Saiba mais sobre dor nas costas, dor no pescoço, sintomas, tratamentos

Fisioterapiaparatodos.com é um site que fala sobre medicina e Fisioterapia: doenças, sintomas (principalmente a dor), tratamentos, remédios naturais, anatomia, diagnóstico, dieta, alimentação e esporte.
Os tópicos mais abordados são: dor nas costas, dor no pescoço , dor de cabeça, dor de barriga , dor nos braços e nas pernas.
Fisioterapiaparatodos.com é um site que tem haver com a medicina convencional e alternativa porque os fármacos e as intervenções cirúrgicas não são os melhores tratamentos e muitas vezes reduzem os sintomas, mas não curam a doença.

 

Sintomas

Dor de cabeça

Dor de cabeça


Dor na cervical

Dor no pescoço


Dor no ombro

Dor no ombro


Dor no torax

Dor dorsal intercostal escapular


Dor no cotovelo

Dor no cotovelo


Dor na mão

Dor na mão

Mãos inchadas

Dor lombar

Dor na coluna lombar


Dor de barriga

Dor de barriga


Dor no quadril esquerdo e direito

Dor no quadril


joelhoDor no joelho e inchaço


Tornozelo

Dor no tornozelo

Tornozelos e pés inchados


dor no pè

Dor no pè

 

Mission

Quando um paciente tem um distúrbio deve ir ao médico, porque é o único qualificado para fazer o diagnóstico e prescrever o tratamento, mas também deve conhecer as alternativas possíveis.
Existem muitos tratamentos naturais que podem ajudar o paciente a se sentir melhor e podem eliminar a causa da doença.
Uma alimentação correta e saudável, juntamente com os exercícios de ginástica são ótimas maneiras de tratar e prevenir os distúrbios, mas nem sempre são suficientes.

Existem muitas terapias manuais que podem reduzir os sintomas e muitas vezes eliminar a causa da doença.
Entre as terapias manuais mais eficazes estão
1) Fisioterapia,
2) Osteopatia,
3) Quiroprática,
4) Reflexologia podal,
5) Medicina chinesa,
6) Acupuntura,
7) Shiatsu e Reiki.

Em caso de distúrbios crônicos, o paciente pode ter sintomas causados por contraturas musculares, embora geralmente pensa de ter um problema de nervo (como uma hérnia de disco ou inflamação do nervo ciático). Nos últimos anos, se fazem sempre menos intervenções para hérnia de disco porque em 80% dos casos não eliminam a dor.
Os médicos especialistas (Fisiatra e ortopédico ) prescrevem cada vez mais exercícios de reforço, por exemplo, o pilates porque os músculos fortes estabilizam a coluna vertebral e reduzem os sintomas.
O exercício é sempre importante, especialmente para as pessoas sedentárias que trabalham ou estudam e passam muito tempo em frente ao computador.

 

 

Anatomia

anatomia

Anatomia


Doenças

Enfermedades

Doenças de A a Z


Diagnostico e exames

Diagnostico

Diagnostico


Fàrmacos

Farmacos,pildora

Fàrmacos


Órtese

Tornozeleira-órtese-para-o-pé

Órtese


Doenças da tireóide

Doenças-da-tireóide

Doenças da tireóide


Doenças do estomâgo

Doença-do-estomâgo

Doenças do estomâgo


Problemas de circulação

Problemas de circulação

Problemas de circulação

 

 

 

Nervos

nervos

Nervos


Fratura

fratura

Fratura


Doenças sexuales

Doenças-sexualmente-transmissíveis

Doenças sexualmente transmissíveis


Doença do utero

Doença do ovário e do utero

Doença do ovário e do utero


Doenças dos olhos

Doenças dos olhos

Doenças dos olhos


Doenças da respiração

Doenças da respiração

Doenças da respiração


Doenças do coração

Doença isquêmica do coração

Doença isquêmica do coração


Doenças do fígado

Doenças do fígado

Doenças do fígado

 

Imprensa
Os pacientes sempre me perguntam como usar gelo e calor porque existe muita confusão sobre o assunto.
No site existe uma página sobre o gelo para à inflamação que explica bem o conceito.
Fisioterapiaparatodos.com contém muitos vídeos que explicam alguns conceitos fundamentais de medicina e mostram como fazer os testes ortopédicos, os exercícios (para dor nas costas, dor no ombro e no joelho), a drenagem linfática, a aplicação de bandagem com Kinesio taping e os remédios naturais.
Para cada doença, você pode ler sobre as causas, sintomas, exames instrumentais ou testes que permitem ao médico de diagnosticar o distúrbio, o tratamento, os remédios naturais e o prognóstico.

Link

Français

Espanol

Deutsche

Páginas mais visitadas

 

O tratamento é decidido de acordo com as condições pessoais da pessoa, não se pode tratar o paciente como um consumidor e vender as terapias iguais para todos.
A primeira coisa a fazer é uma avaliação global para determinar a causa do distúrbio, em seguida, definir uma terapia apropriada.
Para o diagnóstico, o médico precisa de saber todos os sintomas do paciente, se já teve intervenções cirúrgicas, traumas, os medicamentos que toma, os valores anómalos nos exames de sangue, etc.
O paciente deve ir ao médico e só depois pode consultar a Internet para entender melhor a causa do sintoma e saber mais sobre as opções de tratamento e possíveis terapias naturais.
Informações encontradas on-line devem ser interpretadas por um profissional.
o diagnóstico feito por si mesmo pode ser perigoso.
Os medicamentos não são a única possibilidade terapêutica, no mundo existem muitas pessoas que não usam fármacos para o tratamento eles vivem normalmente.
Na Ásia, os indianos e os chineses preferem remédios naturais ou outras terapias como a acupuntura, massagem ayurvédica, manipulações, etc.
Não condenam a medicina baseada em fármacos que em alguns casos é muito útil, mas não deve ser a única opção terapêutica.
Outro aspecto a considerar é a mente, que muitas vezes é subestimada.
Todos sabem que uma emoção forte pode causar ataques de pânico ou crise de ansiedade, mas muitas vezes subestimamos o estresse crônico ou temporário.
Aqueles que vão para o exterior, muitas vezes podem notar que a tensão emocional para a viagem, o calor e o ar condicionado, alguns problemas no alojamento ou situações perigosas podem causar problemas intestinais como a gastroenterite.
A prevenção das doenças deveria começar daqui tentar melhorar o estilo de vida e a nutrição.

A Internet é uma grande invenção que permite que todos possam conhecer doenças, os sintomas e tratamentos que podem ser feitos, mas não substitui o médico é necessário um profissional que estudou medicina e tenha experiência clínica para avaliar cada situação. As doenças nem sempre aparecem como estão escritas em livros de medicina e você precisa interpretar os sintomas. Além disso, um paciente pode ter mais do que uma desordem simultaneamente, em seguida, o diagnóstico é complicado. Os fármacos têm muitos efeitos colaterais e interações entre entre eles por isto, apenas um médico que conhece a história médica do paciente pode prescrever-lhes.