Dor nos olhos

A dor nos olhos pode ser descrito como:

  • Pulsante.
  • Ardência.
  • Uma pontada aguda dentro ou fora dos olhos.
  • Sensação de haver um corpo estranho preso no olho.
INDICE

Dependendo de onde ocorre a dor, a dor nos olhos pode ser dividido em duas categorias:

1. Dor ocular (que ocorre na superfície do olho);
2. Dor orbital (que ocorre dentro do olho).

A dor nos olhos é bastante frequente, mas raramente é o sintoma de uma doença grave.
È possível sentir a dor nos olhos, mesmo quando eles estão fechados.

 

Causas de dor nos olhos

O desconforto ou dor pode ser causada por um problema no olho ou estruturas adjacentes, incluindo:

  • Córnea: A membrana transparente na frente do olho onde se concentra a luz recebida;
  • Esclera: Parte branca do lado de fora da parede do olho;
  • Conjuntiva: Revestimento fino da esclera;
  • Íris: Parte colorida do olho com a pupila no meio;
  • Órbita: Cavidade óssea que contém o olho e os músculos oculares;
  • Músculos extraoculares: Músculos que giram o olho;
  • Nervos: Transportam a informação visual dos olhos ao cérebro.



Dor ocular na superfície exterior

Irritação de lentes de contato
As pessoas que usam lentes de contato durante a noite ou não desinfetam corretamente são mais suscetíveis à dor nos olhos causada por irritação ou infecção.

Úlcera de córnea (infecção)
A úlcera da córnea (ou ceratite ulcerativa) pode causar dor ocular grave.Uma infecção da córnea ocorre quando as bactérias entram através de um corte na córnea.
Com o uso de lentes de contato descartáveis desgastadas é mais fácil desenvolver úlcera corneal.
Os sintomas incluem:

Uma úlcera na córnea pode se tornar uma doença grave.
Algumas bactérias podem ser extremamente agressivas e a córnea pode se perfurar causando uma endoftalmite ou uma infecção dentro do olho.
O tratamento baseia-se com colírio antibiótico que deve ser aplicado frequentemente (às vezes a cada hora 1/2.)

Blefarite
A blefarite é a inflamação ou infecção da pálpebra que provoca irritação ou dor.

Conjuntivite
A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva causada por alergias ou infecções (virais ou bacterianas). Os vasos sanguíneos na conjuntiva se tornam inchados e a parte normalmente branca do olho fica vermelha.
Outros sintomas da conjuntivite podem ser:

  • Coceira,
  • Perdas.

Este distúrbio está entre as causas mais frequentes de dor nos olhos em crianças.

Corpos estranhos
Ocorre quando há algo no olho:

  • Um pouco de sujeira,
  • Resíduos vegetais,
  • Quando há vento pode entrar um pouco de areia,
  • Fragmentos de uma lente de contato.

Os corpos estranhos geralmente são irritantes, lavar os olhos com água. Se eles não forem removidos, os corpos estranhos podem causar abrasões da córnea.
A abrasão da córnea é a causa mais frequente de dor noturna nos olhos.
Também há uma sensação de algo que aranha quando abrimos as pálpebras ao acordar de manhã.

Terçol
O terçol é uma infecção ou inflamação das bordas da pálpebra ao nível de folículos dos cílios ou glândulas sebáceas.
Geralmente um terçol é uma área muito localizada e dolorida, semelhante a uma espinha, sobre a pálpebra.

Esclerite
A esclerite é uma desordem rara que envolve a inflamação da parede do olho (esclera).
Geralmente está ligada a problemas de saúde graves como doenças auto-imunes ou doenças vasculares (poliarterite nodosa, artrite reumatóide, lúpus).
A parte branca do olho pode tornar-se vermelha, inchada e dolorida.

 

Dor orbital ou interno

As causas da dor orbital profunda são:
Infecção da córnea (ceratite): a córnea inflamada ou infectada pode ser causada por herpes, podem ter usadas as lentes de contato durante a noite ou por uma limpeza inadequada.

Glaucoma
O glaucoma é uma doença ocular que geralmente não causa sintomas no início.
No caso de glaucoma de ângulo agudo, mais a pressão dentro do olho aumenta de repente.
Os sintomas são:

Estes sintomas são uma emergência, precisam de tratamento imediato para prevenir a cegueira.


Dor nos olhosIrite e e iridociclite

A irite e a e iridociclite (ou uveíte anterior) é a inflamação da íris ou do corpo ciliar do olho, é uma doença rara.
Pode ser causada por trauma, infecção ou doenças auto-imunes.
Os sintomas incluem:

  • Dor,
  • Olhos vermelhos,
  • Sensibilidade à luz,
  • Pontos flutuantes diante dos olhos (moscas volantes),
  • Perda da visão.

Neurite óptica
A neurite óptica é uma inflamação do nervo óptico (o nervo que conecta a parte de trás do globo ocular para o cérebro).
Os sintomas de neurite óptica incluem:

  • Dor intensa nos olhos quando movem-se
  • Perda de visão.
  • Alteração na percepção de cores (enfraquecimento da tonalidade),

A causa pode ser uma doença auto-imune, uma infecção viral ou bacteriana.

 

Dor nos olhos juntamente com outros sintomas

  • Coceira e vermelhidão – a causa pode ser uma reacção alérgica
  • Sensibilidade à luz (fotofobia) – com úlcera de córnea, uveíte, ceratite e enxaqueca
  • Secreções transparentes ou coloridas (pus) – se o paciente está sofrendo de conjuntivite ou ceratite infecciosa
  • Dificuldade para abrir o olho porque é colado ou pregado – causada por infecção ou a consequência da cirurgia com laser.
  • Sensação de corpo estranho – ocorre devido a doença de Graves,
  • Náusea ou vómitos – como no caso do glaucoma ou da enxaqueca.
  • Diminuição da vista – pode ser a consequência de neurite óptica, abrasão corneana, corpos estranhos, glaucoma, enxaqueca, iridociclite e herpes ocular.
  • Olhos cansados –   excesso de trabalho em computador.
  • Dores de cabeça – por exemplo, em caso de sinusite ou defeitos de refração (miopia, astigmatismo ou hipermetropia).

 

Diagnóstico de dor nos olhos

O médico pode diagnosticar algumas doenças oculares comuns tais como a conjuntivite.
Para quaisquer causa potencialmente grave de dor nos olhos, o médico encaminha a um oftalmologista.
O oftalmologistas têm várias ferramentas para diagnosticar a dor nos olhos, todas comumente utilizada no consultório:

  • Um exame de lâmpada de fenda utilizando luz brilhante para olhar os seus olhos para ver as estruturas do olho.
  • Exame de fundo ocular – Dilatação da pupila com gotas para permitir que o médico veja o fundo do olho.
  • Tonometria para medir a pressão no olho e detectar a pressão alta no olho (em caso de glaucoma).

 

Remédios caseiros para dor nos olhos


Geralmente, os remédios caseiros consistem em hidratar os olhos com água.
Com a entrada de um corpo estranho ou produto químico no olho, é importante lavar o olho com água morna ou com um colírio.

Um método eficaz para remover o corpo estranho é:

  • Encher uma bacia de água,
  • Mergulhar o rosto na água,
  • Abrir e fechar os olhos.

Dessa forma, se há algo dentro pode sair com segurança, caso contrário, não tente remover um corpo estranho no olho, precisa consultar um profissional da área médica.

 

Tratamento para dor nos olhos

O tratamento varia de acordo com a doença de olho.

Conjuntivite: A forma infecciosa e curada com colírios ou pomadas, antibióticos se os sintomas são graves ou persistem por mais de duas semanas.
A conjuntivite alérgica com anti-histamínicos e colírios anti-alérgicos.

Abrasões da córnea e ulcerações: para a dor existem colírios e medicamentos antiinflamatórios, mas se o médico suspeita de uma infecção, pode prescrever um colírio e uma pomada antibiótica.
É necessário um curativo para o olho, pelo menos dois ou três dias consecutivos para promover a cicatrização da córnea.

Corpo estranho no olho: existem várias técnicas para remover corpos estranhos:

1. Irrigação com lavagem do olho,
2. Remoção com um cotonete,
3. Remover com uma pequena agulha.

Blefarite: seu médico ensina como limpar as bordas da pálpebra com um champô suave num pano macio duas vezes por dia para remover o excesso de óleo.

Terçol ou calázio: A terapia para estas formações consiste em colocar compressas quente nos olhos por 15-20 minutos, quatro vezes por dia.
É possível aplicar uma pomada antibiótica.
Se o calázio não desaparece em três ou quatro semanas, o oftalmologista pode esvaziá-lo cirurgicamente.


Glaucoma: O Glaucoma tem muitas opções terapêuticas, dependendo do tipo, gravidade e duração do ataque.
O glaucoma pode ser uma emergência médica, com o risco de danos permanentes aos olhos que ocorre em poucas horas, se não for tratado.
O tratamento médico inicia-se com medicamentos para reduzir o líquido no olho, tais como:

  • Beta-bloqueadores,
  • Colírios ou gotas de cortisona para reduzir a inflamação,
  • Gotas de uma medicação para constrição da pupila.

Outros medicamentos podem ser administradas por via intravenosa ou em forma de comprimido.
Se estes tratamentos não reduzem a pressão intraocular do olho, pode ser considerada a cirurgia.

Irite: esta doença pode ser tratada com colírios que causam a dilatação das pupilas e com colírios esteróides tópicos.
Em casos graves de irite, o médico pode prescrever esteróides por via oral.

Neurite óptica: a perda gradual da visão e dor no olho durante o movimento são sinais de uma doença que deve ser diagnosticada pelo neurologista e oftalmologista.

O que acontece quando ignoramos a dor nos olhos?

Na maioria dos casos a dor no olho passa por si só ou com remédios naturais.
As doenças que causam dor nos olhos, raramente causam danos permanentes aos olhos, mas é possível.
Por exemplo, a dor e os sintomas causados pelo glaucoma são o sinal de um problema iminente. Se não for diagnosticado e tratado precocemente, o glaucoma pode causar problemas de visão e até mesmo total cegueira.

Leia também