Retenção de líquido no corpo e pernas | o que fazer?

O que é retenção de líquido?
A retenção de líquido é o acúmulo de líquido no corpo que pode ser visto especialmente nas pernas, braços, rosto e barriga.

INDICE

 

Como se desenvolve a retenção de líquido? Fisiopatologia

Retenção de água generalizada
O edema (inchaço) generalizado afeta o espaço intersticial (entre as células) em todo o corpo.
A causa é um mau funcionamento dos órgãos que regulam o metabolismo da água:

  1. O rim,
  2. O fígado.

Além disso, um problema cardíaco pode alterar a pressão e causar um edema generalizado.

Retenção de líquido de origem cardíaca
A insuficiência cardíaca reduz o débito cardíaco e causa uma diminuição no volume sanguíneo (volemia) na periferia, em particular, menos oxigênio chega ao rim.
A conseqüência é a ativação do sistema renina-angiotensina-aldosterona que causa uma retenção de:

  1. Na+ (sódio),
  2. Água.

A diminuição da volemia também causa um aumento na secreção de vasopressina, portanto, há uma maior retenção de líquido também ao nível dos túbulos coletores no rim.
Todos esses mecanismos causam um aumento da volemia e isso promove a retenção de líquido porque aumenta a pressão hidrostática.
Além disso, a insuficiência do coração direito causa um aumento da pressão venosa. A fluxo venoso reduzido provoca congestionamento no nível capilar

Retenção de líquido de origem renal
A insuficiência renal pode apresentar-se como:

  1. Síndrome nefrítica
  2. Síndrome nefrótica

Síndrome nefrítica: caracteriza-se por uma alteração da filtração glomerular, o glomérulo não filtra o suficiente.
A conseqüência é a emissão de urina reduzida que causa um aumento:

  1. Do volume sanguíneo,
  2. Da pressão arterial.

Este aumento no volume é responsável:

  1. Do aumento da pressão hidrostática,
  2. Da formação de um edema generalizado.

Síndrome nefrótica
Um dano ao glomérulo renal provoca uma alteração da permeabilidade protéica.
A conseqüência é a passagem de proteínas no ultrafiltrado (líquido com características intermediárias entre o sangue e a urina) que provoca a proteinúria (proteínas na urina).
Isso causa uma redução na pressão oncótica (pressão causada por proteínas no sangue) abaixo de 28mmHg que é necessária para reter os líquidos dentro do capilar.
As consequências são:

  1. O movimento de líquidos no espaço intersticial,
  2. Redução do volume sanguíneo,
  3. A diminuição do filtrado glomerular que provoca um aumento na secreção de aldosterona.

A aldosterona retém Na+ e água, por isso aumenta os fluidos no corpo.
A retenção de líquidos e a diminuição da pressão oncótica causam um edema evidente.

 

Retenção de líquido localizada

Este é edema em uma área limitada e as causas são locais, por exemplo:

  1. Obstrução venosa – em caso de trombose venosa ou compressão venosa nos membros inferiores, a parte drenada da veia afetada é inchada. O inchaço está em apenas um tornozelo e não em ambos.
  2. O edema linfático está relacionado a algo que afeta o sistema linfático, por exemplo, um tumor que começa a partir de um linfonodo ou a causa pode ser a remoção cirúrgica de vasos linfáticos.
  3. Edema no braço – no caso de câncer de mama, o cirurgião pode remover vários vasos linfáticos. Em alguns casos, o paciente desenvolve um edema pós-operatório no nível do braço que pode ser muito doloroso.

 

Causas da retenção de líquido

A retenção de água pode ter muitas causas, algumas são fisiológicas e benignas, em outros casos a origem é uma doença.

A posição sentada por muitas horas (especialmente durante os voos longos em avião) é uma causa frequente de tornozelos inchados.

O sangue nas veias dos membros inferiores precisa de um impulso para voltar ao coração.
Ao caminhar, a contração dos músculos da panturrilha funciona como uma bomba e permite a subida do sangue.

Algumas pessoas que estão sentadas todo o dia têm inchaço nos tornozelos.

A razão é que os músculos são inativos e não são capazes de bombear o fluido no sentido do coração.

Permanecer em pé por um longo período é uma situação semelhante.
Devido à força da gravidade, o líquido no corpo se acumula nos tecidos da parte inferior das pernas, provocando inchaço nos tornozelos (retenção de líquidos).
Quando o líquido é empurrado no sentido do coração, acumula-se na perna causando inchaço.

A falta de exercício físico é uma causa de retenção de água.
Quando fazemos exercícios, ajudamos as veias das pernas a trabalhar contra a gravidade e empurrar o sangue para o coração.

Se as válvulas nas veias da perna são enfraquecidas, existe um retorno insuficiente de sangue para o coração que causa a retenção de líquidos. Esta patologia é conhecida como insuficiência venosa crônica.

Uma lesão no tornozelo e na canela pode inchar a área.
Após a lesão, a causa mais comum é uma infecção em torno ou dentro da articulação do tornozelo.

Retenção de líquido

© fotolia.com

As mulheres podem sofrer desta doença devido à gravidez ou síndrome pré-menstrual.
As alterações hormonais causam um acúmulo excessivo de líquidos no corpo.
Até mesmo a pressão arterial alta durante a gravidez causa esta doença.
Se uma mulher toma pílula anticoncepcional, o estrogênio presente nestes medicamentos pode causar retenção de água e celulite.

Vários medicamentos causam pernas inchadas e retenção de água, por exemplo:

  1. Os medicamentos para a depressão, diabetes, hipertensão arterial,
  2. Cortisona – promove a retenção de sódio e a excreção de potássio,
  3. Antiepilépticos como a carbamazepina,
  4. Antiinflamatórios não-esteróides,
  5. Anticoncepcionais,
  6. Mifepristona  para aborto medicinal.

O edema e o inchaço no pé podem ser causados por alguns distúrbios, tais como:

  • Doença renal (especialmente em idosos)
  • Distúrbios cardíacos
  • Doença hepática (como cirrose)
  • Hipotireoidismo (hipoatividade da tireóide que não produz hormônios suficientes)

Quando comemos alimentos ricos em sódio ocorre a retenção de água.

De acordo com um estudo de Osterberg KL et al. (Gatorade Sports Science Institute, Barrington, IL 60010, USA), os carboidratos causam retenção de líquido. Em indivíduos desidratados, as bebidas com um teor de carboidratos de 3%, 6% e 12% causaram um aumento no índice de massa corporal após 4 horas.
Os carboidratos que são ingeridos são armazenados sob a forma de glicogênio.
Um grama de glicogênio no corpo se liga a 2,7 gramas de água.
O glicogênio é armazenado:

  1. No fígado,
  2. Nos músculos.

Aqui pode rapidamente se transformar em glicose para fornecer energia quando o corpo precisa disso.
Essa ligação explica por que a redução de carboidratos na alimentação ou a dieta provoca uma perda de peso substancial no início.
Quando o glicogênio nos músculos é reduzido, muita água é perdida.

A falta de proteína na dieta também é uma das causas de retenção de água.
As proteínas são essenciais para a regularização do equilíbrio de água no corpo. Muitas pessoas não sabem que a deficiência de vitamina B6 (tiamina) pode causar retenção de líquidos.

 


Sintomas da retenção de líquidos no corpo

Abaixo estão alguns dos sintomas de retenção de água no organismo:

  1. Inchaço e esticamento da pele que torna-se brilhante. Podemos observar nas pernas e na zona abdominal.
  2. Quando pressionamos a área inchada, podemos observar uma covinha que se forma por alguns minutos
  3. Muitas vezes aparece a celulite na parte de trás das coxas
  4. Dificuldades para respirar (em caso de ascite)
  5. Abdômen inchado
  6. Inchaço no rosto, se formam bolsas sob os olhos
  7. Mãos e dedos inchados
  8. Ganho de peso
  9. Os atletas que praticam musculação perdem a definição muscular do corpo por causa dos líquidos que se acumulam.

 

Edema ocular

O aumento do líquido nos olhos pode ser:

  1. Edema da córnea: ocorre em caso de lesão corneana,
  2. Edema de pupila: está ligado ao aumento da pressão intracraniana,
  3. Glaucoma.

Causas de edema ao redor dos olhos

  • Uma grave reação alérgica a medicamentos ou alimentos, muitas vezes se manifesta sob a forma de inchaço facial que afeta os olhos.
  • Haver os olhos inchados, mesmo quando a pessoa é jovem, é causada por um distúrbio no funcionamento das glândulas lacrimais.
  • O inchaço ao redor dos olhos também pode ser devido a problemas de pele como dermatite.
    A pele pode inchar como conseqüência da exposição a irritantes como sabões e detergentes. Os produtos cosméticos também contém irritantes da pele portanto aplicar muita maquiagem nos olhos também pode causar dermatite.

 

O que provoca a retenção de água durante a gravidez

Durante o segundo e terceiro trimestre, observamos um inchaço do corpo, existem muitas razões para isso.

As causas fisiológicas da retenção de água na gravidez são:

  • Aumento do volume sanguíneo
  • Retenção de Na + e água no espaço intersticial (entre células)
  • O útero comprime a veia cava inferior e as veias ilíacas.
  • A progesterona circulante causa vasodilatação, a conseqüência é congestionamento venoso.
  • Outras causas são a falta de exercício e o estilo de vida sedentário.

Durante o segundo e terceiro trimestre, o inchaço das partes do corpo é normal. No entanto, o inchaço súbito do corpo durante o final do segundo trimestre é um motivo de preocupação. Durante este período, o inchaço das mãos e pescoço é um sinal do desenvolvimento da pré-eclâmpsia.
Esta doença provoca a pressão arterial alta, que pode ser perigosa para a mãe e para o bebê.
A pré-eclâmpsia também provoca:

  • Uma excessiva retenção de líquidos no corpo,
  • Aumento do peso corporal,
  • Secreção de proteínas na urina.
  • Forte dor de cabeça
  • Alterações da visão (moscas volantes no campo visual)

Quando ocorrem estes sintomas, procurar imediatamente um médico.

Em fase de aleitamento, a retenção de líquido é causada pelo hormônio prolactina que é usada para produzir o leite.

 


Retenção de líquidos durante o ciclo menstrual

Alterações hormonais: As mudanças nos hormônios (especialmente o aumento da progesterona) provocam um acúmulode líquido nas extremidades.
Portanto, antes da chegada da menstruação, algumas mulheres podem sofrer de pernas e mãos inchadas.

Desidratação: As mulheres não consomem água suficiente. Isso causa desidratação. Quando o corpo está desidratado provoca um edema, por isso o corpo retém água.

Níveis elevados de sódio: A maioria das mulheres muitas vezes come alimentos ricos em sódio. A alta quantidade de sódio causa retenção de água.

Menopausa
No período antes do ciclo menstrual, mesmo durante a menopausa pode ocorrer muita retenção de água devido a desequilíbrios hormonais.
Na prática, vemos muitas mulheres com mais de 50 anos que têm pernas, joelhos ou pés inchados depois de apenas algumas horas de caminhada.

 

Retenção de água em homens

Porque o homem sofre de retenção de líquido?

➜ Quando os rins não são capazes de filtrar os resíduos do sangue, a condição é denominada como insuficiência renal. Quando isso acontece, o inchaço nas pernas e tornozelos é um fenômeno comum.

➜ Os problemas de tireóide podem causar esta desordem.

➜ Nos homens que estão acima do peso, os níveis elevados de estrogênio (uma subprodução da gordura corporal) podem provocar pernas e pés inchados.

➜ Nos adolecentes, comer muito sal pode causar retenção de líquidos. Podem agravar o problema:

  1. O junk food (comida lixo ou porcaria),
  2. Os aditivos aromatizantes.

➜ O açúcar é outro fator causador. Ele força o corpo a produzir mais insulina, causando retenção de água.

➜ As proteínas no sangue atraem a água e desempenham um papel importante em manter o equilíbrio de água no corpo.
Quando se sofre de deficiência de proteína grave, o sangue não contém proteína suficiente para levar a água dos tecidos para os capilares.
Isso provoca o acúmulo de água no interior dos espaços intersticiais.

 

Exercícios, bicicleta ergométrica,pernas inchadas

© Massimo Defilippo

O que fazer a retenção de líquido? O tratamento

O tratamento enfoca a causa subjacente do acúmulo de líquido.
Uma dieta com baixo teor de sal é frequentemente o primeiro passo para impedir o acúmulo de líquido nas pernas.
Não é necessário beber muita água, bebendo pouco estão menos líquido no corpo

Se uma pessoa come muitas frutas e vegetais, não tem o estimulo da sede, em vez disso, quando você come muitos cereais e carboidratos, tem muita sede.

Quanto e que água devemos beber?
O importante é beber água com pouco sódio, o corpo é capaz de regular os líquidos de acordo com as necessidades.
De acordo com várias teorias da medicina natural, a quantidade ideal é entre meio litro e um litro por dia.

 

Mantenha-se fisicamente ativo

Realizar exercícios físicos regulares pelo menos 30 minutos todos os dias ajuda a desintoxicar o organismo e reduzir a retenção de líquido.
Haver um estilo de vida sedentário pode favorecer muitos problemas de saúde.
Portanto recomendamos caminhadas.
Andar de bicicleta, nadar ou fazer exercícios leves diariamente fazem muito bem a saúde.
Quando se sofre de doenças nas articulações ou outros problemas de saúde, consultar um médico profissional para descobrir quais exercícios podem ser feitos para eliminar a retenção de líquidos.

Leg press, retenção de líquido

© Massimo Defilippo

Geralmente, a bicicleta ergométrica e o Leg Press são as atividades mais úteis porque eles permitem de trabalhar com os tornozelos mais em alto do que com outros exercícios.

 

Remédios naturais para combater a retenção de líquido

  • Se os tornozelos e as pernas inchadas são devido à gravidez, a mulher deve manter as pernas elevadas. Isso ajuda a normalizar o fluxo sanguíneo e reduzir o inchaço.
  • A aplicação de óleo de mostarda quente sobre a área afetada é um dos remédios caseiros mais utilizados.
    Embeba duas colheres de chá de mostarda em água durante a noite e aplique a solução nas áreas afetadas para obter alívio.
  • O vinagre de maçã é benéfico para tratar a retenção de líquidos nas pernas, é necessário espalhar este produto ao longo das pernas até o calcanhar ou até a parte de trás do pé dependendo da extensão do inchaço.
  • Entre os remédios de ervas, existem cremes ou pomadas a base de centella asiatica e castanha da Índia que tem uma ação anti-edema e podem ser aplicadas nas áreas inchadas.
  • Existe também os florais de Bach, útil para retenção de líquido, tais como Larch e Crab apple.
  • Existem alguns tratamentos manuais muito úteis, por exemplo a drenagem linfática manual para desinflar os membros inferiores.
    Podemos juntar a transferência de energia capacitiva e resistiva, a pressoterapia e a massagem drenante para obter efeitos mais rápidos.
    As sessões têm uma duração de pelo menos 1 hora e é aconselhável repetir este tratamento 5/10 vezes para obter um resultado mais duradouro.
  • É necessário parar de fumar e beber álcool.
  • Atenção aos suplementos alimentares, por exemplo a creatina aumenta a retenção de líquido a nível muscular.

Chá de ervas para eliminar a retenção de líquido

Dente-de-leão
O dente-de-leão (Taraxacum officinale) é uma erva que tem sido usada há muito tempo como um diurético natural.
Os diuréticos naturais podem ajudar a reduzir a retenção de água porque aumentam a produção de urina.

É rico em potássio e ajuda a reduzir os níveis de sódio no organismo. Além disso, uma vez que é rico em magnésio, é um bom remédio da vovó para aliviar o inchaço pré-menstrual.

Em um estudo de Clare BA et al. (Departamento de Medicina Herbal Medicine, Tai Sophia Institute, Laurel, MD 20723, EUA), 17 voluntários tomaram três doses de extrato de folhas de dente-de-leão em 24 horas.
Eles controlaram a ingestão de líquidos e a produção de urina nos dias seguintes.
O resultado é um aumento significativo na quantidade de urina produzida.

Modo de preparo:

  1. Deixe uma colher de chá de dente-de-leão seco em uma xícara de água quente durante cerca de 10 minutos.
  2. Filtre,
  3. Beba este chá de ervas até três vezes por dia.
  4. Você pode comprar a tintura-mãe (extrato) de dente-de-leão (500mg uma a três vezes por dia).

Antes de iniciar uma terapia à base de ervas, você precisa conversar com o seu médico porque pode interagir com alguns medicamentos.

Salsa
A salsa tem excelentes propriedades diuréticas.
Modo de preparo do chá de salsa:

  • Coloque duas colheres de chá de folhas de salsa seca em uma xícara de água fervente.
  • Deixe repousar durante 10 minutos.
  • Beba até três vezes por dia.

Você também pode beber uma mistura de suco de salsa fresca e suco de limão.

 

Os comprimidos para a retenção de líquido funcionam?

A resposta é sim. Neste caso, as pílulas diuréticas ajudam a remover o excesso de água no corpo, aumentam a frequência e o volume de urina.
No entanto, isto não é uma cura completa e definitiva para a retenção de líquido.
Seu médico pode prescrever furosemida (Lasix), que é um diurético para reduzir o acúmulo de líquido.

Os comprimidos de dente de leão estão entre os melhores remédios caseiros para a retenção de água.

 

Alimentos recomendados para retenção de líquido

A saúde intestinal é essencial para evitar este problema, portanto a alimentação deve ser saudável e equilibrada.

Você não pode eliminar a retenção de água com um remédio natural se você não muda a alimentação.
Em primeiro lugar, devemos evitar alimentos que contenham muitos carboidratos:

  1. Doces,
  2. Cereais refinados (como pão) ou grãos integrais (como arroz integral).

Você pode fazer um teste muito simples, quando você come os biscoitos pela manhã, arroz ou macarrão para almoço e pão, permanece o sinal da meia nos tornozelos.
As frutas e vegetais são diuréticos naturais porque contêm muito potássio e pouco sódio.
Entre os alimentos recomendados, estão:

  • Lime doce
  • Cebola
  • Brócolis
  • Oliva
  • Nabo
  • Alface
  • Melancia
  • Laranja
  • Limão
  • Abacaxi
  • Suco de mirtilo
  • Framboesa
  • Mamão
  • Morango

Reduzir a retenção de água com potássio

O sódio ou o sal são fatores chave para o inchaço do corpo. Portanto, os alimentos ricos em potássio (K) são extremamente benéficos para equilibrar a quantidade necessária de sódio e eliminar o excesso de líquidos no corpo.
Contra a barriga inchada, você pode comer:

  • Damasco
  • Abacate
  • Banana
  • Melão
  • Kiwi
  • Feijão verde
  • Nectarina

 

Outros alimentos que ajudam

Juntamente com as frutas, verduras e alimentos ricos em potássio, existem certas ervas que reduzem a retenção de água, por exemplo os espargos que são extremamente eficazes contra o inchaço abdominal.
A uva ursi é uma erva que funciona de uma forma significativa para reduzir a retenção de água, graças a diurético que reduzem o inchaço.

A seguir está uma lista de alimentos que ajudam a reduzir a retenção de líquido no organismo:

  • Espargos
  • Salsinha
  • Dente de leão
  • Aipo
  • Castanha
  • Semente de funcho
  • Espinheiro-branco
  • Talho vassoura.

 

Alimentos a evitar

O leite e os produtos lácteos aumentam a retenção de líquido, somente os bebês devem beber o leite da mãe.
Muitas vezes a barriga inchada é causada por produtos lácteos.

Os doces e açúcares em geral não são recomendados porque eles não fazem parte de uma dieta saudável.

Leia também