Dor no intestino

INDICE

O cólon é a parte final do intestino grosso, serve para a absorção de água e sais minerais dos alimentos indigestos.
O intestino grosso estende-se da junção ileocecal (entre o intestino delgado e o ceco) até o ânus e desempenha a função de expelir os resíduos da digestão do corpo.
O intestino grosso é composto das seguintes partes:

  1. Ceco,
  2. Reto,
  3. Cólon.

O cólon é dividido em 4 seções:

  1. Ascendente,
  2. Transverso,
  3. Descendente,
  4. Sigmóide.

Dor no intestino, intestinos, estômago
Entre o intestino delgado e o intestino grosso existe uma área chamada de ceco que muitas vezes provoca dor, especialmente a nível da válvula ileo-cecal.


Doenças do intestino grosso

Doença de Crohn
A doença de Crohn é uma doença inflamatória intestinal que pode ocorrer em qualquer lugar ao longo do trato gastrointestinal.
Afeta especialmente a parte inferior do intestino delgado, mas o inchaço ou a inflamação pode chegar até o intestino grosso.
Entre os sintomas mais ou menos graves estão:

Diverticulite ou diverticulose
A formação e a inflamação dos divertículos na parede intestinal é chamado de diverticulite.
Estas bolsas podem se desenvolver em qualquer lugar ao longo do trato digestivo, mas são mais freqüentes no intestino grosso.
Os sintomas da diverticulite incluem:

Colite ulcerativa
A colite ulcerativa é uma doença inflamatória intestinal que causa inflamação crônica do trato digestivo.
Os sintomas desta doença incluem:

  • Dor abdominal semelhante a um cólica (Collins – 2006);
  • Sangue nas fezes
  • Episódios de diarréia
  • Necessidade urgente de evacuar;
  • Vontade constante de evacuar, mesmo que não haja necessidade.

Síndrome do intestino irritável
A comida, o stress, o desequilíbrio hormonal e outras doenças do trato gastrointestinal podem causar essa doença.
Os músculos do cólon se contraem (peristalse) para ajudar as fezes a transitar para o reto.
No caso de espasmo de cólon, os músculos da parede do cólon se contraem de maneira descoordenada.
Essas contrações costumam ser dolorosas, enquanto as contrações normais raramente são notadas.
Os sintomas da síndrome do intestino irritável são:

  • Náusea
  • Meteorismo
  • Inchaço abdominal
  • Diarréia
  • Prisão de ventre (Lacy – 2009)
  • Dor de barriga que pode piorar quando o paciente corre.

A alimentação e a dieta são essenciais no tratamento desta desordem.
É necessário evitar:

  1. Lacticínios,
  2. Frituras,
  3. Doces,
  4. Bebidas açucaradas.

É recomendável comer as verduras centrifugadas vegetais, especialmente aqueles com a folha verde.

O que tomar? Medicamentos
O médico pode prescrever a butilescopolamina (Buscopan) que é um antiespasmódico e é usado para reduzir as contrações do músculo intestinal (Weiser – 2009).

Proctite
A proctite é a inflamação do reto.
Um trauma, as radiações, as doenças sexualmente transmissíveis e o uso prolongado de antibióticos podem causar a proctite.
Esta doença manifesta-se com:

  • Fezes duras e sangramento
  • Vontade constante e freqüente de defecar
  • Muco nas fezes
  • Dor no reto ou no abdômen
  • Diarreia
  • Sensação de evacuação incompleta do intestino.

 

Polipo intestinal,Colite ulcerativa,doencas do intestino,diverticulite,diverticulose

Pólipos intestinais
Os pólipos intestinais são massas anormais na parede interior do intestino.
O sinal mais significativo dos pólipos intestinais é o sangramento retal.
Estes pólipos podem desenvolver-se:

  1. Devido à idade (acima de 50 anos),
  2. Em pessoas que seguem uma dieta rica em gordura e com baixo teor de fibra.

Outras causas da dor de cólon incluem:


Causas de dor no cólon sigmóide

O cólon sigmóide é a parte inferior do intestino grosso, a área que normalmente é chamada de “baixo ventre”.
A dor no cólon sigmóide (parte final do intestino, no lado inferior esquerdo) pode indicar um problema leve (por exemplo, irritação que ocorre durante a ovulação) ou grave como câncer de cólon.
De acordo com o Instituto Nacional de diabetes e doenças digestivas e rinais (NIDDK), quase 50% da população americana sofre de problemas intestinais devido à dieta pobre em fibras.
Esta é a causa principal do desenvolvimento das doenças do cólon sigmóide.
Existem muitas doenças que podem causar dor.
Outras causas de dor no cólon sigmóide:

  • Colite ulcerativa
  • Câncer de cólon sigmóide
  • Diverticulite
  • Volvo de cólon sigmóide
  • Sigma tortuoso

 

Causas da dor após a defecação

  • Proctite
  • Doença de Crohn ou colite ulcerativa
  • Hemorróidas

 


intestino,grossoSinais e sintomas de dor no cólon

É necessário conversar com um médico em caso de:

 


Causas de dor intestinal após comer

  • Síndrome do intestino irritável (SII),
  • Doença de Chron,
  • Intoxicação alimentar,
  • O câncer colorretal pode causar dor abdominal a qualquer momento e saciedade precoce ao comer,
  • Intolerância à lactose ou outros alimentos

 


Tratamento para dor no cólon

O tratamento para dor após a defecação depende da causa subjacente.
Além de prescrever os medicamentos analgésicos necessários, o médico trata a infecção subjacente ou a doença responsável pela dor.
Se houver uma infecção, geralmente o seu médico pode prescrever antibióticos.

Uma dieta saudável e exercício físico regular são os tratamentos mais importantes, úteis e eficazes.
O efeito terapêutico dos medicamentos é temporário e podem causar efeitos secundários.

 


Remédios naturais para dor no cólon

Chá de ervas com sementes de linho
A semente de linho é uma boa fonte de fibra alimentar necessária para o trânsito intestinal rápido.
Além disso, as sementes de linhaça são ricas em ácidos graxos essenciais ômega-3 que ajudam o sistema imunológico e digestivo.
Com este remédio pode ser tratada a constipação, mas também diarréia.
Preparação do chá de ervas para regularizar o intestino:

  • Despeje uma colher de sopa de sementes de linho em uma xícara de água fervente.
  • Aguarde 5 minutos.
  • Beba antes de ir para a cama à noite.

Gengibre
O gengibre pode reduzir os gases e o inchaço intestinal, por isso é ótimo para o tratamento do intestino irritável.
Além disso, no nível intestinal, o gengibre pode:

  1. Reduzir a inflamação,
  2. Relaxar os músculos (efeito antiespasmódico).

Recomendamos comer gengibre cru:

  • Corte 5-10 gramas de gengibre cru,
  • Descasque,
  • Pique em muitos pedaços pequenos,
  • Adicione a um prato de legumes (ervilhas, grão de bico, lentilhas, etc.) durante o almoço.

Evite este remédio em caso de hipertensão arterial.

Camomila
A camomila é freqüentemente usada para tratar problemas intestinais, incluindo diarréia.
As propriedades antiespasmódicas e a grande quantidade de taninos presentes na camomila podem melhorar bastante a diarréia.

  1. Ferva um copo de água,
  2. Despeje uma colher de chá de flores de camomila,
  3. Adicione uma colher de chá de folhas de hortelã-pimenta.
  4. Aguarde aproximadamente 15 minutos.
  5. Beba este chá de ervas pelo menos três vezes ao dia.

Dieta para dor no cólon

Durante as refeições é necessário comer alimentos ricos em fibras para melhorar a evacuação, excepto no caso de agravamento (fase aguda) das seguintes doenças:

  • Doença de Crohn,
  • Colite ulcerativa.

A dieta muda se a pessoa sofre de constipação ou diarréia:

  • No caso de diarreia, geralmente recomendamos jejum de 2/4 dias, mais tarde, os primeiros alimentos dovrebero ser cenouras, centrifugados, limão e banana.
  • Em caso de constipação, você deve comer muitos vegetais, especialmente a alcachofra, dente de leão, couve-flor, brócolis, chicória e courgettes, enquanto as frutas recomendadas são kiwi, caqui, melão, ameixas e damascos.

Sempre escolher frutas e legumes da época.
Em geral leguminosas são alimentos tolerados, então podem ser comidos em abundância, contêm proteína e ferro, também são excelentes para aqueles que realizam atividades físicas.

Você tem que evitar comer legumes com cereais, (por exemplo, arroz e feijão) porque esta combinação provoca inchaço intestinal.
Evitar:

  1. Todos os produtos lácteos,
  2. Alimentos que contêm glúten,
  3. Carne vermelha e carne de porco,
  4. Café,
  5. Tomate.

Na manhã, recomenda-se comer frutas e nozes no café da manhã, as leguminosas  ou batatas podem ser cozidos no café da manhã ou almoço, junto com frutas com casca.

O jantar ideal inclui leguminosas ou pseudocereais (quinoa e amaranto), peixe e vegetais.
Evite beber mais de meio litro de água por dia, os alimentos já contêm água suficiente.

 


Dor no cólon em crianças

Diarréia
A diarréia é um dos problemas digestivos mais freqüentes em crianças que evacuam mais de 3 vezes por dia.
Geralmente, este é a conseqüência de uma infecção viral e não representa um motivo de preocupação. A criança evacua as fezes várias vezes, mas deve melhorar em 2-3 dias.
É necessário beber bastante água para evitar a desidratação e se a doença piora o médico pode prescrever medicamentos.

Prisão de ventre
É uma questão que pode ser normal ou grave dependendo da causa. Se a prisão de ventre é provocada por alimentação com baixo teor de fibras, pode ser tratada:

  • Bebendo bastante água,
  • Seguindo uma dieta rica em fibras.

Evite alimentos fritos, produtos lácteos, carne de porco e álcool.
Se a prisão de ventre é causada por fatores externos, pode ser causada por um tumor ou por pressão de outro órgão dentro do corpo.
Se a pessoa sente uma dor forte deve falar imediatamente com um médico porque pode ser um sinal da síndrome do intestino irritável.

O que comer?
Para ir ao banheiro mais vezes você deve comer nozes, amendoim, pistache, castanha de caju e amêndoas.
As frutas e os legumes nunca devem faltar na mesa.

Divertículo de Meckel
O divertículo de Meckel é uma extroversão congênita que está localizada no íleo (intestino delgado), a uma distância de menos de 100 centímetros a partir do cego..
Esta bolsa pode também ser composta por um tecido semelhante aquele do pâncreas e aquele do estômago.
Como o tecido gástrico, isso produz ácido.
O ácido provoca úlceras na parte adjacente do intestino.

Rotação intestinal ou vólvulo
É um defeito congênito que ocorre durante a formação do sistema gastro-intestinal.
Isso provoca a torção do intestino chamado de vólvulo, ou seja, o intestino se envolve em si mesmo.
As conseqüências podem ser:

  • Bloqueio intestinal porque o lúmen interno (espaço) é reduzido.
  • Bloqueio de fornecimento de sangue.

Entre os sintomas estão:

  • Vômito verde (biliar),
  • Inchaço abdominal,
  • Sangramento do reto,
  • Choque.

Intussuscepção ou invaginação intestinal
É um dos problemas mais freqüentes em crianças.
Ocorre a dobragem de um segmento do intestino dentro do próximo.
Isto bloqueia a passagem dos conteúdo intestinal e o fluxo de sangue naquela área.
Podem ser observados dos sintomas tais como:

Doença inflamatória intestinal (DII)
As principais formas de DII são a doença de Crohn e a colite ulcerativa.
As úlceras podem ocorrer na mucosa intestinal.
Os principais sintomas são dor abdominal, diarréia e fraqueza.
Se os sintomas não são graves, é possível tomar medicamentos por via oral.
Crohn

Cólicas intestinais
As cólicas intestinais podem ser muito dolorosos.
O movimento dos alimentos e dos resíduos são provocados pelas contrações rítmicas dos músculos intestinais (movimento peristáltico).
Se por qualquer motivo o intestino não funciona normalmente ou o movimento dos musculos é prejudicado, a pessoa sente cólicas intestinais.

Causas das cólicas intestinais

References

  1. Wen Boynton and Martin Floch New strategies for the management of diverticular disease: insights for the clinician Therap Adv Gastroenterol. 2013 May; 6(3): 205–213.
  2. Paul Collins, lecturer in medicine and honorary registrar in gastroenterology1and Jonathan Rhodes, professor of medicine. Ulcerative colitis: diagnosis and management BMJ. 2006 Aug 12; 333(7563): 340–343.
  3. Kristina G. Hobson, M.D. and Patricia L. Roberts, M.D. Etiology and Pathophysiology of Diverticular Disease Clin Colon Rectal Surg. 2004 Aug; 17(3): 147–153.
  4. Brian E. Lacy, Kirsten Weiser, and Ryan De Lee The Treatment of Irritable Bowel Syndrome Therap Adv Gastroenterol. 2009 Jul; 2(4): 221–238.
  5. Lei Zhang, Jun Song, and Xiaohua Hou* Mast Cells and Irritable Bowel Syndrome: From the Bench to the Bedside Published online 2016 Apr 30. doi:  10.5056/jnm15137
  6. Thomas Weiser, Stefan Just Hyoscine butylbromide potently blocks human nicotinic acetylcholine receptors in SH-SY5Y cells Neuroscience Letters P09-01138, 2009,450:3 258-261.