Dor na coluna vertebral

INDICE


A dor na coluna vertebral (ou dor nas costas) é um problema muito comum que afeta até 90% da população pelo menos uma vez em suas vidas.
A dor nas costas não é uma doença específica, mas um termo genérico que inclui muitas causas diferentes.
A lombalgia pode ser provocada por muitos problemas diferentes, muitas vezes a ressonância magnética e outros exames são negativos e a dor passa logo.

Dor na coluna, Exercício McKenzie

Exercício McKenzie para dor lombar

A dor na coluna é a segunda patologia neurológica mais comum após as dores de cabeça.

Falamos de dor aguda se dura menos de um mês e crônica se persistir por um longo período.

 

 

 

 

 

 

 

As causas da dor nas costas

A dor lombar é um sintoma.
As causas mais comuns de dor nas costas são contraturas musculares ou doenças nos ossos e nos nervos da coluna vertebral.
A dor causada por doenças dos órgãos abdominais, torácicos ou pélvicos pode ser sentida até mesmo na parte de trás do tronco.
Isso é chamado de dor referida.
Muitas doenças dentro do abdômen, tais como apendicite, aneurisma de aorta, doenças dos rins, distúrbios nos ovários, além das infecções nos rins e bexiga podem causar dor na coluna.

 

Causas de dor nas costas juntamente com outros sintomas

Causas de dor nas costas e náusea

Um tumor na coluna vertebral é um distúrbio que pode causar dor nas costas com náusea, perda de apetite, dor e dormência nos braços e nas pernas, etc.
Além das doenças, alguns medicamentos usados no tratamento de problemas lombares podem causar náusea.
Os opióides utilizados como terapia (por exemplo na hérnia de disco) e antidepressivos podem causar efeitos colaterais, incluindo náusea.

Outras doenças

Problemas gastrointestinais

Problemas urológicos

Condições ginecológicas

  • Endometriose
  • Síndrome pré-menstrual
  • Gravidez
  • Gravidez ectópica
  • Cistos de ovário ou câncer de ovário
  • Doença inflamatória pélvica
  • Trombose na veia ovariana

Outras causas

  • Hiperparatireoidismo
  • Aneurisma da aorta abdominal
  • Alguns tipos de cânceraneurisma,da,aorta

Dor abdominal e dor na coluna vertebral

Causas

Pancreatite
A pancreatite é a inflamação do pâncreas (uma glândula situada atrás do estômago) causada por: álcool, trauma ou infecção viral.
A dor abdominal superior e na coluna é o sintoma inicial.
Ela é seguida por outros sintomas como náusea e vômitos. Os sintomas da pancreatite pioram depois de comer.

Cálculos biliares
Os cálculos biliares são substâncias cristalinas que se formam na vesícula biliar e depois vão para o ducto biliar.
Uma má alimentação e obesidade são as principais causas da litíase biliar.
Os sintomas de cálculos biliares são dor de barriga, dor nas costas, barriga inchada e vômito.

Pedras nos rins
Os cálculos renais são cristais nos rins devido a várias razões, tais como o acúmulo de ácido úrico ou cálcio nos rins.
A dor abdominal em baixo á esquerda e a dor na coluna são os sintomas de pedras no rim esquerdo.
Outros sintomas de pedras nos rins são sangue na urina, ardência durante a micção, perda de apetite e perda de peso.

Cólicas menstruais
Muitas mulheres têm cólicas abdominais nos dias que antecedem a menstruação.
A dor abdominal e a dor na coluna são os sintomas mais comuns da menstruação.
Embora não seja um problema grave, é necessário consultar um médico se o paciente sente náusea, vômitos, etc.

Síndrome do intestino irritável
A síndrome do intestino irritável é uma doença do intestino grosso. É caracterizada por sintomas como distúrbios intestinais, diarréia, constipação, náusea, inchaço, etc.
Às vezes, os sintomas incluem dor abdominal, dor lombar e cólicas.

Doenças uterinas
Nas fêmeas, dado que o útero está localizado na área abdominal inferior, esses distúrbios também podem causar dor na barriga e dor lombar.
Entre as doenças ginecológicas que causam dor abdominal e lombalgia estão: dismenorréia, miomas uterinos e cistos ovarianos.

 

Causas de dor na coluna vertebral com base no período ou quando ocorre

coluna,vertebral,lombar,e,nervos,espinhais

Causas de dor na coluna de manhã

Má postura ao dormir
A má postura ao dormir, muitas vezes provoca dor na coluna de manhã.

Colchão inadequado
No caso em que o colchão ou a cama em que a pessoa dorme não suportam corretamente as costas, pode provocar fadiga nos músculos da coluna e pode causar dor na coluna de manhã.

Artrite
A dor na coluna recorrente que piora de manhã pode ser causada pela artrite.
A artrite espinal provoca a destruição da cartilagem que provoca a inflamação das articulações.
A dor na coluna causado por artrite se sente com freqüência, geralmente é forte de manhã.

A espondilose ou artrose da coluna vertebral ocorre com a idade porque os discos intervertebrais desidratam e diminui o volume.
A altura do disco diminui e as vértebras aproximam-se uma as outras.
Nestas circunstâncias até mesmo um pequeno trauma pode causar inflamação e a compressão da raiz do nervo.
Esta situação pode causar a dor ciática clássica sem á ruptura do disco.
Se a artrose ocorre no nível das articulações posteriores das vértebras pode causar a síndrome facetária que causa dor na virilha e nádegas.

Estenose espinhal
O espaço que protege a medula espinhal e as vértebras, chama-se canal medular.
A estenose lombar ocorre quando a amplitude do canal vertebral no nível da coluna diminui consideravelmente, a consequência é a compressão do nervo que torna-se inflamado.
A degeneração do disco intervertebral junto a artrose das articulações vertebrais pode causar estreitamento do canal espinhal: a estenose na coluna vertebral.
Essas alterações no disco e nas articulações provocam graves sintomas e podem ser vistos com uma radiografia.
Uma pessoa com estenose espinhal pode ter uma dor que irradia para as pernas quando fica parado por muito tempo, de manhã ou andando pelo menos 10/15 minutos.

 

Estenose,lombar

Inflamação do nervo ciático

O nervo ciático se origina da área lombossacral (acima da área da nádega), é o maior nervo do corpo humano.
Ele atravessa a área do quadril, desce atrás de ambas as pernas e termina nos pés.

Sintomas da inflamação do nervo ciático
A compressão do nervo ciático provoca dor lombar que se espalha para as pernas.
Dependendo da gravidade da pressão sobre as raízes do nervo ciático, a intensidade da dor pode ser leve ou forte.
A pessoa que sofre de dor ciática causado por hérnia de disco nota uma exacerbação da dor ao tossir ou espirrar porque aumenta a pressão abdominal e portanto sobre o disco intervertebral.
O paciente sente uma dor aguda ao dobrar a coluna, além disso esse movimento é limitado.
O nervo provoca dor durante o alongamento ou compressão.
Pela manhã, o corpo é mais alto de 1/2 cm porque os discos intervertebrais absorvem o líquido na posição deitada.
A dor piora ao acordar (quando o paciente se levanta da cama) porque o disco tem um volume maior e portanto pressiona mais sobre o nervo, além disso a coluna vertebral é maior, portanto o nervo (com comprimento fixo) é distendido.
A hérnia cervical que pressiona a medula espinhal e provoca dor do pescoço até a coluna e se irradia para os braços e as pernas é muito raro. Neste caso o paciente sente dor lombar e nas pernas quando inclina o pescoço para a frente.

Causas da inflamação do nervo ciático

A inflamação do nervo ciático pode ocorrer devido a uma protusão discal ou uma hérnia.
A protusão é o deslocamento de todo o disco, enquanto a hérnia é a conseqüência da lesão do anel externo do disco.
Em caso de ruptura do anel externo, a parte interna (núcleo) sai do seu local anatômico e se move até tocar os nervos espinhais.
hérnia,de,disco,l5,s1A reação do corpo é uma inflamação que causa inchaço na área e portanto aumenta a pressão sobre o ciático.
Geralmente, a hérnia ocorre devido a má postura ou instabilidade da coluna vertebral causada por fraqueza muscular.
Recomenda-se evitar a posição sentada por muito tempo, andar de bicicleta é permitido, mas somente na planície.
A dor pode piorar depois da corrida.

Gravidez: As mulheres estão predispostas a inflamação do nervo ciático durante a gravidez.
Isso ocorre porque nos últimos meses de gravidez, o útero tem um tamanho grande e pressiona o ciático.
A dor na coluna não é um sintoma da gravidez, no caso de atraso do ciclo não é necessário se preocupar, também ocorre nos dias que antecedem a menstruação.

Contratura muscular
As pessoas que têm uma contratura dos músculos lombares sofrem de dor e rigidez de manhã que melhora um pouco durante o dia.
Este é o tipo de dor na coluna mais comum em crianças e nos homens.
O ar condicionado ou a exposição ao frio podem causar esta desordem, mas também um esforço excessivo que provoca a “Lumbago ou lombalgia aguda“.
Se a pessoa tem a coluna bloqueada e levemente dobrada para a frente após um esforço, significa que alguns músculos são contraídos. Geralmente as pessoas pensam que o problema está nos músculos lombares, mas um bloco é causado pelos flexores do quadril, principalmente o iliopsoas.

 

Causas de dor lombar durante a noite

Entre as causas de dor na coluna durante a noite estão:
1. Postura corporal incorreta durante o sono
2. Muitos travesseiros ou nenhum
3. Stress
4. Falta de exercício
5. Obesidade
6. Pedras nos rins
7. Acidentes, lesões, etc.
8. Treino excessivo
9. Uso prolongado de sapato salto slto
10. Esforços musculares
11. Dor na coluna relacionada à gravidez
12. Levantar muito peso e incorretamente

 

Causas de dor na coluna vertebral durante a gravidez

Ganho de peso
O ganho de peso é a principal causa de dor nas costas na gravidez, especialmente nos últimos meses.
Por outro lado, devido ao tamanho aumentado do útero, o centro de gravidade das mulheres se move e provoca uma mudança na postura.
A conseqüência é a dor na coluna e a contratura dos músculos.

Alterações hormonais
Em mulheres grávidas, o corpo libera um hormônio chamado relaxina que é essencial para relaxar a musculatura pélvica antes do parto.

Stress
O estresse é considerada uma das causas importantes de dor na coluna durante a gravidez.

Retroversão do útero
O peso do bebê empurra o útero para a frente e causa a ruptura das aderências que seguravam o útero retrovertido.
A conseqüência é a dor lombar.

 

Dor nas costas no início da gravidez

Causas

  • Alongamento excessivo dos tendões e ligamentos
  • Centro de gravidade
    O centro de gravidade do corpo se move para frente porque o útero se expande.
    Este novo equilíbrio provoca uma mudança de postura.
  • Ganho de peso
  • Hormônios
    Os hormônios perturbam o corpo da mulher grávida.
    O progesterona aumenta a flexibilidade nos ligamentos pélvicos e as articulações tornam-se menos estáveis.
    Esta alteração física provoca dor na coluna durante a gravidez.
  • Infecções do trato urinário
  • Postura
  • Estresse

 

Dor contínua ou persistente

As síndromes de dor musculoesquelética que produzem dor na coluna são a fibromialgia e a síndrome da dor miofascial.
A fibromialgia provoca dores generalizadas e rigidez por todo o corpo.
Os sintomas relatados são dores musculares, fadiga e rigidez generalizada.

A síndrome miofascial é caracterizada por dor e rigidez em áreas específicas do corpo (pontos gatilho), perda da amplitude de movimento de grupos musculares afetados e dor que irradia com uma distribuição específica, mas continua a ser limitada a um nervo periférico.
Geralmente, a dor diminui com o alongamento do grupo muscular afetado.
A dor miofascial é muitas vezes acompanhada de contraturas musculares.
As cicatrizes podem causar dor na coluna porque elas causam a formação de um tecido fibroso que é como um remendo na roupa, por exemplo aquela que se forma após uma cesariana.

As infecções ósseas (osteomielite) da coluna vertebral são uma causa rara de dor lombar aguda.

A artrite da coluna vertebral: a espondilite anquilosante pode causar dor e rigidez na coluna que piora de manhã.
Geralmente, a espondilite anquilosante tem seu início em adolescentes e nos jovens.

espondilite,anquilosante

Os tumores podem ser uma fonte de forte lombalgia, especialmente o câncer.

A inflamação aguda dos nervos da coluna vertebral pode ser causada por infecção dos nervos ou pelo vírus herpes zóster.
Esta patologia pode ocorrer na área do peito e causa dor na parte superior das costas ou ocorre na área lombar e causa dor na parte inferior da coluna.

 

Dores na coluna vertebral no lado direito ou esquerdo

Causas
A dor no lado direito ou esquerdo da coluna pode ser aguda ou crônica.

Hérnia de disco: A protusão discal ou hérnia de disco é uma doença que provoca um aumento da pressão sobre os nervos espinhais.
O resultado é a inflamação da coluna vertebral e a dor que se estende do lado direito ou esquerdo das costas.

Postura: A má postura é uma causa muito comum de dor lombar.
As cadeiras de escritório podem causar dor na coluna no lado direito.
Também a postura inadequada enquanto se dorme, se anda (por exemplo devido a uma entorse no tornozelo) ou durante a relação sexual pode causar dor no lado direito das costas.

Síndrome do intestino irritável: A síndrome do intestino irritável é um distúrbio intestinal que causa problemas no cólon (intestino grosso).

Além dos casos acima descritos, existem algumas outras possíveis causas de dor na coluna no lado direito.

  • Infecção do trato urinário (ITU)
  • Pedras nos rins ou nefrite
  • Obesidade.
  • Doença pancreática como a pancreatite pode causar dor na coluna no lado esquerdo
  • Uma doença no fígado provoca dor nas costas no lado direito.

Outras causas
A síndrome da cauda equina é uma emergência médica que envolve o esmagamento de feixes de nervos que se encontram abaixo da medula espinhal (ao nível das últimas vértebras da coluna vertebral, o sacro e cóccix).
O material do disco se estende para o canal medular e comprime os nervos.
Quem sofre com esta patologia pode sentir dores latejantes, possível perda de sensação, disfunção intestinal e incontinência urinária.
Também pode ocorrer a incapacidade de controlar a micção, causando incontinência ou incapacidade para iniciar a micção.

 

O que fazer? Remédios naturais para dor na coluna vertebral

O primeiro remédio é o repouso.
Existem duas posições indicadas:

  • Paciente deitado de bruços sem a almofada.
  • O paciente de costas com um travesseiro sob a cabeça e sob os joelhos.

Não permanecer mais de 3 dias na cama.

Tomar um banho quente: o calor pode aumentar a elasticidade dos músculos e reduz as contraturas.
Esse remédio caseiro aumenta a circulação sanguínea e ajuda a relaxar, também alivia o stress.

Massagem: Uma massagem relaxante nas costas é a melhor maneira de obter alívio.
É importante procurar um massagista profissional porque as técnicas de massagem erradas podem causar um agravamento da dor na coluna.

Exercícios: Os médicos prescrevem os exercícios de ginástica para os músculos da coluna para fortalecer e estabilizar a coluna vertebral.
Se os músculos abdominais e lombares são fortes, suportam a coluna vertebral na vida cotidiana e especialmente durante os esforços.
Os exercícios de alongamento são úteis porque eles aumentam a elasticidade dos músculos e dos ligamentos.
Quando a dor na coluna desaparece, natação e caminhadas são úteis para prevenir recaídas.

Levantar e transportar objetos na maneira correta: quando pegamos e carregamos objetos pesados, eles devem ficar perto do corpo.
Devemos sempre manter uma boa postura, também é essencial não permanecem muitas horas consecutivas no carro, mas de uma e uma hora parar e andar um pouco.

Você pode tentar exercícios de ioga para dor na coluna.
Eles são realmente úteis para aliviar a dor.

Tulsi ou manjericão santo é um bálsamo para tratar o corpo e a mente usado por milhares de anos na Índia e faz parte da medicina Ayurveda.
Ferva 10 folhas de manjericão em um copo de água.
Continue a ferver até que ele se transforma em xarope.
Adicione o sal durante o cozimento.
Beba esta infusão uma ou duas vezes por dia para reduzir a dor lombar.

Outro remédio caseiro comum é o purê de batatas. A batata deve ser descascada, cozida e cortada em cubos.
Preparar o purê de batatas e espalhar nas costas quando esfria.
Use um curativo para manter o purê de batatas em sua pele por uma hora.

É possível preparar diariamente uma xícara de chá com 5 bolas de pimenta do reino, 5 cravos e 1 grama de pó de gengibre seco.
A xícara de chá deve ser bebida duas vezes por dia.

Aumentar a quantidade de vitamina C na dieta.
Recomenda-se comer muito morango, tomates e citrus.

Leia também