensação de frio na mão ou braço indicam que as artérias, veias, ou ambos não permitem que o sangue flua bem. Isso pode significar que não chega sangue suficiente ao braço.
As artérias do braço são controladas por nervos do sistema nervoso simpático.

Tratamento para dor no ombro e pescoço

Drogas
O médico pode prescrever:

  • Os anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), incluindo aspirina, ibuprofeno (Brufen) e naproxeno (Naprozyn), podem proporcionar alívio se a dor for causada por irritação ou inflamação dos nervos.
  • Corticosteróides
    Um ciclo curto de corticosteróides orais pode aliviar a dor, reduzindo o inchaço e a inflamação do nervo.

Cirurgia
Se, após algumas semanas ou meses, o tratamento não cirúrgico não aliviar os sintomas, o seu médico poderá recomendar a cirurgia, por exemplo, para hérnias de disco.

 

4 soluções eficazes para dor no ombro e no pescoço

Os seguintes conselhos são indicados se a dor aparece durante o movimento, se em vez disso é constante, é melhor ir ao médico.

1) Remédios caseiros:

  • postura, sentados, ordenador, rollo, lumbarTome um banho quente ou aplique uma compressa quente,
  • Fique ativo apesar da dor,
  • Peça a alguém para massagear o pescoço,
  • Melhore a postura usando o rolo lombar,
  • Use auxílios ergonômicos ao trabalhar no computador,
  • Durma com apenas um travesseiro,
  • Durma em um colchão duro. A causa da dor raramente é o colchão, por isso não recomendamos mudar o colchão de dor no pescoço.

2) Exercícios

Existem alguns exercícios mckenzie muito eficazes para esse transtorno.
É essencial realizar estes exercícios somente se não causarem dor, mas um pouco de aborrecimento.
Um minuto após o término dos exercícios, o incômodo não deve permanecer.

Retração mais extensão cervical

  • Se sente,
  • Mova o queixo para trás, endireitando o pescoço,
  • A partir desta posição, estenda o pescoço (como olhar para cima),
  • Retorne para a posição inicial,
  • Repita 10 vezes.

exercício mckenzie extensão

Retração mais inclinação lateral

  • Posição inicial: sentado,
  • Mova o queixo para trás, a coluna cervical fica reta,
  • A partir desta posição, dobre o pescoço para o lado, apenas de um lado,
  • Retornar para a posição inicial,
  • Repita 10 vezes,

exercício mckenzie inclinação lateral

É preciso entender qual exercício dá melhores resultados (redução da dor ou melhora da amplitude).
Portanto, apenas o melhor exercício é realizado, aproximadamente a cada 2 horas.

 

3) Terapia manual

A terapia manual mais eficaz nesses casos é o tratamento de pontos-gatilho ativos.
Muitos pacientes ficam surpresos quando o fisioterapeuta manipula partes não doloridas do corpo; na verdade, é normal porque a dor geralmente se origina em outras partes do corpo.
Em particular, os músculos que podem causar dor irradiada do pescoço ao braço são:

  1. Escalenos (na frente do pescoço),
  2. Peitoral menor (parte externa do peito),
  3. Subclávio (sob a clavícula).

pontos-gatilho

A posição do paciente está deitada, com o músculo relaxado (sem alongamento).
O tratamento consiste na pressão mantida por cerca de 90 segundos ou até que o ponto de disparo seja desativado.

 

4) O que evitar?

  • Não coloque o colarinho, só pode aumentar a rigidez,
  • Não coloque gelo no pescoço,
  • Não fazer alongamentos porque a dor aumenta.

Leia também

References

  • Lawrence JS. Disc degeneration. Its frequency and relationship to symptoms. Ann Rheum Dis. 1969 Mar; 28(2):121-38.
  • Mayer J, Kraus T, Ochsmann E. Longitudinal evidence for the association between work-related physical exposures and neck and/or shoulder complaints: a systematic review. Int Arch Occup Environ Health. 2012 Aug; 85(6):587-603.
  • Waersted M, Hanvold TN, Veiersted KB. Computer work and musculoskeletal disorders of the neck and upper extremity: a systematic review. BMC Musculoskelet Disord. 2010 Apr 29; 11():79.
  • Palmer KT, Smedley J. Work relatedness of chronic neck pain with physical findings–a systematic review. Scand J Work Environ Health. 2007 Jun; 33(3):165-91.
  • Hoe VC, Kelsall HL, Urquhart DM, Sim MR. Risk factors for musculoskeletal symptoms of the neck or shoulder alone or neck and shoulder among hospital nurses. Occup Environ Med. 2012 Mar; 69(3):198-204.