Manchas na glande

Algumas manchas na glande são causadas por doenças graves, mas a maioria das manchas no pênis são absolutamente inofensivas.

ÍNDICE

 

As principais preocupações são:

1. Uma doença sexualmente transmissível,
2. Um tumor.

Às vezes as manchas na glande são um sinal de infecção sexual e quase nunca são um sinal de câncer.
Muitas pessoas pensam que algumas doenças como a AIDS e a mononucleose possam causar o aparecimento de manchas vermelhas na glande, mas isso é falso.

Menina, médica


Tipos de manchas na glande

As manchas na glande podem ser divididas em grupos de acordo com a sua aparência.

  • Escaras: são lesões cutâneas pequenas não frequentes. Muitas vezes formam uma crosta ou enchem-se de pus.
  • Pápulas: são pequenos nódulos (menos de 1 cm de diâmetro) salientes sobre a superfície da pele.
  • Placas: são formações planas e salientes superiores a 1 cm de diâmetro.
  • Úlceras: uma única úlcera do pênis: muitas vezes é causada por uma doença grave e é necessário consultar um médico logo que possível.

Causas de manchas na glande

O eczema geralmente afeta outras partes do corpo, mas raramente pode aparecer no pênis. Em tais casos, pode ser uma reação da pele a uma substância irritante.

  • O material de que o preservativo é feito (látex) pode causar uma reação alérgica que pode afetar a glande.
    Também é conhecido como dermatite atópica.
  • Se as manchas aparecerem na glande quando o homem se lava, pode ser uma reação alérgica a uma substância contida nos produtos para a limpeza.


O eczema aparece como placas vermelhas, claras e difusas com uma margem mal definida e com a superfície rachada ou rasgada.
Geralmente provoca uma irritação muito grave.
Existem vários tratamentos eficazes disponíveis, por exemplo pomadas à base de cortisona.
Não é contagioso.

Prostatite bacteriana
As manchas vermelhas e a sensação de queimação na glande também podem ser causadas por uma prostatite bacteriana.
Neste caso, os sintomas ocorrem especialmente:

  • Durante a ejaculação,
  • Durante a micção,
  • Após a relação sexual.

 

Úlcera única que causa manchas na glande 

  • Sífilis primária: uma única úlcera indolor e redonda na glande ou na bolsa escrotal é característica da sífilis.
    A sífilis é causada por espiroquetas, ou seja, bactérias espirais chamadas de Treponema pallidum.
    É uma doença sexualmente transmissível.
  • A úlcera venérea (ou cancroide) é uma doença sexualmente transmissível causada por Haemophilus ducreyi. Esta doença provoca inicialmente uma pápula com borda avermelhada. Em seguida, formam-se úlceras genitais dolorosas no prepúcio.
  • O granuloma inguinal e o linfogranuloma venéreo são provocados por doenças venéreas: o primeiro é causado por Klebsiella granulomatis e o segundo pela a clamídia. São doenças que causam inicialmente uma única úlcera indolor com mau cheiro.
  • Câncer do pênis: pode parecer como uma úlcera genital indolor e irregular. Geralmente ocorre em homens com mais de 80 anos de idade.
    O tratamento e o diagnóstico precoce são essenciais e podem salvar vidas.

 

Úlceras múltiplas que causam manchas na glande

As úlceras múltiplas no pênis são mais frequentes e podem ter uma causa menos grave.
No entanto, é necessário ir imediatamente ao médico.
Podem ser divididas em dois grupos:
1. Agudas – presentes por menos de duas semanas,
2. Crônicas – presentes por mais de duas semanas.

Herpes genital: esta é a causa mais comum de úlceras genitais.
É causada pelo Herpes vírus tipo 2 e raramente do tipo 1 (o vírus que causa a herpes oral ou herpes labial).
A herpes genital é caracterizada pela formação de vesículas genitais, ou seja, pequenas bolhas que rapidamente estouram e formam pequenas úlceras dolorosas.
É altamente contagiosa e:

  • Geralmente é transmitida sexualmente,
  • Raramente ocorre após um relação sexual oral.

O primeiro episódio causa ardor bastante grave.
Os episódios agudos podem ser tratados eficazmente com medicamentos antivirais, como o aciclovir.
O estresse e outras doenças podem causar recaídas.

Sífilis secundária
O segundo estágio da sífilis provoca várias úlceras, superficiais, irregulares e indolores no pênis.
Geralmente ocorre em conjunto com uma doença semelhante à gripe e uma erupção cutânea com manchas vermelhas no corpo.
É uma doença venérea contagiosa.

Úlcera aftosa: esta lesão é pequena, pouco dolorosa, superficial e geralmente afeta a boca, mas também pode afetar o pênis.
Geralmente, é esbranquiçada no centro, enquanto nos lados é vermelha e brilhante.
Ela ocorre em grupos e passa sem tratamento.
As aftas não são contagiosas e a causa é desconhecida.

 


Úlceras múltiplas crônicas no pênis que causam manchas na glande 

Pênfigo: esta lesão geralmente afeta outras partes do corpo, como a boca, mas também pode ocorrer na glande.
Trata-se de vesículas com paredes finas que se rompem formando uma úlcera.
O pênfigo é geralmente doloroso e pode causar coceira.

Doença de Behçet: uma doença inflamatória que afeta:

  • Pele,
  • Articulações,
  • Nervos,
  • Olhos,
  • Outros órgãos do corpo.

Entre os sintomas estão grandes úlceras, profundas e dolorosas na glande e no escroto; as úlceras também estão sempre presentes na boca.

Quando as úlceras genitais curam, deixam marcas na pele:

  • Cicatrizes,
  • Manchas.

É uma doença potencialmente grave, mas não é contagiosa.

A síndrome de Reiter é uma doença reumática que se manifesta com artrite generalizada.
Cerca de um quarto dos homens afetados tem placas ulceradas e pequenas ao redor da glande e do prepúcio.

A síndrome de Reiter também pode afetar:

É causada por uma resposta imune anormal a uma infecção intestinal ou uma doença sexualmente transmissível.
Pode ter recaídas durante um período prolongado, mas pode ser tratada.
A síndrome de Reiter não é contagiosa, mas os germes que a causam podem ser transmitidos sexualmente, por exemplo no caso de:

 


Pápulas na glande

As pápulas são pequenas espinhas de cor rosa que geralmente não têm uma causa grave, mas algumas são infecciosas.
Especialmente para as pessoas com mais de 50 anos de idade, é importante consultar um médico logo que possível para as pápulas no pênis

O molusco contagioso é uma doença viral comum, benigna e infecciosa que afeta a pele e as membranas mucosas.
É uma doença frequente em crianças e é transmitida através do contato com a pele de uma pessoa infectada.
Em adultos, o molusco contagioso também pode ser transmitido sexualmente e afeta os órgãos genitais, mas também pode ocorrer em:

  • Face,
  • Pescoço,
  • Tronco,
  • Membros.

O molusco contagioso provoca a formação de pápulas rosa múltiplas, pequenas e em forma de cúpula, frequentemente com uma depressão central esbranquiçada.
Ele pode desaparecer sem tratamento; caso contrário, é necessário fazer a congelação ou a cauterização.

Folículos pilosos e glândulas sebáceas que produzem o suor.
Estas pápulas são formações de pele muito frequentes e são normais.
Geralmente encontram-se no pênis, especialmente na superfície inferior (abaixo).
As pápulas podem ser visíveis como pequenos nódulos ou podem ser sentidas apenas como pequenas protuberâncias sob a pele.


Pápulas perláceas penianas: as pápulas múltiplas são pequenas (cerca de 1-3 mm) e podem ser encontradas na coroa da glande.
Elas crescem normalmente em homens com idade entre 20 e 30 anos e afetam cerca de 10 por cento dos homens.
Podem ser confundidas com verrugas, não são infecciosas e não precisam de tratamento.

Os grânulos de Fordyce são pápulas pequenas (1 mm) de cor rosada com tendência ao amarelado. Podem aparecer na glande ou no escroto e geralmente afetam os jovens.
Eles podem ocorrer:

  • Como uma lesão solitária,
  • Em grupos entre 50 e 100.

São formações fisiológicas, indolores e não coçam, mas podem causar constrangimento por causa da aparência.
Os grânulos de Fordyce são glândulas sebáceas hipertróficas, cobertas por pele espessada.
Não são infecciosos e a causa é desconhecida.
Por razões estéticas podem ser removidas com o laser de CO2

Psoríase: geralmente afeta outras partes do corpo, especialmente:

  • Os joelhos,
  • Cotovelos,
  • Couro cabeludo,

Às vezes a psoríase aparece:

  • No pênis,
  • Na superfície da glande,
  • No prepúcio.

psoríase genital tem sintomas diferentes em comparação com a de outras partes do corpo (vermelhidão, escamas e comichão).
Os sintomas da psoríase genital são:

  • Pápulas vermelhas,
  • Coceira.

Existem vários tratamentos eficazes para a psoríase, por exemplo o creme à base de cortisona, como Clobesol ® pomada.

Verrugas: diferentes tipos de verruga podem aparecer no pênis.
A verruga genital (condiloma) é causada pelo vírus do papiloma humano (HPV) e é contagiosa.
Pode ser:

  • Única ou múltiplas,
  • Rosa ou marrom,
  • Com uma superfície úmida.

A infecção por HPV é associada com o desenvolvimento do câncer do colo do útero e do ânus.
As verrugas podem ser tratadas de várias maneiras, incluindo:

  • Congelamento com um tampão de nitrogênio líquido,
  • Remoção cirúrgica.

 


Placas na glande

As placas no pênis não são causadas por uma doença grave, mas algumas são infecciosas.
Raramente, a eritroplasia de Queyrat, o líquen escleroso e a balanite xerótica obliterante (BXO) podem causar câncer no pênis.

Balanite e postite: a balanite é uma doença inflamatória da glande.
A postite é uma doença inflamatória do prepúcio.
Os sintomas são:

  • Irritação local,
  • Queimação,
  • Uma erupção cutânea vermelha.

Às vezes, a pele parece estar rachada e ligeiramente queimada.
A causa é uma infecção bacteriana ou fúngica, como a cândida.
Esta doença pode ser causada pelo:

  • Contato sexual,
  • Uso excessivo de medicamentos antibióticos.

O tratamento para balanite causada por cândida envolve a aplicação de pomada antimicrobiana.

A balanite ou o inchaço da glande são difíceis de ignorar se forem um sintoma de infecção por fungos (por exemplo, Candida albicans).
Os sintomas incluem:

  • Coceira insuportável,
  • Sensação de ardor na glande,
  • Dor especialmente após a ejaculação,
  • Manchas vermelhas,
  • Vermelhidão,
  • Substâncias brancas na glande e no prepúcio,
  • Secreções do prepúcio,
  • Bolhas.

Tratamento para infecção por levedura
Os médicos geralmente prescrevem certos medicamentos contendo:

  • Anfotericina B (Fungizon ®),
  • Cetoconazol,
  • Fluconazol, etc.

Entre os remédios naturais o iogurte ajuda a restaurar a flora intestinal “boa”, bem como o alho e o azeite de oliva.

Eritroplasia de Queyrat: esta doença rara aparece como uma mancha vermelha brilhante, rodeada por uma superfície aveludada.
Geralmente é indolor e não causa coceira.
É uma manifestação precoce de câncer no pênis e precisa de um diagnóstico e um tratamento urgente.

A balanite das células plasmáticas de Zoon aparece como uma placa vermelha brilhante na superfície do prepúcio e da glande. É geralmente indolor, mas pode causar coceira.
A causa é desconhecida.
A recaída é frequente.
A circuncisão pode ser curativa, mas não essencial.

Entre os novos tratamentos estão:

  • Ablação por Laser CO2,
  • Imunomoduladores tópicos.

A balanite das células plasmáticas de Zoon não é contagiosa.

Líquen escleroso e balanite obliterante xerótica: o líquen escleroso provoca a formação de placas brancas:

  • Na glande,
  • No prepúcio,
  • Na bolsa escrotal.

Geralmente são assintomáticas (não provocam sintomas).
O líquen escleroso pode afetar a área genital inteira ou o púbis.
A balanite xerótica obliterante é uma forma grave de líquen escleroso que afeta o prepúcio de homens não circuncidados.
Na borda do prepúcio forma-se uma banda fibrosa branca.
Isso pode:

  • Obstruir a passagem da urina (estenose uretral),
  • Afetar as relações sexuais.

Ambas as doenças não são contagiosas.

Top